Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9640
Tipo: Dissertação
Título: Complexos de Cu(II), Zn(II) e Sn(IV) com ligantes triazólicos e ação bactericida
Complexes of Cu (II), Zn (II) and Sn (IV) withtriazole ligands and bactericide activity
Autor(es): Almeida, Patricia Saraiva Vilas Boas
Abstract: Este trabalho descreve a síntese, caracterização e ação antibacteriana de onze novos complexos de cobre(II), zinco(II) e estanho(IV) derivados de ligantes triazólicos. Os ligantes triazólicos foram preparados via condensação ácido acético e ácido benzóico com bicarbonato de aminoguanidina. Os complexos de cobre(II) e zinco(II) foram preparados a partir de soluções etanólicas com estequiometria 1:2(metal:ligante) e com fórmula geral [M n (L) n Cl n ].nH 2 O, onde L= 3-amino-5-metil-1H-1,2,4-triazol, 3-amino-5- fenil-1H-1,2,4-triazol e aminoguanidina; e M = Cu(II) e Zn(II). Esses compostos apresentaram estruturas hexacoordenadasde geometria octaédrica e pentacoordenadas em forma de dímeros com geometria de bipirâmide trigonal distorcida. Os compostos di ou triorganoestânicos estequiometria foram de 1:1 preparados mediante (M:L) e soluções metanólicas apresentaram na formula geral [X n Sn(L)Cl n ]nCl.nH 2 O.nOHCH 3 onde X = -CH 3 ou -C 6 H 5 . Os ligantes nos compostos organoestânicos, apresentaram modo de coordenação bidentado e o metal tetra,penta ou hexacoordenado em solução. Os compostos foram caracterizados por temperaturas de fusão ou decomposição, análise elementar (CHN), espectroscopia na região do infravermelho, espectroscopia ressonância magnética nuclear de 1 H e 13 C. Foram testadas as atividades antibacterianas in vitro dos novos compostos contra cepas certificadas de bactériasStaphylococcus aureus, Bacillussubitilis, Escherichia coli e Salmonellatyphimurium.Os compostos de estanho(IV) apresentaram maior atividade que os compostos de cobre(II) e zinco(II) frente aos micro-organismos estudados.Os dados de atividade antibacteriana mostram que os complexos têm uma atividade biológica promissora contra as espécies de bacterianas Gram-positivas e Gram-negativas.
This work describes the synthesis, characterization and antibacterial activity of eleven new complexes of copper(II), zinc(II) and tin(IV) derivatives of triazole ligands. The triazole ligands were prepared by condensation of acetic acid and benzoic acid with aminoguanidine bicarbonate. Copper(II) and zinc (II) complexes were prepared in molar ratio 1: 2 (metal: ligand) from ethanolic solutions with general formula [Mn(L)nCln] .nH 2 O, where L = 3-amino-5-methyl-1H-1,2,4-triazole, 3-amino-5-phenyl-1H-1,2,4- triazole and aminoguanidine; and M = Cu (II) and Zn (II). These compounds showed hexa and pentacoordinationto octahedral and distorted trigonalbipyramid geometry in the form of dimers. The compounds di- or triorganotins were prepared in molar ratio of 1:1 (M:L) from methanolic solutions and with general the formula [XnSn(L)Cln] nCl.nH 2 O.nOHCH 3 where X = -CH 3 or -C 6 H 5 . The ligands in organotin compounds showed bidentate coordination mode and the metal tetra, penta- or hexacoordenation in solution. The compounds were characterized by melting or decomposition temperatures, microanalysis (CHN), infrared spectroscopy, nuclear magnetic resonance 1 H and 13 C. These compounds have been tested against bacteria strains of Staphylococcus aureus, Bacillus subitilis, Escherichia coli andSalmonella typhimurium. The bioassay in vitro of these compounds shown that the organotin(IV) derivatives are more active than the copper(II) and zinc(II) ones on the microorganisms tested in this study. The antibacterial data is promising concerning theuse of these compounds in the future for treatment of diseases involving Gram-positiveand Gram-negative bacteria species.
Palavras-chave: Química inorgânica
Compostos organoestanho
Cobre
Zinco
Triazóis
Bactericidas
CNPq: Química Inorgânica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ALMEIDA, Patrícia Saraiva Vilas Boas de. Complexos de Cu(II), Zn(II) e Sn(IV) com ligantes triazólicos e ação bactericida. 2015. 154 f. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9640
Data do documento: 26-Fev-2015
Aparece nas coleções:Agroquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo7,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.