Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9710
Tipo: Dissertação
Título: Eficiência da política de integração da polícia mineira a partir da implantação do programa áreas integradas
Efficiency of integration policy of the police of Minas Gerais from the integrated areas program implementation
Autor(es): Santos, Peter Felipe dos
Abstract: A criminalidade é um dos grandes problemas da sociedade contemporânea e isso se expressa tanto em perdas humanas quanto financeiras para os mais diversos países do mundo. Na realidade brasileira ela está presente no cotidiano das pessoas, com número de crimes elevado a cada ano, em 2014 foram em média 159 mortes diárias decorrentes de crimes violentos. Entretanto, o valor dispendido com segurança pública no Brasil é equivalente ao de países europeus, demonstrando o problema na eficiência dos gastos realizados no país. Essa ineficiência em segurança pública é pouco explorada por trabalhos acadêmicos, havendo um vazio cientifico nas questões relacionadas com o porquê dessa falta de resultados nos gastos. Seria a estratégia da ação policial? Um sistema de justiça ruim? As prisões superlotadas? A dualidade da polícia? Ou diversos outros motivos que acarretariam nesse aumento da criminalidade. A proposta desse trabalho é explorar a questão do quão é eficiente o modelo policial dual, auferindo se existem ganhos na eficiência policial em um estado que desenvolve uma política de integração policial. Esse estado é Minas Gerais, que promove uma ampla política de integração desde 2003. Essa política consiste em um programa de gestão integrada e de um programa de áreas integradas, sendo o último o escopo desse trabalho. Para se estimar essa eficiência será utilizada a metodologia DEA, que é amplamente difundida em outros setores, mas que nesse trabalho será inserida como uma nova ferramenta para o estudo da criminalidade. O modelo a ser utilizado será uma junção entre o Índice Malmquist, o modelo de restrição aos pesos e o modelo com variáveis discricionárias, gerando um modelo mais robusto que estimará com mais precisão os resultados da polícia. Os resultados encontrados apontaram para um acréscimo na tecnologia por grande parte dos municípios, contudo, a pura eficiência técnica teve o comportamento oposto. A Eficiência Total dos Fatores, que utiliza da eficiência técnica e a tecnologia, demonstrou que em muitos casos o aumento da tecnologia “compensou” a degradação da eficiência técnica, demonstrando que em casos de escassez de recursos, no curto prazo pode-se focar o planejamento apenas em um dos dois quesitos, garantindo que as ações policiais não percam eficiência total. Os resultados indicaram que as RISPs de Uberaba, Uberlândia, Pouso Alegre e Juiz de Fora são os benchmarks, devendo seu modelo de gestão ser replicado nas outras. Ao realizar o presente trabalho foi possível compreender a importância da divisão em áreas integradas, visto que fica mais fácil acompanhar os resultados alcançados pelas regiões individualmente, sendo esse um importante passo para uma melhoria contínua. Sugere-se que esse modelo com áreas integradas seja implementado em outros estados, visto sua melhoria no controle das atividades de cada região, contudo foi possível notar que o tempo de maturação desse projeto em relação ao aumento da eficiência técnica é mais longo. Outro ponto sugerido é a utilização dessa metodologia para calcular outras eficiências no âmbito da criminalidade, dado que o método adaptou-se bem ao contexto e expressou bons resultados.
In Brazil it is present in the daily lives of people, the number of crimes is high every year, in 2014 were on average 159 daily deaths from violent crimes. However, the amount spent on public security in Brazil is equivalent to that of European countries, demonstrating the problem in the efficiency of the spending in the country. This inefficiency in public safety is little explored by academic papers, with a scientific void in issues related to the reason for this lack of results in spending. It would be the strategy of police action? A bad justice system? Prisons overcrowded? The police duality? Or many other reasons which would result in the increase of crime. The purpose of this paper is to explore the question of how efficient is the dual police model, earning if there are gains in police efficiency in a state that establish police integration policy. This state is Minas Gerais, which promotes a comprehensive integration policy since 2003. This policy is an integrated management program and a program of integrated areas, the latter being the scope of this work. To estimate this efficiency will be used DEA, which is widespread in other sectors, but this work will be inserted as a new tool for the study of crime. The model to be used will be a junction between the Malmquist Index, the constraint model weights and the model with discretionary variables, generating a more robust model that will estimate more accurately the police results. The results pointed to an increase in technology by most municipalities, however, the pure technical efficiency had the opposite behavior. The total efficiency of factors, which uses technical efficiency and technology, has shown that in many cases the increase technology "offset" technical efficiency degradation, demonstrating that in case of scarce resources in the short term can focus the planning only in one of the two questions, ensuring that the police actions do not lose overall efficiency. The results indicated that the RISPs Uberaba, Uberlândia, Pouso Alegre and Juiz de Fora are the benchmarks, should its management model be replicated in the other. When performing this work was possible to understand the importance of the division of integrated areas, as it is easier to track the results achieved by individual regions, this being an important step towards continuous improvement. It is suggested that this model with integrated areas is implemented in other states, as its improvement in the control of the activities of each region, but it was noticeable that the time of maturity of the project in relation to increased technical efficiency is longer. Another point is suggested to use this methodology to calculate other efficiencies in the field of crime, since the method is well adapted to the context and expressed good results.
Palavras-chave: Segurança pública - Minas Gerais
Políticas públicas
Gastos públicos
Eficiência
Policiais - Minas Gerais
CNPq: Economia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTOS, Peter Felipe dos. Eficiência da política de integração da polícia mineira a partir da implantação do programa áreas integradas. 2016. 53 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9710
Data do documento: 29-Mar-2016
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo832 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.