Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9838
Tipo: Tese
Título: Fitoquímicos como potenciais mediadores da flutuação sazonal de Leucoptera coffeella e de seus inimigos naturais
Phytochemicals as potential mediators of the seasonal fluctuation of Leucoptera coffeella and of its natural enemies
Autor(es): Silva, Flávio Marquini da
Abstract: Este trabalho foi realizado no período de agosto de 2000 a setembro de 2001 em quatro lavouras de Coffea arabica L. variedade Catuaí vermelho no campus da Universidade Federal de Viçosa e objetivou estudar o efeito de fitoquímicos presentes nas folhas sobre a intensidade de ataque do bicho mineiro do cafeeiro Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville) (Lepidoptera: Lyonetiidae) e sobre as taxas de controle deste inseto por Vespidae predadores e himenópteros parasitóides. Durante o período experimental monitorou-se semanalmente a intensidade de ataque do bicho mineiro às folhas do cafeeiro, as taxas de predação e de parasitismo desse inseto e as concentrações de fitoquímicos nas folhas das plantas. Também anotou-se, durante o período experimental, os dados de temperatura do ar (máxima, média e mínima), total de precipitação pluvial, umidade relativa do ar (média), evaporação, insolação (total de horas de luz) e velocidade média dos ventos. Confeccionaram-se curvas de variação sazonal desses elementos durante o período experimental. Os dados da intensidade de ataque do bicho mineiro ao cafeeiro e das taxas de predação de larvas e de parasitismo de larvas e pupas de L. coffeella foram submetidos a análise de trilha e de regressão a p<0,10 para o entendimento das relações múltiplas entre as variáveis estudadas. Os dados das concentrações de fitoquímicos foram submetidos a análises de correlação canônica e de Pearson com os elementos climáticos. Os ácidos cafeico e clorogênico presentes nas folhas do cafeeiro parecem agir como cairomônios para o bicho mineiro do café. Períodos de temperaturas menos elevadas, de maior umidade do ar e menos ensolarados foram favoráveis ao aumento dos teores dos ácidos cafeico e clorogênico nas folhas do cafeeiro. A cafeína presente nas folhas do cafeeiro parece ter efeito de biomagnificação sobre os himenópteros parasitóides do bicho mineiro. Períodos de maior temperatura do ar foram favoráveis ao aumento dos teores de cafeína nas folhas do cafeeiro. Taxas de predação do bicho mineiro acima de 0,35 minas predadas/folha reduziram a intensidade de ataque do bicho mineiro ao cafeeiro, podendo este índice ser usado como nível de não-ação em programas de manejo integrado do bicho mineiro do cafeeiro. Verificou-se que as maiores taxas de predação e de parasitismo ocorrem em períodos distintos do ano.
This work was developed during the period from August 2000 to September 2001 in four crops of Coffea arabica L. cv. Catuai-Vermelho in the Federal University of Viçosa Campus, State Minas Gerais, Brazil. This research aimed to study the effect of the phytochemicals present in the leaves in the attack intensity Coffea leafminer Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville) (Lepidoptera: Lyonetiidae) and in its control for Hymenoptera: Vespidae and hymenopterous parasitoids. The concentrations phytochemicals in the leaves, the attack intensity of the Coffea leafminer, the predation for Vespidae, and the parasitism for hymenopterous were weekly monitored. The weather data of air temperature (maximum, average, and minimum), total rainfall, average relative air humidity, total evaporation, total sunshine hours, and average wind speed were monitored during the experimental period. Seasonal variation curves of the insects densities, phytochemicals concentration, and weather data during the experimental period were made. The data of attack intensities, predation, and parasitism of L. coffeella were submitted the regression and path analysis (p < 0.10). The phytochemicals concentrations data were submitted the canonical and Pearson correlation analyses with the weather data. The caffeic and chlorogenic acids present in the coffee leaves seem to act as kairomone for the Coffea leafminer. Periods of low temperatures, high air humidity, and low sunshine were favorable to the increase of the concentrations of the caffeic and chlorogenic acids in the coffee leaves. The caffeine present in the coffee leaves seems to have biomagnification effect in the hymenopterous parastoids of the Coffea leafminer. Periods of high air temperature were favorable to the increase of the caffeine concentration in the coffee leaves. Predation rates of L. coffeella for Vespidae above 0.35 predates mines/leaf reduced the attack intensity this pest. Therefore this index to be used as non-action level in programs of integrated pest management of the Coffea leafminer. The largest predation and parasitism rates of the Coffea leafminer happen in different season.
Palavras-chave: Cafeeiro
Controle Natural
Folhas
Leucoptera coffeella
Manejo Integrado de Pragas
Predação
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Flávio Marquini da. Fitoquímicos como potenciais mediadores da flutuação sazonal de Leucoptera coffeella e de seus inimigos naturais. 2003. 39f. Tese (Doutorado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9838
Data do documento: 31-Jul-2003
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,26 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.