Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9842
Tipo: Dissertação
Título: Interferências subletais de acaricidas em uma teia alimentar de cafeeiro
Sublethal interference of acaricides on a food web of coffee
Autor(es): Teodoro, Adenir Vieira
Abstract: É conhecido que artrópodes que sobrevivem à exposição a pesticidas podem sofrer efeitos subletais. Estes efeitos podem ser manifestados através da redução do período de vida, diminuição da fertilidade, redução da fecundidade, mudanças na razão sexual, e nos comportamentos de alimentação e oviposição. Para estudar esses efeitos, este trabalho foi realizado em três etapas. Na primeira, foram estudados a toxicidade e o efeito de concentrações subletais dos acaricidas óxido de fenibutatina e enxofre na taxa instantânea de crescimento populacional (ri) do ácaro predador Iphiseiodes zuluagai Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae) e de sua presa, o ácaro fitófago Oligonychus ilicis (McGregor) (Acari: Tetranychidae). Posteriormente, a interferência de concentrações subletais desses acaricidas foi investigada no forrageamento de I. zuluagai a plantas de cafeeiro não atacadas, atacadas por O. ilicis ou por Brevipalpus phoenicis (Geijskes) (Acari: Tenuipalpidae), uma outra presa de I. zuluagai. Finalmente, investigou-se o efeito de concentrações subletais desses acaricidas na resposta funcional de I. zuluagai sobre formas imaturas de O. ilicis. Estes artrópodes compõem no cafeeiro uma teia alimentar na qual todos os componentes podem interagir. Os acaricidas foram pulverizados com uma torre de Potter e o forrageamento foi estudado com um olfatômetro de vidro em forma de “Y”. O ácaro predador I. zuluagai foi mais tolerante que O. ilicis aos acaricidas testados, porém teve a taxa instantânea de crescimento populacional mais afetada com o aumento das concentrações devido ao menor potencial reprodutivo. Nos experimentos de forrageamento, I. zuluagai distinguiu os odores de plantas não atacadas e plantas atacadas por O. ilicis. Porém, quando foram expostos a óxido de fenibutatina perderam a capacidade de distinção de odores. Iphiseiodes zuluagai expostos à água destilada e óxido de fenibutatina não discriminaram os odores de plantas atacadas por B. phoenicis. Os ácaros predadores que tiveram contato com enxofre se moveram a uma distância pouco maior que a do seu corpo e, portanto não foi possível estudar o forrageamento no olfatômetro. Iphiseiodes zuluagai apresentou uma resposta funcional do tipo II, nos experimentos onde o predador foi exposto à água destilada e óxido de fenibutatina. No entanto, os ácaros predadores expostos a óxido de fenibutatina apresentaram uma menor taxa de sucesso na procura de presas, e uma redução no consumo máximo de presas. Não foi possível investigar a resposta funcional dos ácaros predadores expostos a enxofre pelos mesmos motivos descritos acima. As concentrações subletais dos acaricidas óxido de fenibutatina e enxofre podem afetar o controle biológico de I. zuluagai sobre os ácaros fitófagos em cafeeiro. As possíveis implicações desses acaricidas no controle biológico natural e nas interações desta teia alimentar são discutidos.
It is know that arthropods surviving from pesticide exposure can suffer sublethal effects. These effects can be expressed through life span reduction, fertility and fecundity reduction, changes in sex ratio and in food and oviposition behavior. To study these effects, this work was divided in three phases. In the first, it was studied the toxicity and the sublethal effects of the acaricides fenbutatin oxide and sulphur on instantaneous growth rate (ri) of the predaceous mite Iphiseiodes zuluagai Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae) and its prey, the phytophagous mite Oligonychus ilicis (McGregor) (Acari: Tetranychidae). Subsequently, the interference of sublethal concentrations of these acaricides was investigated on the foraging of I. zuluagai to uninfested coffee plants, and to plants infested by O. ilicis or by B. phoenicis (Geijskes) (Acari: Tenuipalpidae), another prey of I. zuluagai. Finally, it was investigated the effect of sublethal concentrations on the functional response of I. zuluagai on immature phases of O. ilicis. These arthropods constitute a food web on coffee fields where all components can interact. The acaricides were sprayed with a Potter tower and the foraging behavior was assessed through a “Y” tube olfactometer. The predaceous mite I. zuluagai was more tolerant than O. ilicis to the tested acaricides, however the predator instantaneous growth rate was more hardly compromised by the acaricides due to low reproductive potential. In the foraging experiments, I. zuluagai distinguished the odours of uninfested plants and O. ilicis-infested plants. However, when exposed to fenbutatin oxide the mites lost the discriminate capacity of odours. Iphiseiodes zuluagai exposed to distilled water and fenbutatin oxide did not discriminate odours from B. phoenicis-infested plants. The predaceous mite exposed to sulphur did not move to a distance greater than its body length and therefore it was impossible to study the foraging behaviour. Iphiseiodes zuluagai showed a shape II functional response on those experiments where the predator was exposed to distilled water and fenbutatin oxide. However, the predators mites exposed to fenbutatin oxide showed a lower instantaneous search rate and a reduction on the expected maximum consumption. It was not possible to study the functional response of predator mites exposed to fenbutatin oxide due the same reason described above. The sublethal concentrations of fenbutatin oxide and sulphur can affect the natural biological control of I. zuluagai on phytophagous mites on coffee. The possible implications of these acaricides on natural biological control and on interactions of this food web are discussed.
Palavras-chave: Agroquímicos seletivos
Interações tritróficas
Teia alimentar
Acarofauna
Cafeeira
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: TEODORO, Adenir Vieira. Interferências subletais de acaricidas em uma teia alimentar de cafeeiro. 2003. 60f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9842
Data do documento: 31-Jul-2003
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo219,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.