Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9848
Tipo: Dissertação
Título: O Programa Fitoverde e o Grupo Entre Folhas: a fitoterapia nas esferas governamental e não-governamental
The Programa Fitoverde and the Grupo Entre Folhas: the phytoterapy in the governmental and non-governmental spheres
Autor(es): Almassy Júnior, Alexandre Américo
Abstract: A fitoterapia, ou seja, o tratamento baseado no uso de plantas medicinais, tem sido um método terapêutico crescentemente procurado no Brasil, hoje, por diversas instituições de caráter governamental ou não. A presente pesquisa, de ordem qualitativa, procurou identificar, interpretar e comparar as trajetórias institucionais de duas entidades envolvidas na oferta de serviços de fitoterapia à população: uma pertencente à esfera governamental e, a outra, à esfera não-governamental. A instituição governamental escolhida foi o Programa Fitoverde conduzido pela Prefeitura Municipal de João Monlevade, MG. Por sua vez, a instituição não-governamental trabalhada foi o Grupo Entre Folhas – Plantas Medicinais, Organização Não-Governamental (ONG), localizada no município de Viçosa, MG. Como técnica de investigação foi feito o uso, principalmente, de entrevistas semi-estruturadas, que foram conduzidas com informantes selecionados, através do processo de amostragem por "expert". Objetivou-se, dessa forma, analisar a trajetória de ambas as instituições, verificando as razões que deram origem à oferta deste tipo de trabalho e as principais semelhanças e diferenças encontradas entre elas. Verificou-se que, na esfera governamental, com base no Programa Fitoverde, os principais objetivos de trabalhar com a fitoterapia no serviço público de saúde dizem respeito à economia de recursos com a diminuição dos gastos com a aquisição de medicamentos, o que aumenta não só o acesso da população a estes, como também amplia a possibilidade de aumento do número de programas de promoção da saúde. Outra vantagem verificada seria a possibilidade de ofertar ao público medicamentos que causassem menor risco de efeitos colaterais. Por sua vez, na esfera não-governamental, com base no trabalho do Grupo Entre Folhas, a fitoterapia é compreendida não somente como método terapêutico e sim como parte de um processo de mudança de hábitos que objetiva auxiliar o indivíduo a não mais “obter saúde”, mas passar a “viver saúde”, ou seja, viver em um estado de equilíbrio com o todo que o envolve. As interpretações da fitoterapia, apresentadas pelas instituições pesquisadas, são reflexos das diferentes concepções do processo saúde-doença, ou seja, de diferentes combinações de modelos etiológicos e terapêuticos, que predominam em cada uma delas. A partir do estudo das instituições pesquisadas, concluiu-se que existem semelhanças em relação a trajetória, objetivos e forma de condução dos trabalhos de fitoterapia. Porém, as diferenças mais marcantes relacionaram-se a concepções distintas do processo saúde-doença que, na instituição governamental, restringe-se, principalmente, à questão da oferta de medicamentos, enquanto na ONG é parte integrante de uma filosofia de trabalho que compreende a saúde e, conseqüentemente, a doença como o resultado do modo de vida conduzido por cada indivíduo.
The phytoterapy, a treatment based on the use of medicinal plants, has been, nowadays, a growing terapeutical method used in Brazil by several governmental and non-governmental institutions. This research, based on qualitative manners, tried to identify, interpret and compare the institutional trajectory of two entities involved on the offer of the phytoterapy services to population: one entity belongs to the governmental sphere and the other one does not. The governmental institution chosen was the Programa Fitoverde conducted by Prefecture of João Monlevade, MG, and the non-governmental institution chosen was the Grupo Entre Folhas – Plantas Medicinais, Non- Governmental Organization (NOG), located in the district of Viçosa, MG. The technical of investigation used was, principally, interviews semi-structured that were conducted with informers selected thought a sample per "expert". The main objective of this was analyze the trajectory of both institutions, verifying the reasons of the offer of this type of work and the principal similarities and differences between them. In the governmental sphere, based on the experience of the Programa Fitoverde, the principal objective was the economy or resources that lead to decrease the costs of acquisition of medication, which increase the population’s access to treatment and also increase the number of healthy programs. Another advantage listed would be the possibility of offering the public this medicines that would cause less collateral effects. On the other hand, in the non-governmental sphere, based on the work done in the Grupo Entre Folhas, phytoterapy was analyzed not only as a treatment method but also as a part of a process of changing habits that helps each one not only to "obtain health" but to "keep health", it means, live in a state of balance with everything and everybody. The interpretations of phytoterapy, presented by the institutions, are the reflex of the differences in conception of the process health- disease, in other words, the different combinations of etiological and terapeutical models, that are predominant in each one. Based on the study of these institutions, it has been verified that similarities can be found in the trajectory, objectives and way of conducting phytoterapeutical works. However, the most imminent differences are related to different conceptions in the process health-disease, witch, in the governmental institution, is restrict, mainly, to a question of offering medicines, and to the NGO is part of a philosophy of work that comprehends health, and consequently the disease, as a result of a way of life conducted by each individual.
Palavras-chave: Programa Fitoverde- João Monlevade (MG)
Grupo Entre Folhas, Viçosa (MG)
Saúde Pública - aspectos antropológicos
Saúde Comunitária -aspectos antropológicos
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ALMASSY JÚNIOR, Alexandre Américo. O Programa Fitoverde e o Grupo Entre Folhas: a fitoterapia nas esferas governamental e não-governamental. 2000. 113 f. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2000.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9848
Data do documento: 22-Ago-2000
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo432,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.