Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9873
Tipo: Dissertação
Título: Percepção ambiental, comportamento e consumo sustentáveis de jovens universitários
Environmental perception, sustainable behavior and consumption of young people in the university
Autor(es): Pereira, Sandra de Oliveira
Abstract: O estilo de vida da sociedade, através do aumento nos padrões de consumo, encontra-se entre os principais fatores responsáveis pelo agravamento da degradação ambiental. Nesse sentido, a educação ambiental, especialmente no ensino superior, adquire relevância estratégica na condução dos jovens universitários para uma mudança de comportamento em busca do consumo sustentável. No entanto, muitas instituições ainda não encontraram o caminho para trabalhar a temática na formação de seus discentes, visto que há uma dificuldade para a construção de projetos institucionais que integrem a questão ao processo educativo. Diante dessa realidade este estudo teve como objetivo investigar se a conscientização ambiental está associada a um comportamento de consumo sustentável por universitários, e em que medida a compreensão dos problemas ambientais impacta na decisão de compra desses jovens. Este estudo, de abordagem quanti/qualitativa, com caráter descritivo-exploratório foi realizado na Universidade Federal de Viçosa (UFV), com jovens universitários matriculados no último ano dos cursos de graduação. A pesquisa foi realizada em duas etapas: 1- aplicação de questionário on-line, obtendo-se uma amostra de 148 jovens; 2- entrevista semiestruturada com 20 universitários. Para análise dos dados quantitativos utilizou-se o software estatístico SPSS, e qualitativos, a técnica de Análise de Conteúdo. Recorreu-se à Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano para realizar a análise dos dados. Constatou-se que os jovens universitários pesquisados apresentaram alto grau de consciência ambiental, e esta possui um relacionamento positivo, porém fraco, com o comportamento de consumo sustentável, isto é, além da consciência ambiental, existem outros fatores que influenciam o consumo dos jovens universitários como: preço; falta de informação sobre os produtos, empresas e das implicações das escolhas de compra para o meio ambiente; incentivo ao consumismo e falta de políticas de reciclagem do lixo. As principais redes de informação para a decisão de compra e práticas sustentáveis pelos jovens encontram-se no microssistema, contexto familiar e instituição de ensino, apesar de a UFV ter ocupado o quinto lugar na classificação pelos estudantes. Dentre os critérios utilizados durante a decisão de compra, o principal aspecto considerado é o preço, as implicações ambientais não fazem parte das escolhas dos universitários pesquisados. Enfim, constatou-se uma defasagem na educação ambiental, pois as atividades existentes na UFV são consideradas insuficientes para mobilizar os jovens universitários a exercerem ações pró-ambientais. Os discentes demonstraram interesse em contribuir para a preservação do meio ambiente, porém relataram necessidade de haver mais projetos, campanhas e palestras voltados para a conscientização da comunidade acadêmica. Declararam ainda ser importante essa abordagem dentro de seus cursos, uma vez que, mesmo naqueles em que o profissional atuará diretamente com o meio ambiente, a formação é mais voltada para atender questões financeiras do mercado ou à legislação. Contudo, espera-se que este estudo contribua para um maior engajamento da UFV, e mesmo dos discentes, na busca por soluções para os problemas ambientais, e propõe-se que, de alguma forma, essa temática esteja inserida na grade curricular dos diferentes cursos de graduação do ensino superior.
The society life style, through the increase of patterns of consumption, lies among the main factors responsible for the environmental degradation aggravation. Thus, the environmental education, specially in higher education, acquires strategic relevance in conducting young university students to a behavior change seeking for sustainable consumption. However, many institutions have not found yet the way to work on this theme in teachers training, once there is difficulty to construct institutional projects that join it to the educational process. Considering this reality, this study aimed to investigate if the environmental awareness is associated to a behavior of sustainable consumption by university students and, how the compreension of the environmental problems impact the buying decision of these young people. The present study relies on quantitative and qualitative approach, characterized as descriptive-exploratory, it was held in the Federal University of Viçosa (Universidade Federal de Viçosa - UFV) with young university students enrolled last year in undergraduation courses. The research was carried out in two steps: 1 – applying an on-line questionnaire in a sample of 148 young students; 2- semi-structured interview with 20 university students. The software SPSS was used to analyze the quantitative data, and the Content Analysis was used for analyzing the qualitative data. The Bioecological Theory of Human Development was used to perform data analysis. It was found that the young university students researched presented high level of environmental awareness positive, but weakly related to a sustainable consumption behavior, it means that besides the environmental awareness there are other factors that influence the consumption of young university students such as: price, lack of information about products, companies and the consequences for the environment about the buying choices, consumption incentives and lack of politics for garbage recycling. The main net of information for buying decisitions and sustainable practices of the young people are found in the microssystems, familiar context and teaching instituitions, besides UFV has occupied the fifth place in the students classification. From the criteria used during the buying decision, the main aspect is the price, the environmental implications are not considered by the students. Finally, it was found a discrepancy in environmental education, because the existing activities at UFV are considered not enough to mobilize the young students to have pro-environmental attitudes. The teachers showed interest in contributing for the environment preservation. However, they reported the necessity to invest on projects, campains and speaks toward the awareness in the academic community. They also claimed the importance of this approach in their courses, even in courses that are related to environmental matters, the student is more prepared to act in financial issues or legislation. However, it is intended by this study to contribute for more interest of UFV and teachers in searching solutions for environmental problems and, it is also proposed to insert this theme in curricular in different undergraduation courses.
Palavras-chave: Educação ambiental - Estudantes universitários
Comportamento do consumidor - Estudantes universitários
Sustentabilidade e meio ambiente
Percepção - Estudantes universitários
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PEREIRA, Sandra de Oliveira. Percepção ambiental, comportamento e consumo sustentáveis de jovens universitários. 2016. 123 f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9873
Data do documento: 16-Dez-2016
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.