Locus  

Educação ambiental e o livro didático no ensino fundamental

Show simple item record

dc.contributor Ferreira Neto, José Ambrósio
dc.contributor Muniz, José Norberto
dc.contributor.advisor Doula, Sheila Maria
dc.creator Grossi, Fátima de Moulin Costa
dc.date.accessioned 2017-03-29T18:16:01Z
dc.date.available 2017-03-29T18:16:01Z
dc.date.issued 2004-06-24
dc.identifier.citation GROSSI, Fátima de Moulin Costa. Educação ambiental e o livro didático no ensino fundamental. 2004. 150 f. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9941
dc.description.abstract Neste trabalho, foi feita uma pesquisa descritiva sobre o conteúdo ambiental dos livros didáticos de Língua Portuguesa, Geografia, História e de Ciências, de 5. a a 8. a séries do Ensino Fundamental, adotados pela educação formal, entendendo que eles são um importante recurso e tem tido uma expressiva influência no processo de ensino-aprendizagem, sendo muitas vezes a única fonte bibliográfica utilizada por professores e alunos. Foram usados os pressupostos da análise do discurso, que tem como unidade o texto, tal como proposta por Eni Orlandi, pelo fato de esta investigar o texto como uma unidade complexa de significação, considerando as condições de sua produção. As considerações formuladas neste trabalho, se constituíram, portanto, em um momento de sistematização de algumas leituras de texto, particularmente sobre a temática ambiental, propiciando uma análise crítica dos vários discursos e procurando reconhecer suas características. Verificou- se que era necessário encontrar traços, isto é, marcas lingüísticas responsáveis pelas diferentes formas do conteúdo ambiental, estabelecendo uma distinção entre o sentido como se veiculavam ou se apresentavam nos textos. Estabeleceu-se assim a classificação entre textos crítico, religioso, idílico, técnico e humorístico. Uma outra forma de classificação foi selecionar os capítulos dos livros didáticos, quanto ao sentido e a forma que se enunciavam quanto à temática ambiental, acreditando que diferentes enunciados podem marcar diferentes posições de discurso em um texto. Foram assim, então, caracterizados em categorias, quais sejam, Transformação, Segunda Natureza e Descrição Física do Espaço para os livros didáticos de Geografia e História; Ciência e Conhecimento, Gaia, Relações entre os Seres Vivos, Cadeia e Teia Alimentar, Equilíbrio Ecológico, Saúde e Saneamento Básico, Tecnologia e Meio Ambiente e o Reino dos Animais e Plantas, para os livros didáticos de Ciências. Ressalta-se que, os livros didáticos de Português devido à formação discursiva de seus capítulos, não inseriram-se dentro dessas categorias, não havendo necessidade então dessa classificação. Verificou-se que os conteúdos dos livros didáticos analisados sob a perspectiva ambiental, não estão cumprindo com a função da concepção da Educação Ambiental e de uma educação para uma escola crítica, capaz de formar um aluno crítico sujeito de sua aprendizagem, conhecedor de sua realidade sócio- ambiental e capaz de nela intervir. Observou-se que, muitos textos considerados pelo discurso ambiental, aparecem muitas vezes desvinculados da realidade do aluno, comprometendo assim a ressonância em sua estrutura cognitiva. Pode-se afirmar ainda, que muitos livros didáticos em relação à temática ambiental, não utilizam os textos e, ou, conteúdos como um meio para se atingirem os fatos, mas para se saber o conteúdo enquanto um fim em si mesmo. Sob esta perspectiva do discurso ambiental, perdem-se assim, os fatos, os objetos de reflexão sobre o qual se está estudando, restando então, só o lugar para se repetir e, ou, decorar automaticamente o conteúdo. Pode-se dizer, que não há um processo real da aprendizagem, e sim, de uma mera transmissão dos conteúdos. pt-BR
dc.description.abstract In this work, a descriptive research was conducted about the environmental content in the Portuguese, Geograph, History and Science didactic books, from 5 th to 8 th grades of elementary school, adopted by the formal education system. Those books are important resources and have expressive influence in the teaching-learning process, as well as they generally are the only bibliographic source for teachers and students. The discourse analysis presuppositions were adopted which has the text as unit, as proposed by Eni Orlandi, because she investigated the text as a complex unit, considering the production conditions. The considerations on this work constituted in a sistematic context of some text readings, particularly about the environmental theme, allowing a critical analysis of several discourses also recognizing its characteristics. It was verified the needing of finding linguistics traces to define different ways of the environmental content, to establish differences from text meaning or text exhibition. The critic, religious, poetic, technical and humoristic text classification was established. Another classification selected the didactic book chapters considering the meaning and way of expressing the environment theme, as different expression way can emphasize different discourse point of views in the text. The Transformation, Second Nature and Physical Space Description categories were established to Geograph and History didactic books; Science and Knowledge, Gaia, Live Been Relations, Ecological Equilibrium, Health and Basic Sanitation, Technology and Environment, Animal and Vegetal Kingdom categories were established to Science books. The Portuguese books were excluded from that classification. It was found that the content of didactic books analysed under the environmental perspective was not enough to provide critical knowledge about environmental education to allow student intervention in the communities. It was observed that many environment texts were disconnected with the student reality, damaging the cognitive structure. Many reflection subjects connected with the environment content are not considered for further studies, remaining the content repetition or memorazing. There is no real learning process but just content transmission. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Saneamento básico pt-BR
dc.subject Meio Ambiente pt-BR
dc.title Educação ambiental e o livro didático no ensino fundamental pt-BR
dc.title Environmental education and the didactic book in the elementary school en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Economia Rural pt-BR
dc.degree.program Mestre em Extensão Rural pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2004-06-24
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Extensão Rural [295]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account