Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9975
Tipo: Dissertação
Título: A ausência presente e o silêncio que fala: impasses da extensão universitária
The present absence and the silence that speaks: university extension drawbacks
Autor(es): Santos, Juliane Gonçalves dos
Abstract: Este estudo problematiza as relações e interações da Universidade Federal de Viçosa junto ao Movimento de Atingidos por Barragens do Alto Rio Doce, com ênfase na assessoria prestada pela Universidade aos atingidos pela UHE de Fumaça, no município de Diogo de Vasconcelos (MG). Buscou-se, assim, identificar contribuições, impasses e prováveis conflitos advindos desta relação. A análise e discussão dos dados foi pautada não só nos pressupostos da Teoria Social do Discurso (TSD), uma das perspectivas atuais da Análise Crítica do Discurso (ACD), mas também a partir desta abordagem buscou-se situar a discussão seguindo as reflexões da Teoria da Ação Comunicativa (Habermas, 1984) e de conceitos nucleares como orientação instrumental, mundo da vida e mundo dos sistemas. Esta pesquisa permitiu reconhecer a relevância do papel da Universidade Federal de Viçosa nas atividades de extensão universitária que desenvolve, especialmente as que concernem à assessoria que, desde 1995, atua junto ao Movimento de Atingidos por Barragens do Alto Rio Doce. Entretanto, também identificou-se que a assessoria aos atingidos pela barragem de Fumaça enfrentou problemas e questões que afetam a rotina da universidade, como maior disponibilidade para conjugar uma efetiva prática extensionista com o ensino e a pesquisa. Dentre outras questões, a experiência e os desencontros na assessoria aos atingidos pela UHE Fumaça, embora pareça ter sido uma questão pontual, apontam para a necessidade de se promover reflexão e discussão mais profundas acerca da possibilidade de se estar operando um modelo de assessoria vertical, pouco participativa e desvinculada dos reais interesses dos assessorados.
This study addresses the relations and interactions between the Universidade Federal de Viçosa and the Alto Rio Doce Dam Victims Movement, emphasizing the consultancy provided by the university to those affected by the UHE-Fumaça, in Diogo de Vasconcelos (MG). The objective of this work was to identify contributions, limitations, and likely conflicts originated from this relationship. Data analysis and discussion were based not only on the presuppositions of the Social Theory of Discourse (STD), one of the current perspectives of the Discourse Critical Analysis (DCA), but also on the discussion following the Communicative Action Theory (Habermas, 1994) also based on this approach (Habermas, 1984) and nuclear concepts such as instrumental guidance, living world and systems world. This research allowed to recognize the relevant role played by the Universidade Federal de Viçosa through its extension activities, especially concerning consultancy provided since 1995 to the Alto Rio Doce Dam Victims Movement. However, it was also verified that consultancy to those affected by Fumaça Dam faced problems and questions affecting the university's routine, such as the need of greater availability to exert an effective extensionist practice involving teaching and research. Among other issues, the experience and drawbacks in providing consultancy to the UHE Fumaça victims, although seeming to be a relevant question, point to the need of promoting a deeper reflection and discussion about the possibility of operating a model of vertical consultancy, with little participation and distant from the real interests of those affected.
Palavras-chave: Extensão rural
Comunidade e universidade
Extensão universitária
Movimentos sociais
Análise do discurso
Barragens e açudes - Minas Gerais – Aspectos sociais
CNPq: Extensão Rural
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTOS, Juliane Gonçalves dos. A ausência presente e o silêncio que fala: impasses da extensão universitária. 2005. 131 f. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9975
Data do documento: 30-Jun-2005
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.