Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9979
Tipo: Dissertação
Título: Mudanças nutricionais e metabólicas em vacas no início de lactação suplementadas com de óleo de soja utilizando cana de açúcar como volumoso
Nutritional and metabolic changes in dairy cows supplemented with soybean oiil levels fed sugarcane based diets in early lactation
Autor(es): Paula, Ricardo Marostegan
Abstract: A inclusão de óleo de soja (OS) em dietas a base de cana-de-açúcar para vacas no início de lactação pode ser uma alternativa para aumentar o consumo de energia, reduzir o balanço de energia e consequentemente aumentar a produção de leite. Nosso objetivo foi avaliar a produção de leite, respostas nutricionais e metabólicas de vacas no início de lactação, alimentadas com cana-de-açúcar com diferentes níveis de OS. Vinte e duas vacas holandesas foram divididas em dois blocos, sendo quatorze primíparas (545 ± 17,2 kg de peso corporal) e oito multíparas (629 ± 26,7 kg de peso corporal). O período experimental foi de 84 dias divididos em 3 períodos de 28 dias. As dietas foram formuladas adicionando OS para obter quatro níveis de extrato etéreo (EE) na matéria seca (MS): dieta basal (B; sem adição de OS), baixo nível de óleo (BN; 40g de EE/ kg de MS), médio nível de óleo (MN; 70g de EE/ kg de MS) e alto nível de óleo (AN; 100g de EE/ kg de MS). O aumento dos níveis de OS teve efeito quadrático no consumo de matéria seca (CMS) e no consumo de energia metabolizável (CEM), sendo que o maior CMS e CEM (19 kg/d e 227 Mj/d, respectivamente) ocorreram no tratamento BN. A inclusão de OS afetou de forma quadrática o consumo de nitrogênio (N), não afetou a produção de proteína microbiana (Pmic) e aumentou linearmente a eficiência de síntese de Pmic (g de N/ kg de NDTLG). A produção de leite foi afetada de forma quadrática pela adição de OS, a maior produção de leite (31,3kg/d) ocorreu no tratamento MN. A porcentagem de gordura no leite diminui linearmente, já a porcentagem e a produção de proteína do leite foram afetadas de forma quadrática. A variação de peso reduziu linearmente e o balanço de energia não foi afetado pela inclusão de OS. As concentrações no soro de proteína totais, globulinas, albumina e nitrogênio ureico não foram afetadas. As concentrações de colesterol e HDL tiveram interação de tratamento e período com maiores concentrações a partir de 28 o dias de lactação, as concentrações de LDL aumentaram linearmente e as concentrações de triglicerídeos teve tendência de aumento. As concentrações de glicose, beta-hidroxibutirato (BHB), ácidos graxos não esterificados (NEFA) e insulina não foram afetados pela inclusão de OS. A inclusão de OS até o MN aumentou o CEM e aumentou produção do leite.
The inclusion of soybean oil (SO) in sugarcane diets for early lactating cows may be an alternative to increase energy consumption, reduce energy balance and consequently increase milk production. Our objective was to evaluate milk production, nutritional and metabolic responses of cows at the beginning of lactation, fed sugar cane with different SO levels. Twenty-two Holstein cows were divided into two blocks, fourteen primiparous (545 ± 17.2 kg body weight) and eight multiparous (629 ± 26.7 kg body weight). The experimental period was 84 days divided into 3 periods of 28 days. The diets were formulated by adding OS to obtain four levels of ethereal extract (EE) in dry matter (DM): basal diet (B, without addition of SO), low oil level (LL, 40g EE / kg DM), Medium oil level (ML, 70g EE / kg DM) and high oil level (HL, 100g EE / kg DM). The increase in OS levels had a quadratic effect on dry matter (DMI) and metabolizable energy consumption (EMI), with the highest DMI and EMI (19 kg / 227 Mj / d, respectively) occurred in LL treatment . The inclusion of SO had a quadratic effect on nitrogen (N) consumption, did not affect the production of microbial protein (Pmic) and linearly increased the efficiency of Pmic synthesis (g of N / kg of TDNFF). Milk production was quadratically affected by the addition of SO, the highest milk yield (31.3 kg / d) occurred in ML treatment. The percentage of fat in milk decreases linearly, since the percentage and the production of milk protein were affected in a quadratic way. The weight variation reduced linearly and the energy balance was not affected by the inclusion of SO. Total serum protein concentrations, globulins, albumin and urea nitrogen were not affected. Cholesterol and HDL concentrations had treatment interaction and period with higher concentrations from day 28 of lactation, LDL concentrations increased linearly and triglyceride concentrations tended to increase. Concentrations of glucose, beta-hydroxybutyrate (BHB), non-esterified fatty acids (NEFA) and insulin were not affected by the inclusion of SO. The inclusion of SO to ML increased MEI and increased milk production.
Palavras-chave: Bovino de leite - Alimentação e rações
Vacas leiteiras
Soja como ração
Cana-de-açúcar como ração
Proteínas na nutrição animal
CNPq: Zootecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PAULA, Ricardo Marostegan. Mudanças nutricionais e metabólicas em vacas no início de lactação suplementadas com de óleo de soja utilizando cana de açúcar como volumoso. 2016. 29 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9979
Data do documento: 29-Jul-2016
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo316,57 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.