Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9994
Tipo: Tese
Título: Interações em teias alimentares de ácaros no morangueiro (Fragaria x ananassa)
Interactions in mite food webs on strawberry plant (Fragaria x ananassa)
Autor(es): Fadini, Marcos Antonio Matiello
Abstract: As plantas têm papel ativo no controle do processo de herbivoria pela influência sobre as populações de fitófagos e/ou de inimigos naturais, atuando diretamente sobre o comportamento dos herbívoros ou indiretamente, atraindo populações de inimigos naturais. As investigações dessa tese tiveram como objetivo estudar interações em uma teia alimentar formada pelo morangueiro, Fragaria x ananassa, pelo ácaro-rajado Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), pelo ácaro-vermelho Oligonychus ilicis e pelo predador Phytoseiulus macropilis. Espera-se que tais estudos sirvam de base para a definição de um programa de controle biológico de ácaros fitófagos na cultura do morangueiro em sistemas de produção orgânica ou integrada. No capítulo I, investigou-se a interação direta entre O. ilicis e T. urticae sobre plantas de morangueiro avaliando-se os padrões de escolha de O. ilicis e T. urticae por sítios de alimentação nessas plantas. Duas hipóteses foram formuladas: a primeira, que a escolha por sítios de alimentação estaria relacionada à aptidão das espécies; a segunda, que essa escolha seria determinada pela presença do ácaro heteroespecífico. Essas hipóteses foram testadas avaliando-se a preferência, a biologia e o sucesso reprodutivo de O. ilicis e T. urticae sobre as faces abaxial e adaxial de folhas de morangueiro infestadas ou não pelo heteroespecífico. Os resultados obtidos permitiram discutir a possibilidade de interação entre O. ilicis e T. urticae sobre plantas de morangueiro. No capítulo II, estudou-se em laboratório a resposta olfativa do ácaro predador P. macropilis à planta de morangueiro infestada por T. urticae e/ou por O. ilicis, com o objetivo de avaliar o efeito da infestação simples e múltipla de plantas por ácaros fitófagos sobre a atração do ácaro predador. Hipotetisou-se que, plantas de morangueiro infestadas por mais de uma espécie de ácaro fitófago seriam menos atrativas ao ácaro predador P. macropilis quando exposto aos voláteis da planta. No capítulo III, testou-se a hipótese de que o risco de predação afetaria a escolha por sítios de alimentação. Primeiramente, foi avaliado o desempenho do predador P. macropilis alimentado com adultos e ovos de O. ilicis e T. urticae. Tal informação forneceu indicativos sobre o valor nutricional dessas espécies para o predador. Em seguida, foi avaliada a escolha de T. urticae e O. ilicis por faces de folhas de morangueiro com pistas do predador P. macropilis. Previamente, era conhecido que T. urticae e O. ilicis possuem maior sucesso reprodutivo sobre as faces abaxial e adaxial de folha de morangueiro, respectivamente. Isto devido, provavelmente, à qualidade do alimento nessas respectivas faces foliares. No capítulo IV, testou-se a hipótese que plantas de morangueiro que sofressem infestações prévias por T. urticae seriam capazes de responder às injúrias com maior rapidez em comparação àquelas que não foram atacadas. As plantas que apresentam defesa direta podem reduzir o desempenho dos predadores pela redução da quantidade e qualidade de presas. Nesse caso, haveria um efeito oposto entre defesas diretas e indiretas em plantas de morangueiro. Ou seja, enquanto as defesas diretas reduzem o efeito do ataque dos fitófagos, os predadores, atraídos pelas defesas indiretas, teriam menor disponibilidade de alimento.
Plants can affect herbivores or natural enemies to reduce the effects of herbivory. This can be done directly through reduction of the population growth of herbivorous population, or indirectly, by attracting or arresting natural enemies to the plant. The interactions in a food web composed of strawberry plants, Fragaria x ananassa, the Two-Spotted Spider Mite Tetranychus urticae Koch, the Southern Red Mite Oligonychus ilicis (McGregor) (Acari: Tetranychidae) and the predatory mite Phytoseiulus macropilis have been studied. The results will provide information that is useful in defining a biological control program for spider mites on organically produced strawberries and in integrated production systems. In the first chapter, the direct interaction and choice for feeding sites of O. ilicis and T. urticae on strawberry plants are investigated, using two hypotheses: 1. the choice of feeding site is related to the fitness of the individual; 2. the choice of feeding site is affected by the presence of a heterospecific mite. The preference, biology and reproductive success of O. ilicis and T. urticae were evaluated on both sides of strawberry leaves either infested by the heterospecific mite or without previous damage. O. icilis preferred to stay on the upper side while T. urticae preferred the underside. The preference for the leaf surface correlated with the reproductive success of the species. The results provide information on the interaction between O. ilicis and T. urticae on strawberry plants. In the second chapter, the attraction of predatory mites by plants damaged by T. urticae and/or by O. ilicis was studied under laboratory conditions. The role of multiple infestations in the attraction of predatory mite was studied. In the third chapter, the hypothesis that predation risk is an important factor on food site selection by spider mites was tested. An experiment on the effect of predation risk by Phytoseiulus macropilis on the food site choice of the spider mites Tetranychus urticae and Oligonychus ilicis was carried out on strawberry plants. The performance of the predator P. macropilis fed with adults and eggs of O. ilicis and T. urticae was evaluated. The effect of pre-infestation of strawberry plants by Tetranychus urticae on the development and reproduction of the mite species was discussed in the fourth chapter. The preinfestation induced the production of direct defenses, which can reduce the population growth rate of the herbivores. Possibly, an opposite effect between direct and indirect defenses in strawberry plants could occur. Whereas direct defenses reduce the effects of herbivore attack, predators attracted by indirect defenses could have low food availability. This requires further investigation.
Palavras-chave: Ácaro - Ecologia
Ácaro - Controle biológico
Acarologia
Tretranychus urticae
Oligonychus ilicis
Phytoseiulus macropilis
Morango - Doenças e pragas - Controle biológico
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FADINI, Marcos Antonio Matiello. Interações em teias alimentares de ácaros no morangueiro (Fragaria x ananassa). 2005. 77f. Tese (Doutorado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9994
Data do documento: 14-Nov-2005
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo432,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.