Locus  

Exigências nutricionais de energia e proteína e eficiência líquida de utilização da energia metabolizável para bovinos de diferentes grupos genéticos, em confinamento

Mostrar registro simples

dc.contributor Lana, Rogério de Paula
dc.contributor Vieira, Ricardo Augusto Mendonça
dc.contributor.advisor Queiroz, Augusto César de
dc.creator Freitas, José Antônio de
dc.date.accessioned 2017-07-13T14:09:56Z
dc.date.available 2017-07-13T14:09:56Z
dc.date.issued 2004-06-25
dc.identifier.citation FREITAS, José Antônio de. Exigências nutricionais de energia e proteína e eficiência líquida de utilização da energia metabolizável para bovinos de diferentes grupos genéticos, em confinamento. 2004. 89f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/11252
dc.description.abstract Objetivou-se com esse estudo estimar a composição corporal de gordura, proteína e energia, as exigências líquidas de energia de mantença e as eficiências de utilização da energia metabolizável para mantença (K m ) e para ganho de peso (K g ) de bovinos de quatro grupos genéticos recebendo quatro níveis de concentrado na ração. Foram utilizadas quatro rações com diferentes relações volumoso:concentrado (30:70; 40:60; 60:40 e 70:30). As percentagens de proteína bruta (PB) e de nutrientes digestíveis totais (NDT) das rações foram de 14,3 e 60,1; 14,7 e 63,0; 14,6 e 68,8; 14,3 e 71,6%, respectivamente. Foram utilizados 72 machos inteiros de quatro grupos genéticos, com idade inicial de 10 e 11 meses e peso vivo médio inicial de 309,5 kg. Doze animais foram abatidos para a determinação da composição química corporal inicial e o mesmo número de animais foram alocados no grupo de alimentação restrita e o restante dos animais foram distribuídos de modo que para cada nível de concentrado eram utilizados doze animais. As exigências líquidas de energia para mantença foram obtidas pela regressão da produção de calor (Kcal/kg 0,75 /dia) em função do consumo de energia metabolizável, CEM, (Mcal/kg 0,75 /dia) e extrapolando-se para o nível zero de ingestão de energia metabolizável. As exigências de proteína e energia, para ganho de 1 kg de peso de corpo vazio (PCV), foram estimadas a partir da derivada da equação de predição do conteúdo de proteína e energia, respectivamente. A eficiências de utilização da EM para mantença (K m ) foi estimada pela relação entre a produção de calor em jejum e o consumo de energia metabolizável de mantença (CEM m ). A eficiências de utilização da EM para ganho de peso (K g ) foi estimada pela regressão entre a energia retida (Kcal/ kg 0,75 ) e o CEM para ganho. As exigências de EM para mantença e ganho de peso foram obtidas dividindo-se as exigências de energia líquida de mantença e ganho de peso pelo valor de K m e K g, respectivamente. Não houve diferenças entre grupos genéticos para a exigência de energia líquida de mantença, sendo esta estimada em 79 kcal/kg 0,75 /dia. As exigências de energia e proteína para ganho de peso não diferiram entre grupos genéticos. Para um bovino de 450 kg, as exigências líquidas de proteína e energia para ganho de 1 kg de PCV foram estimadas em 143,5g e 4,7 Mcal/dia, respectivamente. Não foi verificada diferença significativa para K m e K g em função dos grupos genéticos e do nível de concentrado na ração. O valor obtido para K m e K g foram de 0,67 e 0,40, respectivamente. As exigências de EM para ganho de peso por unidade de PCV decresceram com a elevação do PCV indicando uma maior eficiência líquida de utilização da energia metabolizável com a elevação do peso dos animais. Para um bovino de 400 kg de peso vivo as exigências de EM e de NDT, para ganho de 1 kg PCV, foram estimadas em 21,07 Mcal/dia e 4,79 kg, respectivamente. pt-BR
dc.description.abstract The objectives of this work were to estimate the body composition of fat, protein and energy, the net energy requirements of maintenance and efficiency of metabolizable energy utilization for maintenance (K m ) and weight gain (K g ) of bovines from four genetic groups fed four concentrate levels in the ration. Four rations with forage to: concentrate ratio (30:70; 40:60; 60:40 and 70:30) were used. The rations contained 14.3 and 60.1; 14.7 and 63.0; 14.6 and 68.8; 14.3 and 71.6% of crude protein and TDN, respectively. Seventy- two young bulls from four genetic groups, with initial age of 10 and 11 months and initial average weight of 309.5 kg were used. Twelve animals were slaughtered for the determination of the initial body composition and the same number of animals was allocated in the restricted feeding group. Fourty eight animals were uniformly distributed within the four levels of concentrate in the ration The net energy requirements of maintenance were obtained by the regression of the heat production (Kcal/kg 0,75 /day) against the metabolizable energy intake, MEI, (Mcal/kg 0,75 /day) and extrapolated to zero level of MEI. Net protein and energy for 1 kg of empty body weight gain (EBW) were obtained from derivation of prediction equation of protein and energy content, respectively. ixEfficiency of ME utilization for maintenance (K m) was estimated by the relation between fasting heat production (Kcal/kg 0,75 /day) against the MEI (Kcal/kg 0,75 /day). The efficiency of ME utilization for weight gain (K g ) was obtained by regression of retained energy (Kcal/ kg 0,75 ) against the metabolizable energy intake for gain MEI for weight gain. Metabolizable energy for maintenance and weight gain was obtained by the coefficient between the net energy for maintenance and weight gain by the respective values of K m and K g . There were no difference among genetic groups for net energy requirements of maintenance, and it was estimated in 79 kcal/kg 0,75 /day. The net protein and energy requirements for a bovine of 450 kg and 1 kg of EBW gain were estimated in 143.5g e 4.7 Mcal/day, respectively. The K m and K g values did not differ between genetic groups neither between concentrate levels of the rations. The values obtained for K m and K g were 0.67 and 0.40, respectively. The metabolizable energy requirements for weight gain per unit of EBW decreased with the increasing of EBW indicating a great net efficiency of metabolizable energy utilization as the live weight of the animals increased. For bovines of 450 kg LW the ME and TDN requirements, for 1 kg EBW gain were estimated in 21.07 Mcal/day and 4.79 kg, respectively. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Eficiência energia bovinos pt-BR
dc.subject Confinamento pt-BR
dc.subject Energia metabolizável pt-BR
dc.title Exigências nutricionais de energia e proteína e eficiência líquida de utilização da energia metabolizável para bovinos de diferentes grupos genéticos, em confinamento pt-BR
dc.title Nutritional requirements of energy and protein and net efficiency of utilization of metabolizable energy of bovines of different genetic groups, in feedlot en
dc.type Tese pt-BR
dc.subject.cnpq Ciências Agrárias pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/9199772210973448 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Zootecnia pt-BR
dc.degree.program Doutor em Zootecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2004-06-25
dc.degree.level Doutorado pt-BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

  • Zootecnia [988]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Zootecnia

Mostrar registro simples

Buscar no Repositório


Navegar

Minha conta