Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1144
Tipo: Tese
Título: Desenvolvimento e qualidade de Trichospilus diatraeae (Hymenoptera: Eulophidae) utilizando hospedeiros alternativos
Título(s) alternativo(s): Development and quality of Trichospilus diatraeae (Hymenoptera: Eulophidae) using alternative hosts
Autor(es): Pastori, Patrik Luiz
Primeiro Orientador: Zanuncio, José Cola
Primeiro coorientador: Pratissoli, Dirceu
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Zago, Hugo Bolsoni
Segundo avaliador: Pinto, Rosenilson
Terceiro avaliador: Rocha, Valterley Soares
Abstract: Parasitóides são importantes pela diversidade e por regularem populações de insetos de diferentes ordens, porém sua aplicação no campo depende de estudos para aprimorar sua criação massal. O objetivo desse trabalho foi estudar fatores reprodutivos de Trichospilus diatraeae Cherian & Margabandhu (Hymenoptera: Eulophidae) em pupas de Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae) visando a criação massal e dispersão desse parasitóide em cana-de-açúcar. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Controle Biológico de Insetos (LCBI) do Instituto de Biotecnologia Aplicada a Agricultura (BIOAGRO) da Universidade Federal de Viçosa (UFV) em Viçosa, Minas Gerais, no Laboratório de Entomologia (LE) da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e em plantio comercial de cana-de-açúcar da Empresa Dourados S/A - Açúcar e Álcool em Dourados, Mato Grosso do Sul. Duas espécies de Lepidoptera: A. gemmatalis e Diatraea saccharalis (Fabr.) (Lepidoptera: Crambidae) foram criadas em dieta artificial e o inimigo natural, T. diatraeae, sobre esses lepidópteros. Foram realizados experimentos visando avaliar o desenvolvimento de T. diatraeae em pupas de A. gemmatalis mantidas em sete temperaturas (18, 20, 22, 25, 28, 30 e 32oC); o número de indivíduos provenientes de fêmeas de T. diatraeae com 24, 48, 72 ou 96 horas de idade em pupas de A. gemmatalis com essas mesmas idades; o número de indivíduos de T. diatraeae em pupas de A. gemmatalis após serem armazenadas a zero ou 5oC por um, três, seis, nove ou 12 dias e a dispersão de T. diatraeae em plantios comercias de cana-de-açúcar. Os experimentos, no laboratório, foram mantidos à 25 ± 2oC, 70 ± 10% de umidade relativa e 14 horas de fotofase e o parasitismo, a emergência, o número de descendentes, a longevidade, a razão sexual, a largura da cápsula cefálica, a duração do ciclo de vida dos descendentes (machos e fêmeas) e a dispersão de T. diatraeae, em cana-de-açúcar, foram os principais parâmetros quantificados. A duração do ciclo biológico (ovo-adulto) de T. diatraeae reduziu com o aumento da temperatura de 37,72 a 16,00 dias a 18 e 30oC, respectivamente. A emergência e o número de descendentes de T. diatraeae foram maiores na faixa térmica 22 à 25oC. A temperatura base (Tb) e a constante térmica (K) foram de 8,40°C e 328,41 graus-dia (GD), respectivamente. A emergência, o número de descendentes, a duração do ciclo de vida, a razão sexual, a longevidade e largura da cápsula cefálica de machos e de fêmeas de T. diatraeae apresentaram resposta semelhante quando se avaliou o efeito idade das pupas do hospedeiro e fêmeas do parasitóide. Assim, pupas de A. gemmatalis com até 96 horas de idade podem ser usadas para criação massal de T. diatraeae utilizando-se fêmeas com até 96 horas de idade. O armazenamento a frio (zero ou 5oC) de pupas de A. gemmatalis não parasitadas e contendo o estágio imaturo (pupa) de T. diatraeae no seu interior, afeta negativamente a reprodução desse parasitóide. Houve redução do parasitismo com o aumento da distância de liberação, mas fêmeas de T. diatraeae encontraram e parasitaram pupas de D. saccharalis até a 12 metros do ponto de liberação sendo esse valor uma aproximação preliminar da dispersão de T. diatraeae em cana-de-açúcar com sete meses de idade da soca devido à complexidade de fatores envolvidos nos experimentos de campo.
Parasitoids are important because of their diversity and they regulate populations of insects of different orders, however to use them in the field depends on studies to improve their mass rearing. The objective of this work was to study reproductive factors of Trichospilus diatraeae Cherian & Margabandhu (Hymenoptera: Eulophidae) on pupae of Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae) aiming at mass rearing and dispersal of this parasitoid in sugar cane. The experiments were carried out in Laboratório de Controle Biológico de Insetos (LCBI) at Instituto de Biotecnologia Aplicada a Agricultura (BIOAGRO) at Universidade Federal de Viçosa (UFV) in Viçosa, Minas Gerais State, in the Laboratório de Entomologia (LE) at Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) at Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) and in a comercial crop of sugar cane of Empresa Dourados S/A ‐ Açúcar e Álcool in Dourados, Mato Grosso do Sul State. Two species of Lepidoptera: A. gemmatalis and Diatraea saccharalis (Fabr.) (Lepidoptera: Crambidae) were reared in artificial diet and the natural enemy, T. diatraeae, on these Lepidoptera. Experiments with the objective of the development of T. diatraeae on A. gemmatalis pupae kept at temperatures of (18, 20, 22, 25, 28, 30 e 32oC); number of offspring from female of T. diatraeae at 24, 48, 72 or 96 hours of age on A. gemmatalis pupae at the same ages; number of offspring of T. diatraeae on A. gemmatalis pupae after being stored at zero or 5oC for one, three, six, nine or 12 days and dispersal of T. diatraeae in commercial crops of sugar cane were performed. Experiments were kept at 25 ± 2oC, 70 ± 10% of relative humidity and 14 hours of photophase and parasitism, emergency, number of offspring, longevity, sex ratio, width of cephalic capsule, length of life cycle of the descendants (males and females) and dispersal of T. diatraeae in sugar cane were the principal biological parameters quantified. Length of biological cycle (egg‐adult) reduced from 37.72 to 16.00 days when temperature increased from 18 to 30oC, respectively. Emergency and number of offspring of T. diatraeae were greater in the temperature range from 22 to 25oC, respectively. Threshold temperature and thermal constant (K) were 8.40oC and 328.41 degree‐days, respectively. Emergency, number of offspring, cycle length, sex ratio, longevity and width of cephalic capsule of males and females of T. diatraeae showed the same response when the effect age of pupae and female of parasitoid was evaluated. Thus, pupae of A. gemmatalis at up to 96 hours of age can be used for mass rearing of T. diatraeae using females at up to 96 hours of age. Cold storage (zero or 5oC) of pupae of A. gemmatalis not parasitized and with immature stage (pupae) of T. diatraeae in it, negatively affects reproduction of this parasitoid. Parasitism was reduced as releasement distance increased. However, females of T. diatraeae found and parasitized D. saccharalis pupae up to 12 meters from the releasement point, and this is the value of a preliminary approximation of dispersal of T. diatraeae on sugar cane at seven months of age of ratoon because of the complexity of factors involved in the field experiments.
Palavras-chave: Trichospilus diatraeae
Hospedeiro
Parasitismo
Trichospilus diatraeae
Hosts
Parasitism
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: PASTORI, Patrik Luiz. Development and quality of Trichospilus diatraeae (Hymenoptera: Eulophidae) using alternative hosts. 2010. 86 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1144
Data do documento: 23-Nov-2010
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf965,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.