Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/13686
Tipo: Artigo
Título: Ação de herbicidas sobre o crescimento de estirpes de Rhizobium tropici
Autor(es): Santos, J.B.
Silva, A.A.
Costa, M.D.
Jakelaitis, A.
Vivian, R.
Santos, E.A.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento das estirpes de Rhizobium tropici BR 322 e BR 520, utilizadas como inoculantes na cultura do feijoeiro no Brasil, em meio de cultura à base de manitol e extrato de levedura (YM) adicionado de diferentes herbicidas (bentazon, metolachlor, imazamox, fluazifop-p-butil, fomesafen e paraquat). Os herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen foram avaliados puros e em mistura comercial, em concentrações variando entre 0,0 e 49,23 mg L-1. O crescimento das estirpes de Rhizobium foi avaliado em espectrofotômetro ao longo de 100 horas de incubação, por meio da leitura da densidade ótica, a 560 nm, sendo, posteriormente, convertido em unidades formadoras de colônia por mL. Observou-se que o paraquat foi o herbicida com maior inibição do crescimento das estirpes avaliadas, seguido pela mistura comercial de fomesafen e fluazifop-p-butil. Para os demais herbicidas, a redução do crescimento não foi significativa. De modo geral, a estirpe BR 520 mostrou-se mais tolerante aos herbicidas testados, com exceção do paraquat. No ensaio de concentrações crescentes do fomesafen, isolado ou em mistura com fluazifop-p-butil, não foi possível determinar o I50 (concentração do herbicida que reduz em 50% o crescimento do rizóbio); a maior redução, de 31,1%, foi observada para a estirpe BR 322 na máxima concentração testada (49,23 mg L-1) da mistura comercial.
This work aimed to evaluate the growth of Rhizobium tropici BR322 and BR 520 strains, used as inoculant on common bean in Brazil, in yeast extract manitol (YM) medium supplemented with different herbicides (bentazon, metolachlor, imazamox, fluazifop-p-butyl, fomesafen and paraquat). Fluazifop-p-butyl and fomesafen were evaluated pure and in a commercial mixture with concentration varying from 0.0 to 49.23 mg L-1. Cell growth was assessed by optic density readings in a spectrophotometer at 560 nm, being later converted to colony forming units per mL. Paraquat caused higher inhibition of cell growth, followed by the commercial mixture fomesafen and fluazifop-p-butyl. For the other herbicides, growth reduction was not significant. In general, BR 520 strain was more tolerant to the tested herbicides, except to paraquat. The herbicide concentration I50, (which decreased Rhizobium growth in 50%) could not be determined in the fomesafen concentrations tested, isolated or mixed to fluazifop-p-butyl. The highest reduction of 31.1% was observed in BR322 at the maximum tested concentration of the commercial mixture.
Palavras-chave: Bentazon
Fluazifop-p-butil
Fomesafen
Imazamox
S-metolachlor
Paraquat
Editor: Planta Daninha
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582006000300006
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/13686
Data do documento: 4-Ago-2006
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
a06v24n3.pdftexto completo370,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.