Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1833
Tipo: Tese
Título: Glicerina bruta na dieta de bovinos Nelore e F1 Red Angus x Nelore: desempenho, caracteristicas de carcaça e avaliação qualitativa de nove músculos, maturados ou não
Título(s) alternativo(s): Crude Glycerin in the diet of Nellore and F1 Red Angus x Nellore: performance, carcass traits and evaluation of postmortem aging effects on nine muscles
Autor(es): Oliveira, Ivanna Moraes de
Primeiro Orientador: Paulino, Pedro Veiga Rodrigues
Primeiro coorientador: Valadares Filho, Sebastião de Campos
Segundo coorientador: Marcondes, Marcos Inácio
Primeiro avaliador: Chizzotti, Mario Luiz
Segundo avaliador: Ramos, Eduardo Mendes
Abstract: O presente trabalho foi dividido em três artigos, avaliando-se a influência de grupo genético (Nelore ou Red Angus x Nelore) e glicerina bruta (5% ou 15% de substituição do milho na base da matéria seca). No primeiro avaliou-se consumo, desempenho e características de carcaça (escrito no padrão da Livestock Science); no segundo, características qualitativas do músculo Longissimus dorsi, e no terceiro avaliou-se as características qualitativas de nove músculos, maturados, por sete dias a 4°C, ou não (Ambos escritos no padrão da Meat Science). Animais cruzados apresentaram maior consumo (P=0.0339) e mesma digestibilidade (P=0.1829) em relação aos animais NE. O consumo (P=0.1344) e digestibilidade (P=0.7239) da fibra em detergente neutro não foram afetados pelo grupo genético. Exceto pela digestibilidade do EE (P=0.0300), maior em animais alimentados com 15%GB, o consumo (P=0.0769) e digestibilidade (P=0.2973) não foram afetados pela dieta. Animais NA tiveram maior ganho médio diário (GMD; P=0.0012) e peso corporal final (PCF; P=0.0012). O GMD (P=0.0294) foi maior em animais alimentados com %5GB e houve tendência de maior PCF (P=0.0654) nestes animais. O peso de carcaça fria, comprimento de carcaça e área de olho de lombo foi maior em animais NA (P=0.0249), enquanto espessura de gordura subcutânea e rendimento de carcaça fria não foram afetados pelo grupo genético (P=0.5292). O rendimento de carcaça fria foi maior em animais alimentados com 15%GB (P=0.0450). O rendimento de cortes não diferiu entre dietas (P=0.2426) e entre grupos genéticos (P=0.0754). A concentração de glicose sanguínea foi maior em animais NE (P=0.0097) e não foi influenciada pela dieta (P=0.9573). Não foram influenciados pelo grupo genético (P=0.0908) e teor de glicerina bruta (P=0.0733): insulina sérica, pH final, temperatura final, frequência de fibras musculares e área de fibras tipo IIB, medidas objetivas de cor, força de cisalhamento, índice de fragmentação miofibrilar, perdas de exsudados, bem como teor de extrato etéreo, cinzas e água. A área das fibras tipo I não diferiu entre grupos genéticos (P=0.0521) e foi maior no músculo de animais alimentados com 15%GB (P=0.0244). A área das fibras tipo IIA foi maior no L. dorsi de animais NA (P=0.0002) e de animais alimentados com 15%GB (P=0.0068). A solubilidade de colágeno foi maior na carne de animais NA (P<0.0001), não havendo efeito de dieta para esta variável (P=0.1146). Houve interação entre grupo genético e dieta na quantidade de colágeno total (P=0.0002) da carne. O teor de proteína foi maior na carne de animais alimentados com 15%GB (P=0.0468) e não foi influenciado pelo grupo genético (P=0.2197). A maturação não afetou o índice de fragmentação miofibrilar da picanha e maminha, reduziu a perda por cocção no contra filé e a perda total no contra filé, alcatra, lagarto e patinho. A picanha, filé mignon e maminha apresentaram maior teor de gordura intramuscular em relação aos demais músculos. De forma geral, independente do grupo genético, maiores teores de colágeno total foram observados no músculo patinho e menores no filé mignon; enquanto maior solubilidade do colágeno foi observada na alcatra, contra filé e filé mignon e menor no coxão duro, lagarto, patinho. O filé mignon apresentou maior frequência de fibras tipo I e o patinho maior frequência de fibra tipo IIA, enquanto o filé mignon e picanha apresentaram menor frequência de fibras IIB. Conclui-se que animais cruzados apresentam melhor desempenho que animais puros, e a utilização da glicerina bruta em substituição ao milho na base da matéria seca total em 15% reduz o ganho de peso. A inclusão de glicerina bruta na dieta não afeta a qualidade da carne, bem como é possível produzir carne com características qualitativas desejáveis a partir de animais F1 Red Angus x Nelore e Nelore. A eficiência da maturação é músculo-dependente, reduzindo a força de cisalhamento da picanha, maminha, lagarto e coxão mole, não alterando do filé mignon, contra filé e alcatra, e, enquanto, por sete dias, não melhora suficientemente a força de cisalhamento do coxão duro e patinho. Os teores de colágeno total e sua solubilidade parecem ser o principal determinante de diferenças na textura entre diferentes músculos. A glicerina bruta parece promover hipertrofia diferencial das fibras musculares no contra filé.
This thesis consists of three papers, evaluating the influence of genetic group (Nellore or Red Angus x Nellore) and crud glycerin (5% or 15% crude glycerin replacing corn, on total dry matter basis). In the first we evaluated intake, performance and carcass traits (writing the standard of Livestock Science); in the second we evaluated the influence of genetic group (Nellore or F1 Red Angus x Nellore) and crude glycerin in qualitative characteristics of muscle L. dorsi and in the third evaluated the influence of breed and crude glycerin in qualitative characteristics of nine muscles, not aged and aged for seven days (writing the standard of Meat Science). Crossbreds had higher intake (P=0.0339) and digestibility (P=0.1829) compared to the NE. The intake (P=0.1344) and digestibility (P=0.7239) of neutral detergent fiber were not affected by genetic group. Except for digestibility of EE, greater in animals fed with 15% GB, intake (P=0.0769) and digestibility (P=0.2973) were not affected by diet. NA animals had greater average daily gain (ADG; P=0.0012) and final body weight (FBW; P=0.0012). The ADG (P=0.0294) was higher in animals fed with 5GB% and there was a trend towards greater FBW (P=0.0654) in these animals. The cold carcass weight, carcass length and ribeye area was greater in the NA (P=0.0249), while subcutaneous fat thickness and cold carcass yield were not affected by genetic group (P=0.5292). The cold carcass yield was greater in animals fed with 15% GB (P=0.0450). The cuts yield did not differ between diets (P=0.2426) and between genetic groups (P=0.0754). The blood glucose concentration was higher in NE animals (P=0.0097) and was not influenced by diet (P=0.9573). Were not affected by group genetic (P=0.0908) and content of crude glycerin (P=0.0733): serum insulin, ultimate pH and temperature, frequency of muscle fibers and area type IIB fibers, objective measurements of color, Warner-Bratzler shear force, myofibrillar fragmentation index, thawing loss, dripping loss, evaporation loss, cooking loss, total loss, ether extract content, ash content and water content. The area of type I muscle fibers did not differ between genetic groups (P=0.0521) and was higher in animals fed with 15%GB (P=0.0733). The area of type IIA fibers was higher in L. dorsi of NA animals (P=0.0002) and animals fed with 15%GB (P=0.0068). The collagen solubility was higher in meat from NA animals (P<0.0001) and no diet effect for this variable was observed (P=0.1146). There was an interaction between genetic and diet on the amount of total collagen (P=0.0002) of meat. The protein content (GG P=0.2197; CG P=0.0468) was higher in meat from animals fed with 15%GB (P=0.0468) and was not influenced by genetic group (P=0.2197). For every muscle aging decreased WBSF, did not affect L* value, a* value and b* value increased. The aging did not affect MFI from muscles BFD and TFL, reduced the cooking loss in LD muscle and total loss in muscles LD, GM, SM and VL. The muscles BFD, PM and TFL had higher content of intramuscular fat. In general, regardless of genetic group, higher levels of CT were observed in muscle VL and lower in muscle PM; while higher CS was observed in the muscles GM, PM, LD and lower in the muscles BF, ST and VL. Similarly, the PM muscle showed higher frequency of type I fibers, the VL muscle higher frequency of fiber type IIA, while PM and BFD showed lower frequency of IIB fibers. Crossbred animals exhibit better performance than Nellore and crude glycerin replacing corn on total dry matter basis by 15% reduces weight gain. The inclusion of crude glycerin in the diet did not affect the quality of L. dorsi and meat can be produced with desirable quality characteristics from animals F1 Red Angus x Nellore and Nellore. The efficiency of aged is dependent muscles, improving the texture of Biceps Femoris (Dorsal), of Tensor Fascia latae, Semitendinosus and Semimembranosus. Muscles Psoas major, Gluteus Medius and Longissimus dorsi need not go through the aged, while for seven days, not improve sufficiently the texture of the Biceps femoris and Vastus lateralis. The total collagen content and collagen solubility seems to be the main determinant of differences in texture between different muscles. The crude glycerin seems to promote differential hypertrophy of muscle fibers in the Longissimus dorsi muscle.
Palavras-chave: Glicerina
Bovinos
Nelore
Glycerin
Cattle
Nellore
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: OLIVEIRA, Ivanna Moraes de. Crude Glycerin in the diet of Nellore and F1 Red Angus x Nellore: performance, carcass traits and evaluation of postmortem aging effects on nine muscles. 2013. 125 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1833
Data do documento: 18-Mar-2013
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.