Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/240
Tipo: Tese
Título: Estrutura e ultraestrutura do oviduto de fêmeas de Hemidactylus mabouia (Reptilia, Gekkonidae) no período vitelogênico, com ênfase na estocagem e fagocitose de espermatozóides
Título(s) alternativo(s): Structure and ultrastructure of the oviduct of female Hemidactylus mabouia in the vitellogenic period, with emphasis on storage and phagocytosis of spermatozoa
Autor(es): Nogueira, Katiane de Oliveira Pinto Coelho
Primeiro Orientador: Neves, Clóvis Andrade
Primeiro coorientador: Sartori, Sirlene Souza Rodrigues
Segundo coorientador: Araújo, Vinícius Albano
Primeiro avaliador: Neves, Mariana Machado
Segundo avaliador: Silva, Robson Campos
Abstract: O aparelho reprodutor das fêmeas de Hemidactylus mabouia é composto pelos ovários e um par de ovidutos que são histologicamente divididos em quatro porções distintas denominadas, infundíbulo, tuba uterina, útero e vagina. O infundíbulo, região anterior do oviduto, se abre na cavidade celomática e recebe o ovócito liberado no momento da ovulação. A tuba uterina é revestida por epitélio simples que se invagina para formar estruturas especializadas, as criptas de estocagem de espermatozóides. No fundo das criptas é possível observar espermatozóides organizados em feixes, com as cabeças muito próximas das células epiteliais e as caudas paralelas voltadas para a luz da tuba uterina. O útero, região glandular do oviduto, é responsável pela produção e deposição da casca do ovo. A região final do oviduto, a vagina, possui dois segmentos caracterizados como anterior e posterior. A vagina anterior é revestida por um epitélio simples composto por células ciliadas e dois tipos de células não ciliadas caracterizadas como secretoras e fagocitárias. As células não ciliadas fagocitárias são responsáveis pela fagocitose de um grande número de espermatozóides encontrados nessa região. Esse processo provavelmente está relacionado a eliminação de espermatozóides supranumerários ou defeituosos. A vagina posterior, região que se abre na cloaca, é a única região do oviduto composta por epitélio estratificado. O estudo de aspectos morfológicos do aparelho reprodutor feminino de H. mabouia contribui, juntamente com trabalhos de cunho ecológico e comportamental, para ampliar os conhecimentos da biologia reprodutiva dessa espécie exótica, proporcionando ferramentas para comparações interespecíficas, além de estratégias de controle e manejo.
The reproductive system of females of Hemidactylus mabouia consists of a pair of ovaries and oviducts that are histologically divided into four distinct portions denominated, infundibulum, uterine tube, uterus and vagina. The infundibulum, anterior region of the oviduct, opens into the coelomic cavity and receives the oocyte released at the time of ovulation. The uterine tube is lined by simple epithelium that invaginates to form specialized structures, the crypts of sperm storage. At the bottom of the crypts can be observed sperm arranged in bundles with their heads very close to the epithelial cells and tails oriented parallel to the light of the uterine tube. The uterus, glandular region of the oviduct, is responsible for production and deposition of the eggshell. The final region of the oviduct, the vagina, has two segments characterized as anterior and posterior. The anterior vagina is lined by a simple epithelium composed of ciliated cells and two types of non-ciliated cells characterized as secretory and phagocytic. The non-ciliated phagocytic cells are responsible for phagocytosis of large numbers of sperm found in this region. This process is probably related to the elimination of supernumerary or defective sperm. The posterior vagina, which opens into the cloaca, is the only region of the oviduct consists of stratified epithelium. The study of morphologic aspects of the female reproductive tract of H. mabouia contributes, along with works of ecological and behavioral, to expand the knowledge of the reproductive biology of this exotic species, providing tools for interspecific comparisons, and strategies for control and management.
Palavras-chave: Espermatozóide
Estocagem
Fagocitose
Morfologia
Oviduto
Squamata
Ultraestrutura
Spermatozoa
Storage
Phagocytosis
Morphology
Oviduct
Squamata
Ultrastructure
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Doutorado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: NOGUEIRA, Katiane de Oliveira Pinto Coelho. Structure and ultrastructure of the oviduct of female Hemidactylus mabouia in the vitellogenic period, with emphasis on storage and phagocytosis of spermatozoa. 2010. 74 f. Tese (Doutorado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/240
Data do documento: 17-Set-2010
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,6 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.