Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3086
Tipo: Dissertação
Título: Estudo da branqueabilidade e da qualidade de polpas de Eucalyptus spp. de diferentes origens
Título(s) alternativo(s): Bleachability and quality study of the pulp of Eucalyptus spp. from different sources
Autor(es): Martino, Daniela Correia
Primeiro Orientador: Colodette, Jorge Luiz
Primeiro coorientador: Gomide, José Lívio
Segundo coorientador: Oliveira, Rubens Chaves de
Primeiro avaliador: Silva, Deusanilde de Jesus
Abstract: A branqueabilidade de polpas pode ser afetada por diferentes fatores, como a composição química da madeira e as condições utilizadas no processo de polpação. Este estudo objetivou identificar os possíveis fatores que afetam a branqueabilidade de polpas de eucalipto de diferentes origens. Determinou-se a densidade e a composição química de madeiras de duas fábricas de celulose, designadas como A e B. Foram avaliados os comportamentos destas madeiras em relação à polpação realizada em laboratório e comparados os parâmetros das polpas não branqueadas laboratoriais com os parâmetros das polpas não branqueadas industriais. Da mesma maneira, compararam-se os parâmetros das polpas pré-deslignificadas laboratoriais e industriais. Os cozimentos e os branqueamentos foram realizados nas mesmas condições. A densidade básica da madeira A foi 480 kg/m³ e a da madeira B foi 473 kg/m³. Os teores de carboidratos das madeiras também foram semelhantes. A variação entre os valores de alvura das polpas não branqueadas laboratoriais foi de 0,3% ISO e a variação entre os valores de alvura das polpas não branqueadas industriais foi superior a 4,0% ISO. A branqueabilidade da polpa pré-deslignificada industrial da fábrica A foi maior que a da fábrica B que apresentou menor alvura inicial. Os principais fatores que afetaram a branqueabilidade das polpas estudadas foram a alvura e o teor de ácidos hexenurônicos iniciais resultantes do cozimento industrial. A polpa industrial B apresentou índice de rasgo significativamente menor que a polpa industrial A.
The pulp bleachability can be affected by different factors, such as the chemical composition of the wood and the conditions used in the pulping process. This study aimed to identify the possible factors that affect the bleachability of eucalypt pulps from different sources. It was determined the density and the wood chemical composition of two pulp mills, designated A and B. The behavior of these woods was evaluated in relation to pulping performed in the laboratory and the parameters of unbleached laboratorial pulps were compared with the parameters of unbleached industrial pulps. Likewise, the parameters of the laboratorial and industrial pre-delignificated pulps were compared. The pulping and bleaching were carried out at the same conditions. The basic density of the wood A was 480 kg/m³ and B was 473 kg/m³. The carbohydrate contents of the wood were also similar. The variation between the brightness values of the unbleached laboratorial pulps were 0.3% ISO and the variation between the brightness values of the unbleached industrial pulps was more than 4.0% ISO. The bleachability of the industrial pre-delignificated pulp from the factory A was higher than the factory B which showed a lower initial brightness. The main factors affected the studied pulp bleachability were the brightness and the initial hexenuronic acid content resulting from the industrial cooking. The industrial pulp B showed a significantly lower tear index than the industrial pulp A.
Palavras-chave: Composição química
Polpação Lo-Solids
Branqueabilidade
Polpas laboratoriais
Polpas industriais
Eucalyptus
Chemical composition
Lo-Solids pulping
Bleachability
Laboratory pulps
Industrials pulps
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: MARTINO, Daniela Correia. Bleachability and quality study of the pulp of Eucalyptus spp. from different sources. 2011. 64 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3086
Data do documento: 25-Jul-2011
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.