Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3152
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de uma área em processo de restauração, como medida compensatória pela mineração de calcário, Barroso, MG
Título(s) alternativo(s): Evaluation of an area in process of restoration, as a compensatory measure for limestone mining in Barroso, MG
Autor(es): Campos, Wanuza Helena
Primeiro Orientador: Martins, Sebastião Venâncio
Primeiro avaliador: Gleriani, José Marinaldo
Segundo avaliador: Carmo, Flávia Maria da Silva
Abstract: A busca pela sustentabilidade das atividades antrópicas e o aumento do rigor da legislação ambiental culminam na adoção de ações que visam à restauração de áreas degradadas. Os ambientes restaurados devem ainda ser avaliados e monitorados a fim de verificar se os objetivos propostos no início no projeto foram alcançados. Para essa finalidade são utilizados indicadores de avaliação e monitoramento, os quais retratam as características ecológicas da área em restauração. Portanto, este estudo teve como objetivo avaliar uma área restaurada por meio do plantio de mudas, há aproximadamente 7 anos, empregando a regeneração natural e o banco de sementes do solo como indicadores de avaliação e monitoramento. No local de estudo foi delimitada uma área de 0,5 ha, na qual foram alocadas 40 parcelas de 2x2 m, espaçadas em 10 metros, formando 8 estratos, compostos por 5 parcelas, paralelos a um curso d água, sendo o estrato 1 o mais próximo e o estrato 8 o mais distante do córrego. Para avaliação do estrato regenerante foram registrados todos os indivíduos arbustivo-arbóreos presentes nas parcelas com altura &#8805; 30 cm e CAP < 15 cm. Para avaliação do banco de sementes, foi coletada uma amostra de solo (0,25 x 0,35 x 0,05 m) no centro de cada parcela. Os indivíduos regenerantes e aqueles recrutados do banco de sementes foram identificados e classificados quanto à classe sucessional e síndrome de dispersão de sementes, além da análise de seus parâmetros fitossociológicos. No estrato regenerante foram amostrados 162 indivíduos, 13 famílias e 22 espécies, perfazendo 10.125 indivíduos/ha, sendo Psidium guajava e Myrtaceae, a espécie e família com maior Valor de importância (VI). A diversidade foi considerada baixa (H =2,691), assim como a dominância ecológica (J =0,870). Foi observada maior porcentagem da classe sucessional das pioneiras em nível de espécies (50%) e em nível de indivíduos (66%). Em relação a síndrome de dispersão de sementes predominou a zoocoria entre as espécies (81,8%) e entre os indivíduos (84,6%). No banco de sementes do solo foram recrutados 7.519 indivíduos, 27 famílias e 82 espécies, perfazendo 2.270 sementes/m2. A espécie Melinis minutiflora e a família Poaceae apresentaram os maiores VI. A forma de vida herbácea predominou entre as espécies (68,3%) e as gramíneas entre os indivíduos (75,4%) noviii banco de sementes. A diversidade foi considerada baixa (H =1,89), assim como a dominância ecológica (J =0,429). Dentre as espécies arbustivo-arbóreas, predominou a classe sucessional das pioneiras, entre os indivíduos (77%) e entre as espécies (41%). Em relação a síndrome de dispersão de sementes prevaleceu a anemocoria em nível de indivíduos (85%) e a zoocoria em nível de espécies (50%). O curso d água presente na área de estudo, bem como a mata ciliar, não influenciaram significativamente (p>0,05) na composição do estrato regenerante e do banco de sementes do solo. O elevado número de indivíduos de M. minutiflora tem potencial para interferir negativamente na restauração, sugerindo que sejam adotadas ações de manejo que visem seu controle. A floresta em restauração apresenta parâmetros florísticos e fitossociológicos similares a outros ambientes em processo de restauração, porém, inferiores àqueles observados em florestas estacionais semideciduais maduras. Finalmente, a regeneração natural e o banco de sementes do solo, atuaram como bons indicadores, na medida em que permitiram avaliar as deficiências do projeto e propor ações de manejo que permitam acelerar o processo de restauração.
The search for sustainability in all activities and the increase in the stringency of environmental law culminate in the adoption of actions aimed at the restoration of degraded areas. The restored are a shave to be evaluated and monitored in order to confirm whether the aims proposed at the beginning of the project have been achieved. For this purpose, indicators for evaluation and monitoring are used, which portray the ecological characteristics of the restoration site. Therefore, this paper aimed to evaluate an area restored through planting seedlings, approximately 7 years ago, using natural regeneration and the soil seed bank as indicators for evaluation and monitoring. In the study area it was delimited an area of 0.5 hectare, in which 40 plots of 2x2 m were allocated, with an interspace of 10 meters between them, forming 8 strata consisting of 5 plots, parallel to the waterway, being the stratum 1 the nearest to the creek and number 8 the furthest one. In order to evaluate the regeneration layer, all woody shrub individuals in the plots with height &#8805; 30 cm and CAP <15 cm were recorded. To evaluate the seed bank, a soil sample (0.23 x 0.36 x 0.05 m) was collected from the center of each plot. The regenerating individuals and the ones recruited from the seed bank were identified and classified according to successional class and seed dispersal syndrome, and by analyzing their phytosociological parameters. In the regenerating stratum it was observed 162 individuals, 13 families and 22 species, with a number of 10125 individuals/ha. Psidium guajava and Myrtaceae were the species and the family, respectively, with the highest VI. The diversity was low (H' = 2.691), as well as the ecological dominance (J' = 0.870). It was observed a higher percentage of successional class of pioneers at the species level (50%) and at the level of individuals (66%). Zoochory was the predominant seed dispersal syndrome among species (81.8%) and individuals (84.6%). In the soil seed bank there were recruited 7,519 individuals, 27 families and 82 species, totaling 2270 seeds/m2. The specie Melinis minutiflora and family Poaceae showed the highest VI. Herbaceous plants were the predominant form of life among the species (68.3%), and grasses among the individuals (75.4%). The diversity was considered low (H'= 1.89), as well as the ecological dominancex (J'= 0.429). Among the woody species, the sucessional class of pioneers was the predominant among individuals (77%) and species (41%). Regarding seed dispersal syndrome, anemochory prevailed at the level of individuals (85%) and zoochory at the species level (50%). The watercourse in the area of study, as well as the riparian vegetation, did not influence significantly (p > 0.05) the regenerating layer and the soil seed bank s compositions. The high number of M. minutiflora individuals has the potential to interfere negatively in the restoration, suggesting that management actions are adopted aimed at its control. The forest restoration presents floristic and phytosociological parameters similar to other areas in the restoration process, however, lower than those observed in mature semideciduous seasonal forests. Finally, natural regeneration and the soil seed bank have worked as good indicators, as it allowed us to evaluate the shortcomings of the restored area and to propose management actions to accelerate the restoration process.
Palavras-chave: Banco de sementes
Regeneração natural
Reflorestamento heterogêneo
Seed bank
Natural regeneration
Heterogeneous reforestation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: CAMPOS, Wanuza Helena. Evaluation of an area in process of restoration, as a compensatory measure for limestone mining in Barroso, MG. 2013. 103 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3152
Data do documento: 29-Jul-2013
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.