Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4460
Tipo: Dissertação
Título: Ocorrência e superação da dormência em sementes de mamão (Carica papaya L.) em função da época de colheita dos frutos
Título(s) alternativo(s): Occurrence and overcome dormancy in papaya seeds (Carica papaya L.) in relation to fruits harvest time
Autor(es): Tokuhisa, Dai
Primeiro Orientador: Dias, Denise Cunha Fernandes dos Santos
Primeiro avaliador: Dias, Luiz Antonio dos Santos
Segundo avaliador: Demuner, Antônio Jacinto
Terceiro avaliador: Motoike, Sérgio Yoshimitsu
Quarto avaliador: Araújo, Roberto Fontes
Abstract: O presente trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Sementes do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, no período de Março de 2004 a Novembro de 2005, tendo como objetivos: relacionar a época de colheita dos frutos com a ocorrência de dormência nas sementes de mamão e definir tratamentos adequados para a superação da dormência destas sementes. Foram utilizados frutos de mamão do grupo Formosa, híbrido Tainung 01, fornecidos pela empresa Hera Sementes, de Linhares - ES. As sementes foram extraídas de frutos colhidos em cinco diferentes épocas do ano: Julho e Novembro de 2004, Fevereiro, Maio e Setembro de 2005. Em cada época, avaliou-se a germinação das sementes com e sem sarcotesta aos 15 e 30 dias após a semeadura. Nas sementes sem sarcotesta, foram aplicados os seguintes tratamentos para a superação da dormência: lavagem em água corrente por 2 e 4 horas, pré-secagem a 40º C/96h, pré-esfriamento a 10º C/14 dias, envelhecimento acelerado a 41º C por 36, 48 e 72 h, imersão em NaOCl 0,5% por 1, 2, 3, 4 e 5 h, imersão em KNO3 1 M por 30, 60, 90 e 120 min., imersão em GA3 400, 600 e 800 ppm por 24 h, umedecimento do substrato com GA3 400, 600 e 800 ppm, armazenamento das sementes por 3, 6 e 9 meses e choque térmico a 15-35º C . Quantificou-se ainda, o conteúdo de compostos fenólicos nas diferentes estruturas das sementes (sarcotesta, esclerotesta, endosperma e embrião), utilizando-se ácido tânico como padrão para reação de coloração o reagente Folin-Ciacalteau, com leitura em espectrofotômetro a 765 nm. Verificou-se que somente as sementes extraídas de frutos colhidos em Julho/2004 e Maio/2005 apresentaram dormência pós-colheita. Realizou-se, também, um bioensaio com sementes de alface, que foram colocadas para germinar em substrato umedecido com água e com soluções obtidas a partir de extrato da sarcotesta de sementes de mamão. Verificou-se que somente as sementes extraídas de frutos colhidos em Julho/2004 e Maio/2005 apresentaram dormência pós-colheita. Os tratamentos mais eficientes para a superação da dormência em sementes de mamão foram o umedecimento do substrato com GA3 600 ppm ou a imersão das sementes em solução de GA3 600 ppm por 24 horas e a imersão das sementes em KNO3 1 M por 30, 60 e 90 minutos. Verificou-se maior quantidade de compostos fenólicos na esclerotesta das sementes de mamão, seguida da sarcotesta, sendo praticamente nula a presença destes compostos no embrião e no endosperma. A sarcotesta das sementes extraídas de frutos colhidos em Maio/2005 apresentou maior conteúdo de compostos fenólicos quando comparada à das sementes de Setembro/2005. Verificou-se, no bioensaio, que o extrato de sarcotesta inibe a germinação e o crescimento da raiz primária das plântulas de alface, devido à presença de compostos fenólicos neste extrato.
This work was carried out in the Laboratory of Seeds Analysis in the Department of Fitotecnia at Federal University of Viçosa from March 2004 to November 2005, in order to relate the harvest time of fruits with dormancy occurrence in papaya seeds and to define appropriate treatments to overcome dormancy of these seeds. Papaya fruits of the Formosa group, hybrid Tainung 01, supplied by the company Hera Sementes, Linhares ES. Brazil where used. The seeds were extracted from fruits harvested at five different times: July and November 2004, February, May and September 2005. At each harvest time, seed germination was evaluated at 15 and 30 days after seeding. Seeds without sarcotesta were treated as following: washing in running water for 2 and 4 hours, pre-drying to 40ºC/96h, pre-cooling to 10ºC/14 days, accelerated aging to 41ºC for 36, 48 and 72 h, immersion in NaOCl 0,5% for 1, 2, 3, 4 and 5 h, immersion in KNO3 1 M for 30, 60, 90 and 120 minutes, immersion in GA3 400, 600 and 800 ppm for 24 h, moistened germination paper with GA3 400, 600 and 800 ppm, storage of the seeds for 3, 6 and 9 months, and thermal shock to 15-35ºC. For phenolic compounds quantification in different structures of seeds (sarcotesta, esclerotesta, endosperm and embryo), tannic acid was used as standard and color reaction with Folin-Ciacalteau reagent was measured at 765 nm by spectrophotometry. A bioassay with lettuce seeds was performed to evaluate inhibition effect of papaya seed sarcotesta extract. This bioassay was performed in moistened germination paper having water as control. Seeds from fruits harvested at July 2004 and May 2005 were dormant, what didn't happen in the other harvest times. The best treatments for overcome dormancy in papaya seeds were the use of substratum moistened with GA3 600 ppm or the immersion of the seeds GA3 600 ppm for 24 hours and immersion of the seeds in KNO3 1M for 30, 60 and 90 minutes. High amount of phenolic substances was found in the papaya seeds esclerotesta, followed by the sarcotesta, being practically null the concentration of these compounds in the embryo and endosperm. Seeds extracted from fruits harvested on May 2005 had higher phenolics content compared with seeds harvested on September 2005. The bioassay indicated that sarcotesta extract inhibits the germination and the growth of the lettuce seedling primary roots due to the presence of inhibitory substances (phenols).
Palavras-chave: Carica papaya
Sementes
Dormência
Carica papaya
Seeds
Dormancy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: TOKUHISA, Dai. Occurrence and overcome dormancy in papaya seeds (Carica papaya L.) in relation to fruits harvest time. 2006. 65 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4460
Data do documento: 14-Mar-2006
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf302,17 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.