Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5392
Tipo: Dissertação
Título: Geoambientes, pedogênese e uso da terra no setor norte do Parque Nacional da Serra do Divisor, Acre
Título(s) alternativo(s): Geo-environments, pedogenesis and land use in north sector of the National Park of Serra do Divisor
Autor(es): Mendonça, Bruno Araujo Furtado de
Primeiro Orientador: Fernandes Filho, Elpídio Inácio
Primeiro coorientador: Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Segundo coorientador: Lani, João Luiz
Primeiro avaliador: Costa, Liovando Marciano da
Segundo avaliador: Simas, Felipe Nogueira Bello
Abstract: O Parque Nacional da Serra do Divisor, localizado na região do Alto Juruá, no extremo oeste do Estado do Acre, possui extensão territorial de 784.077 hectares coberta, em grande parte, por vegetação florestal primária, apresentando elevada biodiversidade. No presente trabalho, foram caracterizadas e mapeadas as unidades geoambientais e o uso da terra no setor norte do Parque (319.373 ha), bem como estudados aspectos pedogenéticos ao longo de uma topossequência na Serra do Divisor e solos aluviais do Rio Môa, no noroeste do Acre. Para a identificação, caracterização e delineamento das unidades geoambientais foram utilizados dados pedológicos, geomorfológicos e florísticos, obtidos do Zoneamento Ecológico-Econômico do Acre (2006), dados de altimetria da imagem SRTM (Shuttle Radar Topographic Mission), mosaico digital semi-controlado de aerofotos verticais, perfis de solos e observações de campo. O uso da terra foi mapeado e quantificado, por meio da imagem do satélite Landsat 5 TM de 2005 (bandas 5,4 e 3) e as aerofotos verticais, além das observações de campo. No estudo pedológico, foram analisados atributos físicos, químicos, mineralógicos e micromorfológicos dos solos da Serra do Divisor e várzea do Rio Môa, elucidando-se os fatores e os processos de formação desses solos no noroeste do Acre. Foram identificadas 9 unidades geoambientais, a saber: (i) Encostas e vales profundos florestados da Serra do Divisor em solos pouco desenvolvidos; (ii) Topos serranos com Floresta de Ceja sob solos arenosos; (iii) Encostas e Vales encaixados florestados com solos eutróficos; (iv) Planície Fluvial do Alto Rio Môa com solos eutróficos; (v) Vales do Alto Rio Môa com Florestas de Bambu sob solos eutróficos; (vi) Colinas e Tabuleiros Dissecados Florestados do Alto Rio Môa e Azul com solos eutróficos; (vii) Colinas e Tabuleiros Florestados com solos alumínicos; (viii) Planície Fluvial do Médio Rio Môa e afluentes com solos alumínicos e; (ix) Depósitos arenosos de sopé com Buritizais em solos distróficos. O uso da terra foi classificado em áreas com atividade agropecuária e áreas em regeneração, representando 1,15% e 0,43% do setor norte e entorno do PNSD, respectivamente. De modo geral, o Noroeste do Acre apresenta ambientes característicos da região Andina, destacando-se a Floresta de Ceja no topo da Serra do Divisor. Estas elevações constituem importantes ecossistemas com elevada biodiversidade, representando um grande atrativo para pesquisa científica e ecoturismo na região. O uso da terra prevalece nas margens dos rios, indicando atividades com baixo impacto. São necessários aprofundamentos no zoneamento do Parque, em razão do baixo impacto no uso da terra. Os solos da Serra do Divisor apresentam acúmulo expressivo de material orgânico nos horizontes superficiais, devido, em grande parte, à pobreza química do material de origem, com teores elevados de Al trocável, ou ainda, associado a uma cobertura vegetal de difícil decomposição. A textura arenosa destes solos, com elevada porosidade, associada à precipitação elevada da região, favorece a migração dos compostos orgânicos ligados a formas pouco cristalinas de Fe e Al. As descontinuidades sedimentológicas representam um fator dominante na gênese dos solos da várzea do Rio Môa. Estes solos apresentam evidências da presença de minerais 2:1 com hidroxi entrecamadas nos horizontes subsuperficiais.
The Serra do Divisor National Park , in the Upper Jurua River, west of the State of Acre, with 784.077 hectares, is covered by primary forest vegetation, with high biodiversity. In this study, we caracterized and mapped the geoenvironmental units and the land use of the northern sector of the Park (319.373 ha), and we also studied the pedogenetics aspects of a topossequence in Serra do Divisor and aluvial soils of Moa River, in northwest of Acre. For identification, characterization and mapping of the geoenvironmental units, we used pedological, geomorpholgical and vegetation data obtained by The Ecologic-Economical Zoning of Acre (2006), elevation data by SRTM (Shuttle Radar Topographic Mission), digital semi-controled mosaic of vertical aerophotographics, soils profiles and fields observations. The land use was mapped and quantifed, using a Landsat 5 TM image from 2005,, vertical aerophotographs and field observations. In the pedological study, we analized physical, chemical, mineralogical and micromorphological attributes, of the Serra do Divisor and Moa river foodplain soils, explaining the factors and processes of soil formation in the northwestern part of the Acre State. We identified nine geoenvironmental units: (i) Deep valley and hillside with forests and young soils in Serra do Divisor; (ii) Highlands with Ceja Forest in sandy soils; (iii) Valleys and hillsides with forest and eutrofic soils; (iv) Upper Moa river floodplain with eutrofic soils; (v) Upper Moa river valleys with Bamboo Forest in eutrofic soils; (vi) Dissecated hills and plateaus with forest in eutrofic soils of the upper Moa and Azul rivers; (vii) Hills and plateau with forest in aluminic soils; (viii) Upper Moa river and tributaries foodplains with aluminic soils and; (ix) Sandy deposits with Buriti forests in distrofic soils. The land use was classified in farming areas and regeneration areas, representing 1.15 % and 0.43 %, respectively, of the northern sector. In general, the northwestern of Acre have typical environments of the Andean region;specially the highlands with Ceja Forest in Serra do Divisor. This area consists of important ecossystems with high biodiversity, representing a good attraction for research and ecoturism in this region. The land uses prevail in the border of most important Rivers, indicating activities with low impacts. More studies are necessary for the zonation of the Park, because of low impacts in the land use. The Serra do Divisor soils have an expressive acumulation of organic material in the surface horizons, because of the low nutrients, high Al levels and association with vegetation of difficult decomposition. The sandy texture, with high soil porosity, associated with high precipitation in this region, favor the migration of organic compounds bound to poorly crystalline Fe and Al forms. Sediment discontinuity represents the dominant factor in soil genesis at the Moa river foodplain. Those soils have evidences of 2:1 clays with hidroxy-Al interlayers in subsurface horizons.
Palavras-chave: Geoambientes
Uso da terra
Pedzolizados
Geo-environments
Land use
Pedogenesis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: MENDONÇA, Bruno Araujo Furtado de. Geo-environments, pedogenesis and land use in north sector of the National Park of Serra do Divisor. 2007. 112 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5392
Data do documento: 26-Jul-2007
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
01 - capa_introducao.pdf360,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
02 - capitulo I (parte 1).pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
03 - capitulo I (parte 2).pdf3,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
04 - capitulo II.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
05 - consideracoes finais_apendice.pdf189,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.