Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8284
Tipo: Dissertação
Título: Estudos citogenético-moleculares em espécies do gênero Hypostomus (Teleostei, Loricariidae)
Cytogenetic-molecular studies in the species of genus Hypostomus (Teleostei, Loricariidae)
Autor(es): Reis, Dinaíza Abadia Rocha
Abstract: Loricariidae é uma família encontrada exclusivamente em região Neotropical e possui representantes conhecidos como cascudos. É classificada em sete subfamílias, das quais Hypostominae apresenta o maior número de estudos citogenéticos. Nas subfamílias, o cariótipo e o número diploide apresentam tendências evolutivas diferentes, ao contrário dos fenótipos de RONs, que são características cromossômicas compartilhadas. O gênero Hypostomus é considerado um grupo parafilético, só diagnosticável por simplesiomorfias. H. ancistroides apresenta distribuição natural nas bacias do rio Tietê, do rio Ribeira de Iguape e do Alto rio Paraná. Há indícios que o táxon H. ancistroides represente um complexo de espécies nesta região, pois análises morfológicas prévias revelam diferentes morfotipos em diferentes bacias de sua área de distribuição. O objetivo geral do trabalho foi resgatar as relações evolutivas entre populações de Hypostomus spp. distribuídas na bacia do Alto rio Paraná. Para isso, foram definidos os complementos cromossômicos de cinco populações alopátricas de H. ancistroides utilizando citogenética clássica e molecular e foram inferidas árvores filogenéticas para algumas espécies de Hypostomus. H. aff. ancistroides de São Miguel Arcanjo é uma nova espécie do complexo de espécies. Esta ideia é corroborada pela redução do número diploide apresentado com consequente isolamento reprodutivo, pela existência de um sistema cromossômico sexual e pelo monofiletismo em relação às outras populações de H. ancistroides. Populações de H. ancistroides apresentam polimorfismos na fórmula cariotípica, Ag-RONs e rDNA 5S, reforçando a ideia deste ser um grupo complexo. Além disso, foi possível identificar a dispersão como mecanismo de evolução para esta espécie com base em rDNA 5S, que é um potencial marcador populacional. Existem pelo menos dois grandes grupos dentro do gênero Hypostomus, corroborados por dados morfológicos, cariotípicos e moleculares. As análises filogenéticas realizadas conseguiram validar as simplesiomorfias cromossômicas encontradas entre as espécies. Assim, por se tratar de um grupo recente e muito diverso, as espécies de Hypostomus necessitam de mais estudos para compreensão de sua diversidade e evolução.
Loricariidae is a family found exclusively in the Neotropics and has representatives known as cascudos. Is classified into seven subfamilies, including Hypostominae, which has the highest number of cytogenetic studies. In the subfamilies, the karyotype and diploid number have different evolutionary trends, unlike the NOR phenotypes, which have shared chromosomal characteristics. The Hypostomus genus is considered a paraphyletic group, and is only diagnosable by symplesiomorphy. H. ancistroides has a natural distribution in the basins of the Tietê river, Ribeira de Iguape river and the Upper Paraná river. There is evidence that the H. ancistroides taxon represents a species complex in this region because previous morphological analysis revealed different morphotypes in different basins of their range. The objective of this work was to rescue the evolutionary relationships among populations of Hypostomus spp. distributed in the basins of the Upper Paraná river. For this, chromosomal complements of five allopatric populations of H. ancistroides were defined using classical and molecular cytogenetics, and phylogenetic trees were inferred for some species of Hypostomus. The population of H. aff. ancistroides of the São Miguel Arcanjo is a new species of this complex. This idea is supported by the reduction of the diploid number presented with consequent reproductive isolation, the existence of a sex chromosome system and the monophyletism in relation to other populations of H. ancistroides. H. ancistroides populations showed polymorphisms in the karyotype formula, Ag-NORs and 5S rDNA, reinforcing the idea of this being a complex group. Moreover, the dispersion was identified as the mechanism of evolution for this species based on 5S rDNA, which is a potential population marker. There are at least two larger groups within the genus Hypostomus, which is supported by morphology, karyotype and molecular data. Phylogenetic analysis was able to validate the chromosomal symplesiomorphy found between species. Thus, because it is a recent and very diverse group, species Hypostomus need more studies to understand their diversity and evolution.
Palavras-chave: Hypostomus
Peixes
Filogenia
Cromossomos sexuais
Polimorfismos (Genética)
CNPq: Ciências Biológicas
Ecologia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: REIS, Dinaíza Abadia Rocha. Estudos citogenético-moleculares em espécies do gênero Hypostomus (Teleostei, Loricariidae). 2016. 84f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8284
Data do documento: 22-Fev-2016
Aparece nas coleções:Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.