Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8364
Tipo: Dissertação
Título: Efeito da produtividade florestal e permeabilidade da madeira de Eucalyptus spp. na velocidade de secagem
Effect of the forest productivity and timber permeability of Eucalyptus spp. in drying rate
Autor(es): Teixeira, Ramon Ubirajara
Abstract: O presente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito do Incremento Médio Anual (IMA) e permeabilidade da madeira de diferentes clones de Eucalyptus sp. na velocidade de secagem da madeira em tora. Foram utilizados 6 clones comerciais de Eucalyptus sp. (57, 1213, 3335, 3336, GG100 e 3487), aos 9 anos de idade, provenientes de um teste clonal localizado na Fazenda Guaxupé Florestal, no município de Ubá-MG. O experimento de secagem da madeira foi instalado no Delineamento Inteiramente Casualizado utilizando-se três classes de diâmetro, com e sem casca, com 2 repetições cada. Os toretes foram colocados em uma estrutura a 60 cm do chão. Determinou-se a umidade inicial dos toretes e o acompanhamento da secagem foi feito quinzenalmente através de pesagens de cada torete até o 154o dia de observação. Para a determinação da permeabilidade longitudinal da madeira ao ar, foi montado um experimento em DIC, para os 6 clones e 3 classes de diâmetro. Foram determinadas as permeabilidades do alburno para as 3 classes de diâmetro e do cerne para 2 classes de diâmetro. Foi determinada a relação cerne/alburno, a densidade básica da madeira no sentido base-topo e medula-casca, a morfologia dos poros e fibras no sentido base-topo e a composição química estrutural. Para os dados de secagem, foram ajustados modelos exponenciais para explicar o comportamento da perda de umidade e a comparação entre os tratamentos foi feita pelo teste de identidade de modelos. Os demais dados foram submetidos à análise de variância, e quando estabelecidas diferenças entre eles, aplicou- se o teste Tukey em nível de 95% de significância. Concluiu-se que o IMA e, consequentemente, o diâmetro afeta diretamente o tempo de secagem, clones que apresentam toras com maiores diâmetros demandam mais tempo para secar e que a permeabilidade da madeira também afeta a secagem. Madeiras mais permeáveis secam mais rapidamente quando comparadas toras de diâmetros semelhantes. Os materiais genéticos que apresentaram menor umidade ao longo do tempo foram os 1213, 57 e GG100, respectivamente.
This study aimed to evaluate the effect of Mean Annual Increment (MAI) and permeability of wood of different clones of Eucalyptus sp. in the logs drying rate. It analyzed six commercial clones of Eucalyptus sp. (57, 1213, 3335, 3336, GG100 and 3487), at 9 years old, from a clonal test located at Guaxupé Florestal’s Farm, in the city of Ubá-MG. The wood drying experiment was in completely randomized design using three diameter classes, with and without bark, and two repetitions each. After measured the logs initial moisture content they were placed in a structure to 60 cm height from the ground, and the monitoring of the drying was done biweekly by weighing each log until the 154th day of observation. An experiment in completely randomized design to six clones and three diameter classes were made for determination of the longitudinal air permeability of wood. It was determined the permeabilities of sapwood in tree classes of diameter and to the heartwood in two diameter classes. In addition, it was determined the relationship between heartwood / sapwood, the wood density in the bottom-up and pitch-bark directions, morphology of the pores and fibers in the bottom-up direction and the structural chemistry composition. For drying data were fitted exponential models to explain the moisture loss behavior and the comparison between treatments was done by model identity test. Other data were submitted to analysis of variance, and when established differences between them, applied the Tukey test at 95% significance level. It follows that the MAI and hence the diameter directly affects the drying time, clones showing logs with larger diameters require longer to dry and that also the permeability affects the wood drying. More permeable timbers dry faster when comparing logs of similar diameters. Genetic materials had lower moisture over time were 1213, 57 and GG100, respectively.
Palavras-chave: Madeira - Secagem
Madeira - Permeabilidade
Eucalypto
CNPq: Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: TEIXIERA, Ramon Ubirajara. Efeito da produtividade florestal e permeabilidade da madeira de Eucalyptus spp. na velocidade de secagem. 2015. 47f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8364
Data do documento: 2-Out-2015
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.