Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1171
Tipo: Tese
Título: Altas diluições em vegetais submetidos a estresse: por alumínio, salino e hídrico
Título(s) alternativo(s): High dilutions in plants subjected to stresse: for aluminum, salt and water
Autor(es): Bonfim, Filipe Pereira Giardini
Primeiro Orientador: Casali, Vicente Wagner Dias
Primeiro coorientador: Martins, Ernane Ronie
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Arruda, Viviane Modesto
Segundo avaliador: Andrade, Fernanda Maria Coutinho de
Terceiro avaliador: Dôres, Rosana Gonçalves Rodrigues das
Quarto avaliador: Fonseca, Maira Christina Marques
Abstract: Os medicamentos homeopáticos atuam nas informações construtiva e defensiva dos sistemas de vitalidade dos seres vivos, sendo considerados importante fonte de recursos naturais com potencial de reequilibrar as plantas. Os fatores abióticos que se expressam nas plantas doentes acarretam desequilíbrio na auto-regulação ou, no mínimo, distúrbio fisiológico. Podem levar a planta à morte ou reduzir a produtividade, dependendo da plasticidade biológica da espécie. Por meio da auto-regulação, as plantas respondem com intensidade à homeopatia quando aplicada em situação de estresse. Dentre os estresses comuns nos vegetais destacando-se: o hídrico, o salino e por alumínio. Entretanto, as técnicas atualmente disponíveis que minimizam o efeito estressante são consideradas impraticáveis. Os procedimentos que permitem reverter os quadros de estresse são pouco conhecidos, os custos são elevados e os recursos não são renováveis, tornando-se necessário a adoção de novas tecnologias. Na ciência da Homeopatia há tecnologias que possibilitam o desenvolvimento da agricultura sustentável. Os medicamentos homeopáticos propiciam o manejo de recursos de modo a satisfazer as necessidades humanas em transformação e, ao mesmo tempo, possibilitam a qualidade do meio ambiente e conservam os recursos naturais. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de medicamentos homeopáticos em vegetais submetidos a condições adversas. Avaliou-se altas diluições na germinação e no vigor de sementes de alface em nível tóxico de alumínio, onde Calcarea carbonica 6CH e 12CH; e Alumina 6CH e 12CH atuaram positivamente no vigor de sementes de alface em nível tóxico de alumínio, evidenciando também, a eficiência da peletização de sementes com medicamentos homeopáticos, metodologia inovadora de aplicação de ultradiluições em vegetais. Foi avaliada a produção de mudas de tomate em solução salina, constatando então, a eficácia de Natrum muriaticum 5CH e 7CH no desenvolvimento de mudas sadias e vigorosas, comparadas a mudas sem utilização de altas diluições. Verificou-se a ação de Arnica montana no desenvolvimento do feijoeiro com deficiência hídrica., sendo a dinamização 6CH a que promoveu auto-regulação das plantas em condição de estresse. A perda da homeostase é indicativa da perturbação da energia vital dos vegetais e os sintomas observados são tentativas de recuperar o equilíbrio energético. Os medicamentos homeopáticos, portanto, promoveram a homeostase de forma sistêmica e proporcionaram o equilíbrio na totalidade.
Homeopathic medicines act on the constructive information and defensive information systems for vitality of living organisms and is considered the most important source of natural resources with the potential to rebalance the plants. The abiotic factors that are expressed in diseased plants cause imbalance of self-regulation or at least physiological disturbance. The plant may lead to death or reduce productivity, depending on the plasticity of the specie. Through self-regulation, plants respond very strongly to homeopathy when they are under stress. Among the stresses the most common in plants are: water stress, salt and aluminum stress. However, the techniques currently available to minimize stress effects are considered impractical. Procedures that do reverse stresses are little known and the costs are high, the resources are not renewable, so, is necessary new technologies. Homeopathy is the science of technologies that enable the development of sustainable agriculture. The homeopathic medicines provide resource management to meet changing human needs and at the same time, allow the quality of the environment and conserve natural resources. The objective of this study was to evaluate the effect of homeopathic preparations on plants subjected to adverse conditions. On lettuce the effect of high dilutions were evaluated on germination and seed vigor in toxic levels of aluminum, in which Calcarea carbonica 6CH, Calcarea carbonica 12CH, Alumina 12CH and Alumina 6CH acted of positively on lettuce seeds on toxic levels of aluminum, also demonstrates, the efficiency pelleting of seeds with homeopathic medicines, innovativ, method of applying ultrahighdilutions in plants. On tomato it was valuated growth of seedlings in saline, verified the effectiveness of Natrum muriaticum 5CH and 7CH on the development of healthy and vigorous seedlings, compared to plants without high dilutions. On common bean it was investigated the action of Arnica montana on the development of the plant under water stress. Arnica montana 6CH which promoted self-regulation of bean plants under conditions of stress. The loss of homeostasis is indicative of vital energy disruption of plants. The symptoms observed are attempts to recover the energy balance. Homeopathic medicines, therefore, promoted the systemic homeostasis and provided the balance in full.
Palavras-chave: Homeopatia
Estresse
Homeostase
Homeopathy
Stress
Homeostasis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Citação: BONFIM, Filipe Pereira Giardini. High dilutions in plants subjected to stresse: for aluminum, salt and water. 2011. 66 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1171
Data do documento: 28-Nov-2011
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf541,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.