Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/13784
Tipo: Artigo
Título: Respostas de cultivares de soja transgênica e controle de plantas daninhas em função de épocas de aplicação e formulações de glyphosate
Autor(es): Agostinetto, D.
Dal Magro, T.
Galon, L.
Moraes, P.V.D.
Tironi, S.P.
Abstract: Objetivou-se com este trabalho avaliar a seletividade e os componentes da produtividade de grãos de cultivares de soja transgênica e o controle de plantas daninhas, em função de épocas de aplicação e formulações do herbicida glyphosate. Foi conduzido experimento a campo em condições de várzea no Centro Agropecuário da Palma (CAP), da UFPel, durante a estação de crescimento 2005/06. O delineamento experimental utilizado foi de blocos completos ao acaso, arranjados em parcelas subsubdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas alocaram-se os cultivares de soja Roundup Ready - RR (BRS 244RR, MSOY 7979RR e não registrada-NR); nas subparcelas, as épocas de aplicação do herbicida (20, 35 e 50 dias após a emergência); e nas subsubparcelas, as formulações de glyphosate (sal de isopropilamina - Roundup Ready® ou Roundup Transorb®, sal de amônio - Roundup WG® e sal potássico - Zapp Qi®) na dose de 720 g e.a. ha-1 e testemunha infestada. As variáveis avaliadas foram toxicidade dos herbicidas à cultura, controle das plantas daninhas, número de vagens e grãos por planta, massa e produtividade de grãos. O herbicida glyphosate, nas formulações testadas, foi seletivo aos cultivares de soja RR. Em geral, a melhor formulação para controle das plantas daninhas beldroega, caruru, papuã, capim-arroz e grama-seda foi o Roundup WG®. A aplicação nos estádios iniciais de desenvolvimento da cultura proporcionou melhor controle das plantas daninhas. A produtividade de grãos variou entre cultivares de soja, não diferiu entre as formulações do herbicida glyphosate e foi superior quando a aplicação foi feita nos estádios tardios de desenvolvimento da cultura.
This work aimed to evaluate selectivity and yield components of transgenic soybean cultivars and weed control in function of application times and glyphosate formulations. The experiment was carried out at Palma Agriculture Center (CAP/UFPel) during the 2005/2006 growing season and arranged in a randomized complete block design in split-split plots, with four replications. Roundup Ready (RR) soybean cultivars were allocated in the plots (BRS 244RR, MSOY 7979RR and NR, not registered ones); application times (20, 35 and 50 days after emergence) were allocated in the split-plots; and the glyphosate formulations (isopropylamine salt - Roundup Ready® or Roundup Transorb®, ammonium salt - Roundup WG® and potassium salt-Zapp Qi®) at the rate of 720 g a.e. ha-1 and infested ckeck were allocated in the split-split plots. The yield parameters evaluated were culture herbicide phytotoxicity, weed control, number of green beans and grains per plant, grain weight and grain yield. The herbicide glyphosate in the tested formulations was selective to the tested soybean cultivars. In general, the best weed control formulation was Roundup WG®. At the initial development of the culture, herbicide application provided better control of purslane, redroot pigweed, alexandergrass, barnyardgrass and bermudagrass. Grain yield varied among soybean cultivars but it did not differ among the glyphosate formulations, being higher when the application was accomplished at the late stages of culture development.
Palavras-chave: Glycine max
Cultivo de soja em várzea
Soja RR
Editor: Planta Daninha
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582009000400012
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/13784
Data do documento: 13-Nov-2009
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
12.pdftexto completo212,67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.