Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.custom.ufv.br//handle/123456789/21596
Tipo: Dissertação
Título: Utilização de abelhas adultas em análises de citometria de fluxo
Use of adult bees in flow cytometry analyzes
Autor(es): Faustino, Alessandra de Oliveira
Abstract: O primeiro trabalho de citometria de fluxo utilizando abelhas da tribo Meliponini, quantificou o genoma de três espécies, as quais apresentaram conteúdo de DNA de 0,43 pg em Scaptotrigona xantotricha, 0,93 pg em Melipona rufiventris e 0,95 pg em Melipona mondury. Posteriormente à determinação do seu conteúdo genômico, S. xantotricha passou a ser utilizada como padrão interno, em todos os estudos de citometria com meliponíneos. Atualmente, valores de apenas 63 espécies de abelhas estão disponíveis, mostrando uma escassez de dados nesse grupo. Uma das razões para esse desprovimento de dados, pode ser devido à dificuldade do acesso as larvas e pupas, que foram as únicas utilizadas, até o momento, nos estudos de quantificação do genoma de abelhas. Sendo assim, a busca pela utilização de material mais acessível, pode ser uma estratégia para que mais espécies sejam analisadas. Portanto, o presente estudo teve como objetivo testar diferentes tampões para a quantificação do conteúdo de DNA nuclear em abelhas adultas. Para a preparação das suspenções nucleares, a serem analisadas no citômetro de fluxo, foram utilizadas abelhas adultas da espécie S. xantotricha e o padrão interno Drosophila melanogaster, juntamente com os tampões LB01, Galbraith, MgSO 4 e TRIS. Os histogramas obtidos, apresentaram bons níveis de resolução e coeficiente de variação satisfatórios, com percentuais menores do que 5%, variando de 2,24% com o tampão Galbraith a 3,34% com o tampão LB01. O tamanho do genoma de adultos de S. xantotricha apresentou valores muito próximos ou idênticos aos dados disponíveis na literatura para as larvas e pupas dessa mesma espécie. Da mesma forma, a razão experimental não apresentou grandes variações em relação à teórica (2,39), sendo o tampão MgSO 4 com razão de 2,34 o mais distante. Em relação à porcentagem de debri celular, as amostras que utilizaram os tampões Galbraith, MgSO 4 e TRIS, mostraram-se mais limpas em relação as que utilizaram o tampão LB01. Por fim, os resultados dos parâmetros analisados, no mesmo dia da extração e 24 após extração, foram muito semelhantes. Mediante o exposto, podemos concluir que a utilização de abelhas adultas para a determinação do conteúdo de DNA é tão eficaz quanto ao uso de larvas e pupas, visto que seus resultados não apresentaram diferenças estatisticamente significantes quando comparados com os dados da literatura.
The first work of flow cytometry using bees from Meliponini tribe quantified the genome of three species, to which they presented DNA content of 0.43 pg in Scaptotrigona xantotricha, 0.93 pg in Melipona rufiventris and 0.95 pg in Melipona mondury. After the determination of its genomic content, S. xantotricha became to be was used as the internal standard in all the studies of meliponine cytometry. Currently, values of just 63 species of bees are available, showing a scarcity of data in this group. One of the reasons for this data shortage may be due to the difficulty of access the larvae and pupae, which were the only ones used, until the moment, in the studies of quantifying the genome of bees. Thus, the search for the use of more accessible material may be a strategy for more species to be analyzed. Therefore, the present study aimed to test different buffers for the quantification of nuclear DNA content in adult bees. For the preparation of the nuclear suspensions, to be analyzed in the flow cytometer, adult bees of the species S. xantotricha and the internal standard Drosophila melanogaster, along with LB01, Galbraith, MgSO4 and TRIS buffers. The histograms obtained had good resolution levels and coefficient of variation of satisfactory, with percentages lower than 5%, ranging from 2.24% with Galbraith buffer to 3.34% with LBO1 buffer. The size of the genome obtained with the use of adults of S. xantotricha values very close or identical to the available data in the literature for the larvae and pupae of the same species. Similarly, the experimental coefficient did not show great variations in relation to the theoretical one (2.39), and the MgSO4 buffer with a ratio of 2.34 was the most distant. In relation to the percentage of debri cell, the samples using the Galbraith, MgSO4 and TRIS buffers were cleaner compared to those using the LB01 buffer. Finally, the results of analyzed parameter in the same day of extraction and 24 hours after extraction were very similar. In front of this fact, we can conclude that the utilization of adult bee for the determination of DNA content is so effective as to use of larvae and pupae, since its result not showed significant statistical differences when compared with the literature data.
Palavras-chave: Citometria de fluxo
Abelhas
DNA
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FAUSTINO, Alessandra de Oliveira. Utilização de abelhas adultas em análises de citometria de fluxo. 2018. 23 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Estrutural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/21596
Data do documento: 20-Fev-2018
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo509,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.