Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2334
Tipo: Dissertação
Título: Histologia e histoquímica do aparelho reprodutor de Melipona quadrifasciata anthidioides (Hymenoptera, Apidae) em rainhas virgens e copuladas
Título(s) alternativo(s): Histology and Histochemistry of the Reproductive Tract of Melipona quadrifasciata anthidioides (Hymenoptera, Apidae) in Virgin and Physogastric Queens
Autor(es): Souza, Edmilson Amaral de
Primeiro Orientador: Serrão, José Eduardo
Primeiro coorientador: Neves, Clóvis Andrade
Segundo coorientador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Primeiro avaliador: Santos, Conceição Aparecida dos
Segundo avaliador: Message, Dejair
Abstract: Dada a importância ecológica, econômica e do risco de extinção que os Meliponini vem sofrendo, muitos trabalhos foram desenvolvidos em busca do entendimento da biologia reprodutiva desse grupo. A importância da cópula para o desenvolvimento dos ovários e maturação dos ovócitos nos insetos tem sido investigada, mas há poucos trabalhos enfatizando as conseqüências da ausência da cópula no aparelho reprodutor destes. Nesta dissertação, descrevemos as alterações provocadas pela ausência da cópula e suas conseqüências através da histologia e teste histoquímicos no aparelho reprodutor de rainhas de Melipona quadrifasciata anthidioides. Os resultados contribuíram para o conhecimento da biologia reprodutiva desta espécie, como o tempo máximo que uma rainha pode permanecer virgem com seus ovários viáveis e a importância da cópula para o desenvolvimento da espermateca. Os ovários das rainhas virgens de M. quadrifasciata anthidioides permanecem no estado pré vitelogênico e estas a partir de 15 dias de idade apresentam sinais de degeneração ovariana. Entretanto, seus ovários permanecem viáveis se copuladas com até 25 dias de idade. O desenvolvimento da espermateca e a atividade secretora das suas glândulas também são influenciadas pela ausência de cópula. Espermatecas de rainhas fisogástricas apresentam epitélio mais espesso e maior volume do que nas rainhas virgens. Nas glândulas, grânulos contendo proteínas e polissacarídeos são identificados em rainhas fisogástricas, enquanto que em rainhas virgens os grânulos protéicos não são encontrados e os grânulos de polissacarídeos tornam-se escassos com o avançar da idade.
Due to the economic and ecological importance, and the extinction risk that Meliponini is experiencing, many works were developed in search of understanding of reproductive biology of these bees. The importance of the mating for ovaries development and oocytes maturation in insects has been investigated, but there are few research concerning the consequences of the mating delay in the reproductive tract morphology. Here the morphological alterations caused for the mating delay in the reproductive tract of the Melipona quadrifasciata anthidioides queens were described. The ovaries of the M. quadrifasciata anthidioides virgin queens remain in previtellogenic phase and from 15 days old they show degeneration signs. However, their ovaries are viable if the queen mates until 25 days old. The spermathecae of the physogastric queen has an well-developed epithelium other than virgin queens. In spermathecal glands, granules containing proteins and polysaccharides are identified in physogastric queens while in virgin queens the protein granules are lacking and the polysaccharide granules become fair as the time goes on.
Palavras-chave: Melipona
Ovários
Rainhas virgens
Morte celular programada
Melipona
Ovaries
Virgin queens
Programmed cellular death
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Mestrado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: SOUZA, Edmilson Amaral de. Histology and Histochemistry of the Reproductive Tract of Melipona quadrifasciata anthidioides (Hymenoptera, Apidae) in Virgin and Physogastric Queens. 2006. 61 f. Dissertação (Mestrado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2334
Data do documento: 24-Jul-2006
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf946,46 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.