Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2458
Tipo: Dissertação
Título: Análise filogeográfica e filogenética do carrapato Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787)
Título(s) alternativo(s): Phylogenetic and phylogeographic analysis of the cayenne tick Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787)
Autor(es): Barcelos, Rafael Mazioli
Primeiro Orientador: Siqueira, Cláudio Lísias Mafra de
Primeiro coorientador: Santos, Jorge Abdala Dergam dos
Segundo coorientador: Cunha, Luis Claudio Vieira da
Primeiro avaliador: Guimarães, Simone Eliza Facioni
Abstract: A espécie de carrapato Amblyomma cajennense, regularmente conhecido como carrapato-estrela, está amplamente distribuído em todo o continente americano. No Brasil possui ocorrência em quase todos os estados. Aspectos epidemiológicos podem estar relacionados com a existência de um complexo de espécies do táxon A. cajennense. No presente estudo foi analisada uma porção de 340 pares de base do gene ribossomal mitocondrial 12S de carrapatos da espécie A. cajennense, utilizando a técnica de High Resolution Melt (HRM). .Foram processados 199 espécimes oriundos dos biomas Mata Atlântica, Cerrado e Pantanal. Após a identificação dos haplótipos, estes foram sequenciados a fim de obter suas sequências nucleotídicas, sendo a seguir submetidos à análises de filogenia e filogeografia. As análises filogeográficas indicaram que as populações localizadas nos biomas Mata Atlântica, Cerrado e Pantanal encontram-se em simpatria. A filogenia demonstrou que espécimes pertencentes ao Yungas argentino e da Mata Atlântica brasileira estão filogeneticamente relacionados, assim como os indivíduos do Chaco Serrano e Chaco Ocidental; Florestas montanhosas reais da Cordilheira dos Andes, florestas úmidas da Costa Rica, Guatemala, Equador, Guiana Francesa, México e florestas temperadas dos Estados Unidos da América. A existência de incompatibilidade reprodutiva e a forte estruturação genética nas Américas sugerem que o táxon A. cajennense é um de complexo de espécies. Este achado é extremamente importante uma vez que a prevalência de doenças estão diretamente ligadas aos seus vetores.
The Cayenne tick Amblyomma cajennense is widely dispersed throughout the Americas. In Brazil, this ectoparasite is distributed in almost all states. Epidemiological aspects may be related to the existence of a species complex of the taxon A. cajennense. The present study examined a portion of 340 base pairs of the mitochondrial 12S ribosomal gene of ticks of the specie A. cajennense using the technique of High Resolution Melt (HRM). One hundred ninety nine specimens were analyzed from Atlantic Forest, Cerrado and Pantanal biomes. After identification of the haplotypes, these were sequenced in order to obtain their nucleotide sequences, and then subjected to phylogenetic and philogeography analyses. The phylogeographic analysis indicated that the populations located in the Atlantic Forest, Cerrado and Pantanal biomes are sympatric. The phylogeny showed that specimens belonging to the argentine Yungas and the Brazilian Atlantic Forest are phylogenetically related, as well as individuals of Serrano Chaco and West Chaco; actual mountain forests of the Andes, the rainforests of Costa Rica, Guatemala, Ecuador, French Guiana, Mexico and temperate forests of the United States of America. The existence of reproductive incompatibility and strong genetic structure in the Americas suggest that the taxon A. cajennense is a complex of species. This finding is extremely important since the prevalence of diseases are directly linked to their vectors.
Palavras-chave: Filogeografia
Carrapato
Biomas
Phylogeography
Tick
Biomes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::BIOLOGIA MOLECULAR
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Mestrado em Bioquímica Agrícola
Citação: BARCELOS, Rafael Mazioli. Phylogenetic and phylogeographic analysis of the cayenne tick Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787). 2013. 55 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2458
Data do documento: 25-Fev-2013
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,57 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.