Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26165
Tipo: Artigo
Título: Morphological and productive aspects of lettuce in low altitude and latitude
Autor(es): Cardoso, Sara Santos
Guimarães, Marcelo de Almeida
Lemos Neto, Hozano de Souza
Tello, Jean Paulo de Jesus
DoVale, Júlio César
Abstract: Lettuce is considered a crop of mild climate and its production in regions of low altitude and latitude is impaired due to the high temperatures and the predominance of long days. Therefore, the aim of this study was to evaluate the behavior of lettuce cultivars in such conditions. An experiment was conducted at the Horta Didática of the Federal University of Ceará, Campus do Pici, in Fortaleza. Nine lettuce cultivars from three commercial groups were used and distributed in a randomized block design, with four replications. The following qualitative traits were evaluated: bolting, head formation, leaf texture, anthocyanin and phytosanitary status for pest and disease infestation. Regarding the quantitative traits, plant height, plant diameter, fresh marketable weight (FMW), and non-marketable (FNMW) total fresh weight (TFW), dry marketable weight (DMW) and non-marketable (DNMW), total dry weight, chlorophyll a, chlorophyll b, chlorophyll a/b ratio. Data were submitted to analysis of variance and, later, grouping test was performed. None of the cultivars presented head formation but all presented early bolting. The cultivars showed no difference for FMW, however, Babá de Verão produced almost 72% more than Repolhuda Brasil from the same group. Regarding FMW, the most productive cultivars were Babá de Verão, Crespa para Verão, Americana Delícia, Crespa Repolhuda and Kaiser. However, Babá do Verão and Crespa stood out for DMW.
A alface é considerada uma cultura de clima ameno e sua produção em regiões de baixa altitude e latitude é prejudicada principalmente devido às elevadas temperaturas e à predominância de dias longos. Assim, objetivou-se avaliar o comportamento de cultivares de alface numa condição que apresentasse essas características. Para isto, conduziu-se um ensaio na Horta Didática da Universidade Federal do Ceará, Campus do Pici, em Fortaleza. Utilizaram-se nove cultivares de alface de três grupos comerciais, distribuídos no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliadas as características qualitativas, idade de pendoamento, formação de cabeça, textura da folha, antocianina e, estado fitossanitários das plantas quanto a infestação por pragas e doenças. Em relação às características quantitativas avaliaram-se, altura das plantas, diâmetro das plantas, massa fresca comercializável (MFC) e não comercializável (MFNC), massa fresca total (MFT), massa seca comercializável (MSC) e não comercializável (MSNC), massa seca total (MST), clorofila a, clorofila b e, relação clorofila ab. Os dados foram submetidos a análises de variância e, posteriormente, realizado o teste de agrupamento. Nenhum dos cultivares apresentou formação de cabeça, mas todos pendoaram precocemente. Os cultivares não apresentaram diferença para MFC, porém, Babá de Verão produziu quase 72% a mais que Repolhuda Brasil, de seu mesmo grupo. Quanto à MFT, os cultivares mais produtivos foram Babá de Verão, Crespa para Verão, Americana Delícia, Crespa Repolhuda e Kaiser. Contudo, para MSC apenas Babá de Verão e Crespa se sobressaíram. Esses últimos, juntamente com Crespa Repolhuda, foram os que apresentaram também os maiores valores de MST.
Palavras-chave: Lactuca sativa L.
Bolting
Yield
Commercial groups
Lactuca sativa L.
Pendoamento
Produtividade
Grupos Comerciais
Editor: Revista Ciência Agronômica
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902018000400644&lng=pt&nrm=iso
http://locus.ufv.br//handle/123456789/26165
Data do documento: Out-2018
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfartigo61,16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.