Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26710
Tipo: Dissertação
Título: Feira de agricultura familiar eeconomia solidária: implementação, desenvolvimento e situação de (in) segurança alimentar e nutricional das famílias expositoras
Family agriculture and solidarity economy fair: implementation, development and situation of food and nutrition (in) security of the families
Autor(es): Silva, Raquel Nunes
Abstract: As feiras são os espaços mais antigos de comercialização e existem desde 2000 a.C. No Brasil elas existem desde o início da colonização portuguesa e constituem importantes espaços de criação de relações sociais e troca de conhecimentos entre consumidores e agricultores e entre os próprios agricultores. Objetivou-se caracterizar a implementação e desenvolvimento de uma Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária em Viçosa/Minas Gerais, como também a situação de (In) Segurança Alimentar e Nutricional das famílias que comercializam hortifrúti. Realizou-se o estudo em duas etapas, sendo uma descritiva e outra uma avaliação com as famílias dos expositores que comercializam hortifrutigranjeiros nesta feira. Na coleta de dados utilizou-se observação participante, análise documental visando a construção da história da feira e entrevistas semiestruturadas com todos os envolvidos na feira. Analisou-se a (In) Segurança Alimentar e Nutricional das famílias, utilizando-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar; indicadores socioeconômicos e demográficos; indicadores antropométricos; análise da disponibilidade alimentar e caracterização da produção de alimentos. O projeto foi aceito pelo Comitê de Ética e Pesquisa com Seres Humanos e todos os participantes assinaram Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Observa-se que a feira foi construída por uma série de atores sociais que de maneira organizada coordenam e possibilitam a realização de diversas atividades para além da geração de renda, como culturais, formativas e possibilitando um espaço de indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão. As percepções dos atores sociais em relação à feira demonstram a criação de um ambiente de amizade, socialização e de possibilidade de trabalho, fortificando a importância social do projeto. Em relação às famílias agricultoras observa-se que elas estão em situação de Segurança Alimentar e Nutricional pela maioria dos indicadores, entretanto o Estado Nutricional de muitos indivíduos corrobora com os dados nacionais de altas prevalências de excesso de peso. Conclui-se que a experiência da feira tem possibilitado ambiente de inclusão social por meio da socialização e da criação de vínculos entre os atores sociais.
The fairs are the oldest places of commercialization and have existed since 2000 BC. In Brazil they have existed since the beginning of Portuguese colonization, they are important spaces for the creation of social relations and the exchange of knowledge between consumers and farmers and among the farmers themselves. The objective was to characterize the implementation and development of a Family Agriculture and Solidarity Economy Fair at Viçosa / Minas Gerais, as well as the situation of Food and Nutrition (In) Security of the families that sell vegetables. The study was carried out in two stages, one descriptive and the other an evaluation with the families of the exhibitors who sells produce at this fair. For the data collection we used participant observation, documentary analysis, aiming the construction of the fair’s history, and semi-structured interviews with all the social actors involved in the project. The Food and Nutrition (In) Security of the families was analyzed, using the Brazilian Scale of Food Insecurity; socioeconomic and demographic indicators; anthropometric indicators; analysis of food availability and characterization of food production. The project was accepted by the Ethics and Research Committee with Human Subjects and all the participants signed an Informed Consent Term. It is observed that the fair was built by a social actor that in an organized way coordinate and make possible the accomplishment of several activities besides the generation of income, as cultural, formative actions and enabling an indissociability space of teaching, research and extension. The perceptions of the social actors in relation to the fair show the creation of an environment of friendship, socialization and possibility of work, fortifying the project’s social importance. In relation to the agricultural families, it is observed that they are in Food and Nutrition Security situation by the majority of the indicators, however the Nutritional Status of many individuals corroborates with the national data of high prevalences of overweight. It is concluded that the experience of the fair has enabled an environment of social inclusion through socialization and the creation of links between social actors.
Palavras-chave: Segurança Alimentar e Nutricional
População Rural
Saúde
CNPq: Analise nutricional de população
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Raquel Nunes. Feira de agricultura familiar eeconomia solidária: implementação, desenvolvimento e situação de (in) segurança alimentar e nutricional das famílias expositoras. 2019. 159 f. Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26710
Data do documento: 19-Fev-2019
Aparece nas coleções:Agroecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.