Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26954
Tipo: Artigo
Título: Micropropagation of Syngonanthus elegantulus
Autor(es): Pêgo, Rogério Gomes
Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Paiva, Renato
Abstract: The species Syngonanthus elegantulus Ruhland is an important native plant used as cut flowers, but extractive exploration has caused the endangered status of this plant. Therefore, the objective of this study was to establish a protocol of the micropropagation of S. elegantulus. To this end, seed germination was tested in media containing different concentrations of WPM salts. For plantlet establishment, MS and WPM media were evaluated with 50 and 100% of the salt concentrations. Different the sucrose levels in the WPM medium were also evaluated. For multiplication, the plantlets were inoculated in WPM media with 0.0, 0.5, 1.0, 2.0 and 4.0 mg L-1 TDZ and 0.0, 0.5 and 1.0 mg L-1 NAA in all possible combinations. The pre-acclimatization effect was tested in the plantlets using the following substrates: sand, PlantmaxTM and vermiculite. The concentration of the medium did not influence the percentage of germination, but the germination speed index was inversely proportional to the nutrient addition to the culture medium. The best medium for plantlet establishment was WPM at the original salt concentration plus 17 g L-1 sucrose. The addition of 0.5 and 1.0 mg L-1 NAA is recommended for callus induction. The highest number of shoots was obtained in the presence of 1.0 mg L-1 TDZ or the combination of 1.0 mg L-1 TDZ with 0.5 mg L-1 NAA. S. elegantulus presented higher survival when acclimatized directly in sand.
A espécie Syngonanthus elegantulus Ruhland é uma importante planta nativa usada como flor de corte, mas sua exploração extrativista tem causado risco de extinção. Assim, neste estudo, objetivou-se estabelecer um protocolo de micropropagação de S. elegantulus. Para isso, a germinação das sementes foi testada em meio WPM, contendo diferentes concentrações de sais. Para o estabelecimento de plântulas, os meios MS e WPM foram avaliados com 50% e 100% de concentração de sais. Diferentes níveis de sacarose em meio WPM também foram avaliados. Para a multiplicação de plântulas, foram inoculadas em meio WPM adicionado de 0,0, 0,5, 1,0, 2,0 e 4,0 mg L-1 de TDZ e 0,0, 0,5, 1,0 mg L-1 de NAA em todas as combinações possíveis. O efeito da pré-aclimatização de plântulas foi testado nos substratos areia, plantmaxTM e vermiculite. A concentração do meio não influenciou a porcentagem de germinação, mas o índice de velocidade de germinação foi inversamente proporcional à adição de nutrientes. O melhor meio para o estabelecimento de plântulas foi o WPM, na concentração de sais originais, adicionado a 17 g L-1 de sacarose. Para a indução de calo, a adição de 0,5 e 1,0 mg L-1 de NAA foi recomendada. O maior número de brotos foi obtido na presença de 1,0 mg L-1 de TDZ ou combinando 1,0 mg L-1 de TDZ com 0,5 mg de L-1 de ANA. S. elegantulus apresentaram maior sobrevivência quando aclimatadas diretamente na areia.
Palavras-chave: In vitro cultivation
Floriculture
Conservation
Endangered
Plant
Cultivo in vitro
Floricultura
Conservação
Planta em extinção
Editor: Ciência e Agrotecnologia
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542013000100004
https://locus.ufv.br//handle/123456789/26954
Data do documento: Jan-2013
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfTexto completo376,89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.