Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3261
Tipo: Dissertação
Título: Investimento estrangeiro direto e o setor de serviços de telecomunicações brasileiro
Título(s) alternativo(s): Foreign direct investment and the sector of Brazilian telecommunications services
Autor(es): Prado, Jefferson Nery do
Primeiro Orientador: Fernandes, Elaine Aparecida
Primeiro coorientador: Toyoshima, Sílvia Harumi
Segundo coorientador: Silva, Evaldo Henrique da
Primeiro avaliador: Rosado, Patrícia Lopes
Abstract: O objetivo do presente estudo foi analisar a capacidade de inovação tecnológica do investimento estrangeiro direto no setor de serviços de telecomunicações para a economia brasileira. Procurou-se identificar se esse capital migrou para o país e intensificou o investimento em tecnologia, ou veio apenas para explorar um mercado em expansão. Para a apuração dessa capacidade de inovação tecnológica, criou-se um índice denominado índice de capacidade de inovação através dos microdados da PINTEC, elaborado pelo IBGE. Constatou-se que não há uma clara distinção entre empresas nacionais ou estrangeiras em relação à intensidade de inovação tecnológica, pois o índice de ambas foram muito próximos. Dentre todas as empresas que compõem o setor, somente uma empresa nacional apresentou um índice de 100% de inovação tecnológica, enquanto entre as estrangeiras, o maior índice foi de 83%. Adicionalmente, o número de empresas que apresentaram um índice superior a 50% foi muito próximo tanto para as nacionais quanto para as multinacionais. Conclui-se que a privatização do setor de telecomunicações foi positiva para a economia no sentido de desenvolver a competitividade e trazer fluxos de capitais externos para o país, o que aumentou a concorrência em um setor totalmente dominado pelo estado, mas o modelo de privatização é totalmente questionável quando se analisa os resultados em termos de inovação tecnológica. Em um setor em que essa inovação é vital para a competitividade dos demais setores, principalmente a indústria, observa-se que os investimentos em tecnologia por parte das multinacionais não apresentam grande diferença quando comparados com as nacionais. Questiona-se, assim, a efetividade da venda de companhias nacionais para grupos estrangeiros.
The aim of this study was to assess the ability of technological innovation on the part of foreign capital which migrated to Brazil in the form of foreign direct investment to the telecommunications industry. We tried to identify whether that capital migrated to the country in order to intensify and spread the investment in technology development, or aimed to explore a growing new market. For the determination of this capacity for technological innovation, we created an index called the index of innovative capacity through PINTEC microdata, produced by IBGE. It was found that there is no clear distinction between domestic or foreign companies in relation to the intensity of technological innovation due to the index of the two were very close. Of all the companies that comprise the sector, only a national company had a 100% rate of technological innovation, while among the largest foreign company reported a rate of 83%. Additionally, the number of companies that had an index above 50% was very close for both domestic and multinationals. It was concluded that privatization of the telecommunications sector was positive for the economy to increase competitiveness and bring foreign capital flows into the country, which has increased competition in an industry totally dominated by the state s enterprises, but the privatization model is totally questionable when analyzing the results in terms of technological innovation. In an industry where the innovation is vital to the competitiveness of other sectors, especially industry, shows that technology investments by the multinationals do not have big difference when compared with the national. One wonders, therefore, the effectiveness of the sale of domestic companies to foreign groups.
Palavras-chave: Organização industrial
Investimento estrangeiro direto
Marco regulatório
Industrial organization
Foreign direct investment
Regulatory mark
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::ORGANIZACAO INDUSTRIAL E ESTUDOS INDUSTRIAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Desenvolvimento econômico e Políticas públicas
Programa: Mestrado em Economia
Citação: PRADO, Jefferson Nery do. Foreign direct investment and the sector of Brazilian telecommunications services. 2011. 58 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento econômico e Políticas públicas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3261
Data do documento: 21-Mar-2011
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf951,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.