Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3294
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de egressos de um programa de ação formativa para Promoção Social de famílias rurais
Título(s) alternativo(s): Evaluation of egress of a program of formative action for Social Promotion of rural families
Autor(es): Oliveira, Maria das Dores Rodrigues de
Primeiro Orientador: Bartolomeu, Tereza Angélica
Primeiro coorientador: Loreto, Maria das Dores Saraiva de
Segundo coorientador: Vale, Sônia Maria Leite Ribeiro do
Primeiro avaliador: Silva, Neuza Maria da
Segundo avaliador: Andrade, Viviane Delfino Albuquerque
Abstract: A pesquisa apresentada nessa dissertação consistiu numa avaliação de egressos de um programa de capacitação com vistas à promoção social de famílias rurais, na eminência de estimar as mudanças, possivelmente decorrentes das atividades educativas, a partir da análise de suas experiências cotidianas, nos contextos da vida pessoal, familiar e profissional, relativas ao trabalho artesanal. Partiu-se do pressuposto de que os desafios e necessidades enfrentados pela área de educação, no início do século XXI, decorrem de transformações sociais e culturais geradas pela revolução tecnológica e pela globalização. A superação do círculo da pobreza e a viabilização da inclusão social de diferentes segmentos da população, para uma sociedade mais justa e igualitária, supõem políticas de educação formal, não-formal e informal capazes de gerar mudanças na economia, na sociedade e no mundo do trabalho. Ao complementar o ciclo de implementação destas políticas, a avaliação dos resultados das atividades formativas constitui elemento-chave para subsidiar a emissão de juízos e instrumentalizar tomadas de decisões. A relevância social e científica desta proposta de investigação reside na geração de subsídios para as organizações dos sistemas de formação, no sentido de avaliar a aplicabilidade de seus programas e deliberar conscientemente sobre o prosseguimento e/ou redirecionamento de suas atividades educativas de cunho social. A análise reflexiva das experiências dos sujeitos, em conformidade com as proposições teóricas, fez uso do modelo de avaliação proposto por Donald Kirkpatrick, considerando os níveis e as implicações da avaliação e incluiu abordagens das categorias: educação, avaliação e trabalho com o artesanato têxtil. O delineamento contemplou a caracterização do público, motivações e aplicação de competências, supostamente adquiridas em treinamentos dirigidos a um segmento do público alvo do SENAR Minas, constituído de familiares de produtores e trabalhadores rurais, residentes nas Microrregiões da Mata de Ubá e de Juiz de Fora. A partir de pesquisa documental, utilizou-se uma amostra de doze grupos de egressos, treinados em 2005. Uma subamostra de três grupos apresentou evidências de atitudes, comportamentos, opiniões e percepções, acerca de experiências pós-treinamento, vivenciadas nas diferentes atividades do artesanato têxtil. No trabalho de campo, identificou-se a realidade concreta do treinado, com abordagem qualitativa e quantitativa, após um tempo mínimo de seis meses de finalização do treinamento. A técnica de entrevista focalizada em grupos ou grupo focal foi adaptada e testada para obtenção e/ou construção de dados envolvendo grupos de treinados. Os resultados evidenciaram elevação da autoestima, bem como da autoconfiança do egresso quanto à qualidade na produção das peças do artesanato têxtil, e quanto à utilização e conservação de materiais, utensílios e equipamentos de produção. Identificou-se comprometimento do treinado em utilizar racionalmente os recursos ambientais, preservar o meio ambiente e cumprir seus direitos e deveres no consumo de artigos têxteis. Constatou-se melhoria da capacidade gerencial em termos de planejamento e organização do trabalho, redução de custos e estabelecimento de metas para empreendimentos futuros. Tais resultados mostraram-se coerentes com os objetivos de promoção social do programa, uma vez que apontaram para a existência de uma relação positiva entre o treinamento e as mudanças na vida pessoal, social, profissional e familiar dos treinados, em decorrência da capacidade produtiva e da integração social e familiar. Constatou-se que o desenho metodológico para avaliações de programas educativos que visam à promoção social, envolvendo grupos de treinados, foi economicamente viável e permitiu identificar mudanças concretas, na realidade dos treinados.
This dissertation s research consisted of an evaluation of egress students from a capacitating program with a view to the social promotion of rural families, in the eminence of estimating the changes possibly derived from the educational activities, departing from the analysis of their everyday experiences, in the contexts of their personal, familiar and professional lives, in regards to the artisan work. We departed from the presuposition that the challenges and needs faced by the educational area, at the beginning of the 21st century result from social and cultural transformations brought about by technological revolution and globalization. The overcoming of the poverty circle and the viabilization of social inclusion of different segments of the population, towards a more just and egalitarian society, presuppose formal, nonformal and informal educational policies capable of making changes to the economy, society and work. When supplementing the implementation cycle of these policies, the evaluation of the results from the formative activities constitute a key-element to subsidize the emission of judgments and decision-making. The social and scientific relevance of this research proposal lies in generating subsidies for the organization of formative systems, as regards evaluating the applicability of their programs and deliberating consciously about the continuation or redirection of their educational activities of a social tenor. The reflexive analysis of the subjects experiences in conformity with the theoretical proposals used the model of evaluation proposed by Donald Kirpatrick, considering the levels and the implications of the evaluation and includes the approaches of the categories: education, evaluation and the work with artisan textiles. The delineation contemplated the characterization of the public, motivations and the strengthening of competencies, supposedly acquired in training sessions aimed at a segment of the target-public at SENAR Minas, composed of members of the families of rural producers and workers who live in the microregions of Uba and Juiz de Fora (Mata, Minas Gerais). By means of documental research, we utilized a sample of twelve groups of egress trainees, who got a trainee session in 2005. Another sample of three groups showed evidence of attitudes, behaviors, opinions and perceptions about post-training experiences shared during the different activities of artisan textiles. In the field work, the concrete reality of the trainees was identified, through quantitative and qualitative approaches, after a minimum period of six months of the completion of the training sessions. The technique of interview focused on groups or focal groups was adapted and tested for obtaining and/or building data involving trainee groups. The results showed evidence of self-esteem boosting, as well as self-confidence of the egress trainees as for the quality of production of artisan textiles, and as for the utilization and conservation of material, utensils and production equipment. We identified the commitment of the trainees in utilizing rationally the environmental resources, preserving the environment and keeping their rights and duties in the consumption of textiles. We also noticed improvement to the managerial capacity in terms of planning and work organization, in the reduction of costs and the setting of goals for future enterprises. Such results were shown to be coherent with the objectives of social promotion of the program, since they pointed to the existence of a positive relationship between the training sessions and the changes to the personal, social, professional and familiar lives of the trainees, as a result from the productive skill and the social and familiar integration. We realized that the methodological design for the evaluation of the educational programs which aimed at social promotion, involving trainee groups, was economically viable and allowed to identify concrete changes to the trainees reality.
Palavras-chave: Avaliação de egresso
Educação não-formal
Artesanato têxtil
Evaluation of egress
Informal educational
Artisan textiles
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: OLIVEIRA, Maria das Dores Rodrigues de. Evaluation of egress of a program of formative action for Social Promotion of rural families. 2007. 164 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3294
Data do documento: 26-Jul-2007
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf683,09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.