Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3375
Tipo: Dissertação
Título: Educação inclusiva: das intenções às ações - Um estudo sobre o processo de inclusão escolar de alunos caracterizados como portadores de necessidades especiais em escolas públicas no Município de Viçosa, MG
Título(s) alternativo(s): Inclusive education: from purposes to actions A study about a school inclusion process for students who need special care in public schools in Viçosa, MG
Autor(es): Braga, Adriane Fontes
Primeiro Orientador: Pinto, Neide Maria de Almeida
Primeiro coorientador: Fiúza, Ana Louise de Carvalho
Segundo coorientador: Barreto, Maria de Lourdes Mattos
Primeiro avaliador: Marques, Luciana Pacheco
Segundo avaliador: Oliveira, Milton Ramón Pires de
Abstract: Na atualidade, a busca por uma sociedade mais justa e democrática é um grande desafio. Nesse contexto, a escola representa uma aliada nessa construção, à medida que se pode transformar num espaço de reconhecimento e valorização das diferenças humanas. Para avaliar a concretude dessa proposta, esta pesquisa buscou compreender de que forma vêm sendo implementadas as diretrizes pró-inclusão escolar dos alunos caracterizados como portadores de necessidades especiais na rede regular pública de ensino, assim como as dificuldades para a construção dessa nova realidade educativa. Para tanto, tomamos como referencial empírico do nosso estudo três instituições de educação pública do Município de Viçosa (MG), que estão vivenciando a educação inclusiva de diferentes maneiras - as escolas Professora Maria José Santana , Effie Rolfs e APAE/Viçosa . As observações nas salas de aula e as entrevistas semi-estruturadas com os professores e gestores dessas instituições permitiram-nos conhecer as diretrizes pró-inclusão de cada instituição e os diversos olhares desses profissionais sobre a educação inclusiva, a anormalidade, a prática educativa vivenciada nessas escolas e as dificuldades e avanços nessa área. Os resultados possibilitaram-nos concluir que os professores e gestores dessas instituições educativas concebem a educação inclusiva e os alunos caracterizados como portadores de necessidades especiais sob diferentes enfoques, com definições e ações que ora se aproximam dos princípios da integração, que pressupõem a mudança do aluno para acompanhar a escola, ora se referem aos princípios inclusivos, que pressupõem a mudança da escola para atender às diferenças dos alunos. Além disso, as diferentes condutas e mudanças estruturais, pedagógicas e organizacionais para o atendimento dos alunos caracterizados como portadores de necessidades especiais nas instituições investigadas apontaram para a manutenção de um modelo de avaliação dos alunos e de condução do processo de ensino e aprendizagem, guiando-se por padrões de referência e normativos hegemônicos impostos pela sociedade e pelo sistema escolar regular.
Nowadays the quest for a more just and democratic society is a great challenge. In this context, the school represents an allied in that construction, as it can be transformed into a space of recognition and appreciation of human differences. In order to evaluate the concreteness of that proposal, the present research has sought to comprehend the was in which the directresses for educational inclusion of students characterized as carries of especial needs are being implemented, in the regular public school system, and the difficulties found in the construction of this new educational reality. To do so, three public education institutions which are experiencing inclusive education in different ways, in Viçosa, MG, were taken as empiric reference. Those where the following schools: Professora Maria José Santana , Effie Rolfs and APAE/Viçosa . The observations in the classrooms and semi structured interviews with the teachers and administrators of those institutions allowed to know the pro-inclusion directresses of each institution and the diverse views of those professionals about inclusive educational practices experienced in those schools, as well as the difficulties and progress in this area. The results have allowed to conclude that the teachers and administrators from those institutions conceive inclusive education and the students characterized as carriers of especial needs under different focuses with definition and actions which sometimes are close to integration principles which presuppose change in the student to follow the school, and other times refer to inclusion principles which presuppose change in the school to attend student differences. Besides that, different conducts and structural, pedagogic and organizational changes to attend students characterized as carriers of especial needs in the institutions under study point out to the maintenance of the teaching and learning process still guided by normative and hegemonic patterns imposed by society and by the regular school system.
Palavras-chave: Políticas públicas
Deficiência
Educação especial
Educação inclusiva
Public policies
People with disabilities
Special education
Inclusive education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: BRAGA, Adriane Fontes. Inclusive education: from purposes to actions A study about a school inclusion process for students who need special care in public schools in Viçosa, MG. 2006. 217 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3375
Data do documento: 31-Mai-2006
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf866,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.