Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3475
Tipo: Dissertação
Título: Fair play: instrumentos para avaliação e as orientações desses valores no comportamento de jovens atletas
Título(s) alternativo(s): Fair play: instruments for the assessment and orientations of these values in the behavior of young athletes
Autor(es): Andaki Junior, Roberto
Primeiro Orientador: Salles, José Geraldo do Carmo
Primeiro avaliador: Costa, Israel Teoldo da
Segundo avaliador: Silva, Otávio Guimarães Tavares da
Abstract: No Brasil, as competições de crianças e jovens têm sido realizadas no formato original do esporte de rendimento. Em geral são fomentadas e incentivadas pelas instituições educacionais e formadoras do desporto nacional sem adaptações ou alterações de cunho pedagógico, permanecendo a essência do alto rendimento. Dentro do contexto destas competições, o fair play (desportivismo, deportividad ou Sportspersonship) costuma ser associado e utilizado como um dos pilares de sustentação de tal atividade. A presente dissertação foi organizada na forma de três artigos, com o objetivo de apresentar, traduzir, adaptar transculturalmente e aplicar o instrumento The Multidimensional Sportspersonship Orientations Scale (MSOS- 25) na avaliação das orientações para o fair play nos escolares pan-americanos. Todos os procedimentos metodológicos foram aprovados pelo comitê de ética e pesquisa em seres humanos da Universidade Federal de Viçosa (parecer 123/2010). No primeiro artigo foi realizada uma revisão sistemática com a finalidade de identificar os principais instrumentos utilizados em pesquisas quantitativas acerca do fair play entre jovens com idade entre 11 a 17 anos. O segundo artigo objetivou descrever o processo de tradução e adaptação transcultural do MSOS-25 para a língua portuguesa. Todos os itens no questionário foram interpretados como de fácil compreensão, tanto por especialistas quanto pela população alvo. Os valores de consistência interna foram aceitáveis para as cinco dimensões, com coeficientes alfa Cronbach entre 0,5 e 0,8, com evidências de boa compreensão e consistência interna. O terceiro teve como objetivo identificar as orientações sobre o fair play nos participantes do 1º Pan-americano Escolar, bem como analisar se houve diferenças em função da nacionalidade, sexo, tipo da escola e modalidade esportiva. A amostra foi composta por 215 alunos-atletas com idades entre 15 a 17 anos, de três nacionalidades (Brasil, Paraguai e Guatemala), participantes das modalidades coletivas de handebol (n = 92), basquetebol (n = 36), voleibol ( n = 48) e futebol de campo (n = 39). Os resultados apontaram diferenças significativas (p > 0,05) nas categorias sexo, nacionalidade, modalidade esportiva e tipo de instituição escolar (pública ou privada), apesar do grupo apresentar características comuns quanto ao nível de treinamento e faixa etária. Este resultado reafirma que as orientações dos alunos-atletas para o fair play estão ligadas diretamente a padrões culturais e valores morais presentes em sua sociedade e comunidade escolar. É válido ressaltar que conceitos e valores do fair play no esporte podem ser desenvolvidos no ambiente escolar desde que a prática seja pedagogicamente direcionada para esse objetivo. É necessária a discussão, reflexão e ressignificação deste conceito dentro do ambiente.
In Brazil, children s and teenagers competitions have been performed in the original format of performance sports. Overall, they are fostered and supported by education and training national sports institutions with no adaptations or changes with a pedagogical objective, in which the essence of high performance remains. In the context of those competitions, fair play (desportivismo in Portuguese, deportividad or Sportspersonship) is usually associated and used as one of the supporting pillars of such activity. This dissertation was organized as three articles, with the objective of presenting, translating, cross-cultural adaptation and applies the instrument The Multidimensional Sportspersonship Orientations Scale (MSOS-25) it in the evaluation of guidelines for the of fair play. All methodological procedures were approved by the committee ethics and human research at the University Federal of Viçosa (document 123/2010). A systematic review was carried out in the first article aiming at identifying the main tools used in quantitative studies on fair play among teenagers at 11 and 17 years old. The objective of the second article was to describe the process of transcultural translation and adaptation of The Multidimensional Sportspersonship Orientations Scale (MSOS-25) into Portuguese. All the items in the questionnaire were interpreted as being of easy comprehension by experts and the target population as well. Values of intern consistency were acceptable with Cronbach alpha coefficients between 0.5 and 0.8, with good comprehension and inner consistency evidence. Finally, the objective of the third article was to identify orientations on fair play on the 1st School Pan-American as well as to analyze if there were differences in function of citizenship, gender, school type and sports modality. The sample consisted of 215 athlete-students at 15 and 17 years-old from three countries (Brazil, Paraguay and Guatemala), who played handball (n = 92), basketball (n = 36), volleyball (n = 48) and soccer (n = 39). The results showed significant differences (p < 0,05) for gender, citizenship, sports modality and type of school (public or private school), despite the common characteristics of the group regarding to training level and age. This result restates that orientation by the athletestudents for fair-play is directly linked to cultural patterns and moral values present in their society and school community. Concepts and values of fair play in the sports can be developed in the school environment as long as the practice is pedagogically directed toward this objective. It is needed discussion, thinking and remaining of this concept in this environment.
Palavras-chave: Fair play
Deportividad
Sportspersonship
Revisão
Adaptação transcultural
Fair play
Deportividad
Sportspersonship
Review
Transcultural adaptation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Aspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humano
Programa: Mestrado em Educação Física
Citação: ANDAKI JUNIOR, Roberto. Fair play: instruments for the assessment and orientations of these values in the behavior of young athletes. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado em Aspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humano) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3475
Data do documento: 24-Mai-2012
Aparece nas coleções:Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf433,23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.