Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3595
Tipo: Dissertação
Título: Propriedades físicas e qualidade do feijão tratado com cera de carnaúba durante o armazenamento
Título(s) alternativo(s): Physical properties and quality of bean treated with carnauba wax during storage
Autor(es): Paixão, Aline Almeida da
Primeiro Orientador: Correa, Paulo César
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo coorientador: Donzeles, Sergio Mauricio Lopes
Primeiro avaliador: Melo, Evandro de Castro
Segundo avaliador: Vieira, Rogério Faria
Abstract: A qualidade dos grãos de feijão pode ser determinada pela aceitabilidade ao consumo, sendo afetada por características como coloração do tegumento, capacidade de hidratação e tempo de cozimento dos mesmos. Essas características podem ser alteradas durante o armazenamento, seja pelas condições inadequadas ou mesmo pela presença de insetos-pragas. Dentre as espécies de insetos que infestam os grãos de feijão durante o armazenamento, destaca-se a Acanthoscelides obtectus (Say), que é capaz de abrir galerias nos grãos. Devido ao fato do processo de fumigação potencialmente deixar resíduos nos grãos e a preocupação do consumidor com a segurança alimentar, a busca de soluções alternativas para o controle de insetos-pragas é necessária. A cera a base de carnaúba pode ser uma alternativa viável. Ela é obtida da palmeira brasileira (Copernicia cerifera), e não é tóxica. Objetivou-se com este trabalho avaliar a utilização da cera à base de carnaúba na proteção contra os insetos-praga e na conservação da qualidade dos grãos de feijão. Utilizaram-se grãos de feijão do grupo carioca, tratados com emulsão de cera de carnaúba Tropicalwax 2050. Como forma de caracterização da cultivar em estudo, em uma primeira etapa do trabalho foram determinadas as propriedades físicas dos grãos de feijão in natura e recém-colhidos, em diferentes teores de água. Em uma segunda etapa avaliou-se a utilização da cera na conservação dos grãos. Para tal, aplicou-se a emulsão de cera nas concentrações 0, 50 e 100 %, tratamentos 0, 1 e 2, respectivamente. Em um delineamento inteiramente casualizado foram realizados durante oito meses consecutivos, os testes de análise sensorial, avaliado por 40 julgadores; o teste de determinação dos índices de cor utilizando um colorímetro tristímulo; o teste do tempo de cocção utilizando o aparelho tipo Mattson; a capacidade de absorção e a avaliação das propriedades mecânicas dos grãos in natura, embebidos nas temperaturas de 40 e 50 ºC e durante o processo de cocção. Em uma terceira etapa verificou-se a eficácia do uso da cera contra a infestação de insetos-praga. Foram colocados 15 insetos adultos da espécie Acanthocelides obtectus (Say) em potes com 1 kg de grãos. Durante o armazenamento, o desenvolvimento dos insetos foi avaliado aos 45, 90, 135 e 225 dias. À exceção da porosidade, todas as propriedades físicas apresentaram uma relação linear com o teor de água, não havendo diferença significativa (p<0,01) entre os tratamentos com cera de carnaúba e a amostra testemunha. Foi constatada, em todos os tratamentos, uma boa aceitação do produto pelo teste de análise sensorial. Os escores médios apresentaram-se entre os termos hedônicos gostei ligeiramente e gostei moderadamente. Com base nos testes realizados para verificação da manutenção da qualidade do feijão não foram observadas interações significativas entre os tratamentos e o tempo de armazenamento. A cera não foi eficiente no controle da infestação dos insetos-praga, concluiu-se também que o uso da solução de cera de carnaúba como revestimento dos grãos de feijão não alterou as características sensoriais e não foi eficiente na proteção dos grãos de feijão contra o desenvolvimento do inseto praga Acanthoscelides obtectus.
The quality of beans can be determined by the consumption acceptability, being affected by characteristics such as color of seed coat, hydration capacity and cooking time. These characteristics can be altered during the storage in inappropriate conditions or due to the presence of insect pests. Among the species of insects that infest beans during storage, the Acanthoscelides obtectus (Say) stands out, wich is able to open galleries in the grains. Because of the fact that the fumigation process leaves residues on the grains, and because of the costumer concern about what he eats, the search for alternative solutions to insect pests control is necessary. Carnaubabased waxes may is a viable alternative, obtained from a Brazilian palm tree (Copernicia cerifera) and it is non-toxic. The objective of this study was to evaluate the use of carnauba-based wax on the protection and quality conservation of beans. Beans from the &#8220;carioca&#8221; group were used, and the TROPICAL WAX 2050 carnauba wax emulsion. In order to characterize the variety under study, in a first stage, physical properties of fresh and newly harvested beans were determined at different moisture contents. In a second stage, the use of wax on grain quality conservation was evaluated. For this, wax emulsion was applied on the beans in concentrations of 0, 50 and 100%, treatments 0, 1 and 2, respectively. In a completely randomized lineation, were performed during eight consecutive months: tests of sensorial analysis, evaluated by 40 judges; tests for determining color levels using a tristimulus colorimeter; tests for determining the cooking time using the Mattson device type; the absorption capacity and mechanical properties evaluation of fresh beans, soaked at temperatures of the 40 and 50 ºC and during the cooking process. In a third stage, the effectiveness of wax use against infestation of insect pests was verified by performing the test of infestation percentage: 15 adult insects of Acanthoscelides obtectus (Say) were put in pots with 1 kg of grains and evaluated after 45, 90, 135 and 225 days of insect contact with the grains. Except for the porosity, all physical properties showed a linear relationship. There was no significant difference (p>0,01) between treatments with wax and the witness sample, and a good product acceptance was reached in all treatments. The mean scores were between the hedonic terms &#8220;liked slightly&#8221; and &#8220;liked moderately&#8221;. Based on tests conducted to verify the maintenance of beans quality, there were no significant interactions between treatments and storage time. It was observed that the wax was not effective in infestation control, was concluded that using the carnauba wax solution as a coating on the beans did not cause changes in sensory characteristics and was not effective in protecting beans against insect pests (Acanthoscelides) development.
Palavras-chave: Tempo de cocção
Embebição
Infestação
Cooking time
Soaking
Infestation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: PAIXÃO, Aline Almeida da. Physical properties and quality of bean treated with carnauba wax during storage. 2011. 85 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3595
Data do documento: 18-Jul-2011
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,83 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.