Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3638
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização química e física de excretas de codornas européias submetidas a variações de temperatura em câmaras climáticas como indicativo de níveis de estresse calórico, emissão de amônia e adequação a compostagem
Título(s) alternativo(s): Chemical and physical characterization of excreta of European quail subjected to temperature variations in chambers as indicative of levels of heat stress, ammonia emission and fitness for composting.
Autor(es): Mendes, Múcio André dos Santos Alves
Primeiro Orientador: Gates, Richard Stephen
Primeiro coorientador: Souza, Cecília de Fátima
Segundo coorientador: Tinôco, Ilda de Fátima Ferreira
Primeiro avaliador: Savastano Júnior, Holmer
Segundo avaliador: Green, Angela Renee
Abstract: Apesar das codornas de corte já estarem no mercado brasileiro há 16 anos, ainda são escassas as informações nas áreas de manejo, nutrição e ambiência como um todo, este fato muitas vezes dificulta a criação e contribui para o aumento no custo de produção da espécie europeia sob as condições do clima do Brasil. Considera-se que a coturnicultura de corte possui grande potencial de crescimento, tornando-se assim, de suma importância estudos relacionados à criação desse animal, tanto em termos de ambiência associada à produtividade animal, como em aspectos ambientais relacionados à caracterização dos dejetos produzidos, sob diferentes condições térmicas de criação. Com base no exposto, objetivou-se, com este trabalho, caracterizar e analisar a variação de componentes das excretas de codornas de corte da linhagem Coturnix coturnix coturnix, criadas em câmaras climáticas, sob diferentes situações de ambiente térmico. Teve-se como objetivos específicos avaliar a possível relação entre componentes e umidade da excreta com o ambiente térmico de criação das codornas, e a relação entre componentes e características da excreta com o conforto térmico ideal para as codornas, a cada semana de vida das mesmas. Objetivou-se também avaliar o potencial de emissão de amônia das excretas em diferentes condições micro ambientais e determinar a relação Carbono/Nitrogênio das excretas com vistas ao calculo da quantidade ideal de fontes específicas de carbono a serem adicionadas aos dejetos, para uma posterior compostagem eficiente do substrato gerado. A pesquisa foi realizada no AMBIAGRO-DEA/UFV, e conduzida em duas fases: na primeira fase foram utilizadas 900 aves de 1 a 21 dias de idade e segunda fase foram utilizadas 300 aves de 22 a 35 dias de idade. A primeira fase foi constituída por cinco tratamentos: conforto térmico preconizado pela literatura para as três primeiras semanas de vida das aves, (36, 33, 30°C, respectivamente), dois níveis de estresse por calor, (39, 36, 30°C e 42, 39, 36 °C respectivamente), dois níveis de estresse por frio (33, 30, 27°C e 30, 27, 24°C). Na segunda fase experimental houve uma redistribuição das aves de forma que as codornas de cada um dos cinco tratamentos da primeira fase fossem submetidas a uma situação de conforto térmico preconizado (26°C) e a dois níveis de estresse por calor (30°C e 33°C) constituindo assim, 15 novos tratamentos. Foram analisados o teor de umidade, pH, carbono orgânico, nitrogênio total, fósforo total, sódio total e potássio total, nas excretas das aves durante as duas fases. As variações dos teores de nitrogênio e potássio encontrados nas excretas das aves submetidas a diferentes ambientes térmicos não foi suficiente para garantir que estes parâmetros sirvam como indicadores de estresse térmico de codornas. Já os teores de umidade das excretas das aves submetidas ao calor severo, na segunda fase do experimento, foram superiores ao valor encontrado nas excretas das aves submetidas ao conforto térmico, qualificando este fator como um indicativo de que as aves não se encontraram em conforto térmico. A relação carbono/nitrogênio obtida nas excretas de codornas, independente da idade e ambiente térmico a que estão submetidas, é inferior ao ideal para a compostagem, exigindo acréscimo de material fornecedor de carbono. Ambientes muito frios na fase inicial de vida ou muito quentes na fase de crescimento e final de codornas de corte, resultam em fezes mais liquidas e ao consequente maior potencial de emissão de amônia.
Despite the meat quails are already in the Brazilian market for 16 years, there is little information in the areas of management, nutrition and environment as a whole, this fact often difficult to create and contribute to the increased cost of production of European species under the climate conditions of Brazil. It is considered that the creating quails cutting has great growth potential, thus making it of paramount importance studies related to the creation of this animal, both in terms of ambience associated with animal production, such as environmental aspects related to the characterization of waste produced, under different thermal conditions of creation. Based on the above, we aimed at, this work was to characterize and analyze the variation of components of the excreta of meat quails Coturnix coturnix coturnix strain, grown in growth chambers under different conditions of thermal environment. He had as specific objectives to evaluate the possible relationship between components and excreta moisture of the thermal environment for the creation of quails, and the relationship between components and characteristics of excreta with the thermal comfort ideal for quail, each week of the same. We will also evaluate the potential of ammonia emission from excreta in different micro-environmental conditions and determine the ratio carbon / nitrogen excreta so that we can calculate the optimal amount of specific sources of carbon to be added to the manure, composting for later efficient substrate generated. The study was conducted in AMBIAGRO-DEA/UFV, and conducted in two stages: the first stage 900 birds were used 1-21 days of age and second stage 300 birds were used 22-35 days of age. The first phase consisted of the following treatments: thermal comfort recommended in the literature for the three first weeks of life of the birds (36, 33, 30 ° C, respectively), two levels of heat stress (39, 36, 30 ° C and 42, 39, 36 ° C respectively), two levels of stress for cooling (33, 30, 27 and 30 ° C, 27, 24 ° C). In the second phase trial was a redistribution of the birds so that the quail each of the five treatments were initially subjected to a thermal comfort recommended position (26 ° C) and two levels of heat stress (30 ° C and 33 ° C) thus, new treatments 15. We analyzed the moisture content, pH, organic carbon, total nitrogen, total phosphorus, total sodium and total potassium in the excreta of the birds during the two phases. The variations of nitrogen and potassium found in the excreta of birds submitted to different thermal environments was not enough to ensure that these parameters serve as indicators of thermal stress of quails. Since the moisture content of the excreta of birds subjected to severe heat in the second phase of the experiment are higher than the value found in the excreta of birds subjected to thermal comfort, describing this factor as an indication that the birds are not in thermal comfort . The carbon / nitrogen ratio obtained in the excreta of quails, regardless of age and are subjected to the thermal environment, is less than ideal for composting, requiring addition of carbon material supplier. Very cold environments in early life or very hot in the growth phase and final meat quails, leading to more liquid feces and the consequent increased potential for ammonia emissions.
Palavras-chave: Codorna européia
Estresse calórico
Emissão de amônia
European quail
Heat stress
Ammonia emission
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: MENDES, Múcio André dos Santos Alves. Chemical and physical characterization of excreta of European quail subjected to temperature variations in chambers as indicative of levels of heat stress, ammonia emission and fitness for composting.. 2012. 106 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3638
Data do documento: 26-Jul-2012
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.