Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3711
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da turbidez e do tamanho de partículas como parâmetros indicadores da remoção de oocistos de Cryptosporidium spp. nas etapas de clarificação no tratamento da água em ciclo completo
Título(s) alternativo(s): Assessment of turbidity and the size of particles as indicators of the removal of Cryptosporidium spp. oocysts in steps to clarify the water treatment in full cycle
Autor(es): Lopes, Gustavo José Rodrigues
Primeiro Orientador: Bastos, Rafael Kopschitz Xavier
Primeiro coorientador: Bevilacqua, Paula Dias
Segundo coorientador: Mounteer, Ann Honor
Primeiro avaliador: Brandão, Cristina Célia Silveira
Segundo avaliador: Pádua, Valter Lúcio de
Terceiro avaliador: Salcedo, Joaquín Hernán Patarroyo
Abstract: O monitoramento da ocorrência de oocistos de Cryptosporidium na estação de tratamento de água da Universidade Federal de Viçosa (ETA UFV), somada à realização de experimentos de inoculação deste microrganismo na água que alimentava uma ETA convencional (ciclo completo) em escala piloto, indicam que apesar de haver uma remoção efetiva, alguns oocistos conseguem passar pelo processo de tratamento. De acordo com os resultados obtidos em 15 ensaios de inoculação, chegou-se a conclusão que para o cômputo de remoção de oocistos de Cryptosporidium, a instalação piloto alcançou, aproximadamente, 0,5 log10 na decantação e 1,5 log10 no ciclo completo de clarificação. O primeiro resultado é consistente com o registrado na literatura e assumido na norma dos EUA, mas o segundo fica aquém do esperado, em que vários pesquisadores relatam um alcance de 3,0 log10 remoção. Neste trabalho reúnem-se indícios de que a remoção de turbidez seja mais adequada que a contagem de partículas como indicador da remoção de oocistos de Cryptosporidium e que a remoção de turbidez esteja diretamente relacionada à remoção de partículas com tamanho variando entre 2 - 7 μm. Nos resultados encontrados não podemos obter sugestões conclusivas sobre a associação de limites numéricos de turbidez com a remoção de oocistos, porém há indícios de que a produção de água filtrada com baixa turbidez constitui medida preventiva. Em comparações de valores obtidos em diferentes equipamentos de medição de turbidez, para períodos de estiagem e de chuvas, concluímos que estas medidas de baixos valores de turbidez devem guardar a melhor precisão possível e os resultados obtidos destacaram a grande variação obtida em medidas com diferentes equipamentos. Essas observações guardam grande relevância, na medida em que se confere importância a diferenças na primeira casa decimal a valores de turbidez da água filtrada, como indicadores da remoção de protozoários. Chama-se, portanto atenção para a necessidade de se dispor de equipamentos modernos, apropriados para leituras de turbidez baixa e de se implementar, rotineiramente, procedimentos de boas práticas e de procedimentos operacionais padrão de laboratório.
The monitoring of the occurrence of Cryptosporidium oocysts in the water treatment station at the Federal University of Viçosa (ETA UFV), plus the implementation of inoculation experiments of this microorganism in the water that would feed an ETA conventional (full cycle) in pilot- scale indicate that although there will be an effective removal, some oocysts can go through the treatment process. According to the results of tests on 15 inoculations, it was the conclusion that the reckoning for the removal of Cryptosporidium oocysts from the pilot installation reached, approximately, 0.5 log10 in decanting and 1.5 log10 in the complete cycle of clarification. The first result is consistent with that recorded in the literature and made standard in the U.S., but the second fell short of expectations, in which several researchers reported a range of 3.0 log10 removal. In this work indications are congregated that the removal of turbidity is more appropriate than the particle counting as an indicator of the removal of Cryptosporidium oocysts and the removal of turbidity is directly related to the particle removal with size ranging form 2 - 7 μm. In results we can t get conclusive suggestions on the association of numerical limits of turbidity with the removal of oocysts, however it has indications of that production of filtered water with low turbidity is a preventative measure. In comparison of values gotten in different equipment for measuring turbidity, for periods of drought and rain, we conclude that these measures of low values of turbidity must keep the best possible precision and the gotten results had detached the great variation obtained with different equipments. These observations keep great relevance, because it gives importance to the first decimal place differences in the values of turbidity of water filtered, as indicators of removal of protozoa. It is called, therefore attention to the necessity to have modern equipment, suitable for readings of low turbidity and to implement, routinely, procedures, best practices and standard operating procedures in a laboratory.
Palavras-chave: Água para consumo humano
Eficiência de remoção
Potabilidade
Water for human consumption
Efficiency of removal
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Geotecnia; Saneamento ambiental
Programa: Mestrado em Engenharia Civil
Citação: LOPES, Gustavo José Rodrigues. Assessment of turbidity and the size of particles as indicators of the removal of Cryptosporidium spp. oocysts in steps to clarify the water treatment in full cycle. 2008. 143 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia; Saneamento ambiental) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3711
Data do documento: 29-Set-2008
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.