Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3802
Tipo: Dissertação
Título: Proposição de diretrizes para gestão do ambiente de comunicação em projetos de arquitetura, engenharia e construção em instituições federais de ensino superior no Brasil
Título(s) alternativo(s): Proposition of guidelines for managing the communication environment in architecture, engineering, and construction projects in federal institutions of higher education in Brazil
Autor(es): Giacomini, Giovani Corrêa
Primeiro Orientador: Tibiriçá, Antônio Cleber Gonçalves
Primeiro coorientador: Paes, José Luiz Rangel
Segundo coorientador: Carlo, Joyce Correna
Primeiro avaliador: Faria, Adriana Ferreira de
Abstract: À necessidade premente de que as organizações da administração pública brasileira implementem sistemas de gerenciamento para seus projetos, contrapõe-se a assunção presente em diversos trabalhos acadêmicos e manuais metodológicos de que o sucesso de tais iniciativas está condicionado à adequação desses sistemas ao contexto no qual serão implantados. Essa afirmação é especialmente relevante quando se trata da implementação do sistema de gestão do ambiente informacional, dado que, neste, predominam processos fortemente influenciados por fatores contextuais culturais e subjetivos. Em função dessa conjuntura, com a presente pesquisa buscou-se definir os subsídios conceituais/ operativos necessários para se compreender o contexto organizacional das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) brasileiras, tendo em vista a adequação de sistemas de gerenciamento do ambiente informacional a esse contexto. Do ponto de vista metodológico, esta pesquisa pode ser classificada como exploratória, qualitativa e de natureza aplicada. No que se refere ao seu delineamento metodológico, optou-se pela pesquisa bibliográfica. O núcleo do trabalho consiste no desenvolvimento do conceito de adequação: construto teórico que visa permitir o arrazoamento dos processos que compõem o sistema de gerenciamento do ambiente informacional a partir da consideração sistemática das condicionantes ambientais do contexto organizacional no qual se pretende implantá-lo no caso desta pesquisa, as IFES brasileiras. Definido o conceito de adequação, o trabalho volta-se para a identificação dos elementos do ambiente informacional, para a definição de um modelo de sistema de gerenciamento do ambiente informacional possível de ser adotado como referência e para a caracterização dos processos constituintes desse sistema. A partir da avaliação desse modelo de referência, à luz do conceito de adequação, são delineadas as diretrizes para a adequação do sistema em questão para o contexto das IFES brasileiras. A conclusão do trabalho apresenta a sistematização sintética das diretrizes desenvolvidas na discussão e sugestões para possíveis trabalhos futuros.
To the urgent requirement that organizations of Brazilian public administration implement management systems for their projects, opposes the assumption - present in several academic studies and methodological manuals - that the success of such initiatives is subjected to the adequacy of management systems to the context in which they will be applied. This statement is especially relevant when it comes to implementing the management system of the information environment, since this is predominated by processes strongly influenced by contextual, cultural, and subjective factors. Given this situation, the present study sought to define the conceptual / operative subsidies that are necessary to understand the organizational context of Federal Institutions of Higher Education (IFES) in Brazil, considering the adequacy of management systems of the information environment to this context. From the methodological point of view, the present research can be classified as exploratory, qualitative, and of applied nature. Concerning the methodological design, it was opted for a search in the literature. The core of this work consists in the development of the concept of adequacy: a construct that allows the reasoning of processes that compose a reference model for managing the information environment in architecture, engineering, and construction projects from the systematic consideration of environmental constraints in the organizational context in which they are intended to be implemented: in the case of the present research, the Brazilian IFES. After defining the concept of adequacy, this work identifies the elements of the information environment in order to delimit a reference model for its management system and the characterization of this system s constituent processes. From the assessment of this reference model in the light of the concept of adequacy, guidelines are delineated for the adequacy of the management system to the context of Brazilian IFES. The conclusion of this work presents a synthetic systematization of the guidelines developed in the discussions and makes recommendations for future work.
Palavras-chave: Comunicação
Administração pública brasileira
Informação
Projetos e construção
Communication
Administration Brazilian public Administration
Information
Projects and construction
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Geotecnia; Saneamento ambiental
Programa: Mestrado em Engenharia Civil
Citação: GIACOMINI, Giovani Corrêa. Proposition of guidelines for managing the communication environment in architecture, engineering, and construction projects in federal institutions of higher education in Brazil. 2013. 145 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia; Saneamento ambiental) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3802
Data do documento: 28-Fev-2013
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,71 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.