Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3863
Tipo: Dissertação
Título: Estudos sobre algumas populações brasileiras de Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae): morfologia, morfometria e hábitos alimentares
Título(s) alternativo(s): Studies of some populations of brazilian Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae): morphology, morphometry and feeding habits
Autor(es): Afonso, Margarete Martins dos Santos
Primeiro Orientador: Tavares, Mara Garcia
Primeiro coorientador: Fontes, Elizabeth Pacheco Batista
Segundo coorientador: Zanuncio, José Cola
Primeiro avaliador: Fietto, Juliana Lopes Rangel
Segundo avaliador: Aguiar, Gustavo Marins de
Terceiro avaliador: Mello, Rubens Pinto de
Abstract: Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) possui ampla distribuição no território brasileiro e está incriminada como transmissora da Leishmania (Leishmania) infantum chagasi (Cunha & Chagas 1937). Considerando a discordância de informações quanto à hipótese de L. (L.) longipalpis ser ou não um complexo de espécies em relação às populações brasileiras, e que informações sobre a biologia deste flebotomíneo, ainda, são insuficientes para o sucesso das ações de controle da LVA, o objetivo deste trabalho foi o de contribuir com o conhecimento de algumas populações brasileiras de L. (L.) longipalpis de Teresina (PI), Jequié (BA), Sobral e Massapê (CE) (as duas últimas foram consideradas quatro populações, de acordo com o padrão de manchas abdominais nos machos), estudando a morfologia e morfometria de espécimes adultos machos, e os hábitos alimentares das fêmeas. Na morfologia e morfometria foram considerados 21 caracteres, distribuídos pela cabeça, tórax e abdome, analisados pelos testes ANOVA e Student-Newman- Keuls (SNK) e para conhecimento das fontes alimentares utilizou-se a técnica de ELISA. Os dados obtidos através da morfologia revelaram, nas seis populações analisadas, exemplares com um par e dois pares de manchas abdominais, havendo sempre a predominância de machos da forma um- par . A fórmula palpal mais freqüente foi 1.2.4.3.5; outras duas fórmulas, também, foram observadas, ainda que em poucos exemplares, 1.4.2.3.5 e 1.(2.4).3.5. Na análise morfométrica, através do teste de SNK foram encontradas uniões, disjunções e intersecções entre as populações analisadas. Baseado na análise de seis caracteres foi possível observar que as populações de Jequié e Teresina formavam um conjunto disjunto daqueles formados pelas populações do Ceará. Na população de Jequié, quando comparada às populações do Ceará (Massapê e Sobral), pode-se observar que 79 a 95% dos caracteres revelaram diferenças significativas. Através da ANOVA, no cruzamento entre as populações do Ceará, foram detectadas poucas diferenças significativas. O dendograma gerado a partir do programa TFPGA, revelou separação entre as populações do Ceará e as demais, bem como evidenciou as populações de Sobral, S1P e S2P, em ramos isolados. Valores de bootstrap demonstraram que as populações do Ceará (S1P, S2P, M1P e M2P) e Teresina/ Jequié constituem ramos isolados, com um nível de confiança de 100%. As populações de Sobral, S1P e S2P se apresentaram como ramos isolados, com bootstrap de 53%. Com relação aos estudos das fontes alimentares, foram testadas 609 fêmeas, obtendo-se um índice geral de positividade de 40,72%. No município de Jequié, as fêmeas revelaram maior positividade para o anti-soro de ave, seguido de humano, cão e de gambá. Em Teresina obteve-se o mais alto índice de positividade, embora com reatividade, apenas, para o anti-soro de ave (maior percentual), seguido do anti- soro de cão. Nos flebotomíneos procedentes de Sobral, mais uma vez, o anti-soro de ave revelou maior percentual de positividade, seguido de cão e gambá. Nos espécimes procedentes de Massapê foi encontrada a maior diversidade de combinações de fontes alimentares, sendo esta a única população que obteve reatividade para todos os anti-soros. Também, em Teresina, Jequié e Sobral, foram identificadas fêmeas com reatividade para mais de um anti-soro.
Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neiva 1912) has wide distribution in the Brazilian territory and is incriminated as transmitting the Leishmania (Leishmania) infantum chagasi (Cunha & Chagas 1937). Considering the inconsistency of information about the possibility of L. (L.) longipalpis to be a complex or not of species for Brazilian populations, and that information on the biology of this phlebotomine sand fly are still insufficient for the success of the shares to control the LVA, this paper aims to contribute to the knowledge of some Brazilian populations of L. (L.) longipalpis of Teresina (PI), Jequié (BA), and Sobral Massapé (CE) (the latter two were considered four populations, according to the pattern of abdominal spots in males), studying the morphology and morphometry of specimens adult males, and the eating habits of females. In morphology and morphometry were considered 21 characters, distributed by the head, thorax and abdomen, analyzed by ANOVA and Student-Newman-Keuls (SNK). For the knowledge of the blood sources of females the ELISA test was applyied. Data obtained through morphology revealed, among the six populations analyzed, individuals with one par and two pairs of abdominal spots, within the predominance of "one-pair" males. The most frequent palpal formula was 1.2.4.3.5; other two formulae were also observed, although in a few specimens, 1.4.2.3.5 and 1. (2.4) .3.5. In morphometric analysis, through SNK test, were found unions, disjunctions and intersections among populations analyzed. Based on the analysis of six characters, could observe that the Jequié and Teresina populations produced an individual set from those formed by the Ceará populations. In population of Jequié, when compared to population of Ceará (Massapê and Sobral), it can be observed that 79 to 95% of the characters revealed significant differences. By ANOVA, at the crossroads between the population of Ceará, few significant differences were detected. The dendogram created by TFPGA, revealed a split between the Ceará and others populations, and verified that Sobral populations, S1P and S2P, were in isolated arms. Values of bootstrap showed that the populations of Ceará (S1P, S2P, M1P and M2P) in Teresina/Jequié branches are isolated, with a confidence level of 100%. The populations of Sobral, S1P and S2P, have become isolated arms, with 53% of bootstrap. About the blood feeeding sources studies, 609 females were tested, obtaining an index of general positivity of 40.72%. In the municipality of Jequié, the females showed greater positive for the anti-serum of bird, followed by the human, dog and opossum. In Teresina, was found the highest rate of positivity, although with reactivity only for the anti- serum from bird (higher percentage), followed by the dog anti-serum. In sand flies from Sobral, once again, bird anti- serum showed a higher percentage of positivity, followed by dog and opossum. In specimens from Massapê, it was found the greatest diversity of blood sources combinations, being the only population who got reactivity for all anti-sera. Also, in Teresina, Jequié and Sobral, females were identified with reactivity for more than one anti-serum.
Palavras-chave: Lutzomyia longipalpis
Leishmaniose visceral
Morfologia
Morfometria
Hábitos alimentares
Lutzomyia longipalpis
Visceral leishmaniasis
Morphology
Morphometry
Feeding habits
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: AFONSO, Margarete Martins dos Santos. Studies of some populations of brazilian Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae): morphology, morphometry and feeding habits. 2008. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3863
Data do documento: 28-Fev-2008
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf584,68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.