Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3947
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização morfológica das glândulas de Brindley e metasternais, identificação química das suas secreções e comportamento sexual em Triatoma brasiliensis (Reduviidae, Triatominae)
Título(s) alternativo(s): Morphologic characterization of the glands of brindley and metasternais, chemical identification of its secretions and sexual behavior in Triatoma brasiliensis (Reduviidae, Triatominae)
Autor(es): Vitta, Ana Cristina Renna de
Primeiro Orientador: Vilela, Evaldo Ferreira
Primeiro avaliador: Lorenzo, Marcelo Gustavo
Segundo avaliador: Serrão, José Eduardo
Terceiro avaliador: Pereira, Marcos Horácio
Quarto avaliador: Diotaiuti, Liléia G.
Abstract: As glândulas exócrinas de T. brasiliensis foram analisadas do ponto de vista morfológico e histológico no presente trabalho. Insetos adultos de Triatoma brasiliensis apresentam dois pares de glândulas exócrinas produtoras de voláteis: as glândulas metasternais, localizadas no metatoráx ventral e as glândulas de Brindley, situadas no metatórax lateral superior. Nossos resultados descrevem pela primeira vez detalhes histológicos e morfológicos destas glândulas em Triatoma brasiliensis. Em ambas glândulas metasternais e de Brindley as células secretoras seriam do tipo III, segundo classificação proposta por Noirot & Quennedey (1991). A glândula metasternal apresenta sensilas tricóides na região próxima à sua abertura externa. No citoplasma de suas células secretoras foram encontrados grânulos fortemente corados, sugerindo que esta glândula produz substâncias diferentes daquelas produzidas pelas glândulas de Brindley, que apresentam vacúolos não corados, indicando ausência de grânulos. Uma mistura de cinco ácidos graxos foi identificada: ácido acético; ácido propanóico; ácido isobutírico; ácido butírico e ácido 2-metil-butírico. O componente mais abundante foi o ácido isobutírico e nenhuma diferença qualitativa ou quantitativa entre os sexos foi observada em relação ao seu conteúdo. Nossos resultados também demonstram que as glândulas metasternais de T. brasiliensis estão envolvidas na síntese de substâncias voláteis. Estas glândulas produzem basicamente álcoois e cetonas, sendo que o principal constituinte encontrado nas glândulas de ambos os sexos foi a 3-pentanona. Durante a perturbação mecânica, adultos de T. brasiliensis liberam uma mistura de 10 componentes diferentes, constituída por ácidos, cetonas e álcoois, incluindo substâncias provenientes das glândulas metasternais e de Brindley. Paralelamente, foi analisando o comportamento sexual de T. brasiliensis. Observamos que a cópula tem uma duração média de 6 +ou- 7 min. Fêmeas desta espécie apresentaram somente três tipos de comportamento de rejeição frente ás tentativas de cópula dos machos como o achatamento corporal, os movimentos abdominais e a evasão. O número de tentativas de cópula realizadas pelos machos variou em função da idade. A análise do comportamento das fêmeas revelou que o número de rejeições em resposta às tentativas dos machos se manteve igual durante o período pré-alimentação, não sendo afetado pela sua idade. No período pós-alimentação foi observada uma mudança gradual na porcentagem de tentativas de cópula rejeitadas pelas fêmeas que, diminuiu gradativamente até atingir 0 %. Sugere-se que algum mecanismo comportamental desencadeado na fêmea dias após alimentação esteja determinando a ausência de rejeições e conseqüente aceitação da cópula em T. brasiliensis. A importância destes resultados com relação ao comportamento destes insetos, e particularmente no contexto sexual, é discutida.
Adults of Triatoma brasiliensis (Reduviidae) show two pairs of exocrine glands: the metasternal and the Brindley glands. The first one is located in the ventral part of the metathorax, while Brindleys glands are found in the lateral part of the superior metathorax. In both glands, the secretory cells correspond to type III, according to the classification of Noirot & Quennedey (1991). Metasternal glands present tricoid sensilla next to their external opening. In the cytoplasm of the secretory cells of these glands granules strongly stained were usually found, suggesting that these glands produce different substances than those of Brindleys glands. The substances found in the secretion of the Brindleys glands of T.brasiliensis were identified for the first time, as a mixture of five fatty acids: acetic; propanoic; isobutyric; butyric and 2-methyl-butyric acids. Isobutiric acid was found to be the most abundant compound and no qualitative or quantitative differences were observed in relation to gland contents for both sexes. Our results demonstrated that the metasternal glands of T. brasiliensis are also involved in the synthesis of volatile substances. These glands produce basically ketones and alcohols, 3-pentanone was the major constituent of the mixture found in these glands for both sexes. After their mechanical disturbance, adults of T. brasiliensis emitted a mixture of 10 different compounds consisting of ketones, alchools and fatty acids, including substances from both metasternal and Brindleys glands,. Finally, we analyzed the sexual behavior of T. brasiliensis: the copula last, in average, 6 ± 1 min and the number of male attempts to copulate varied according to the insect age. Females of T. brasiliensis showed three types of rejection in response to male attempt to copulate: flattening, abdominal movements and evasion. The analysis of the female behavior revealed that the number of rejections in response to male attempts stayed the same during the pre-feeding period. After feeding a gradual decrease in the number of rejections was observed, diminishing until reaching zero rejection at approximately the day 8 post-feeding. We suggest a behavioral mechanism in the female, after feeding, that may trigger the acceptance of the male attempt to copulate in T. brasiliensis. The relevance of the results for understanding the behavioral repertoire of the specie, particularly in the sexual context, is discussed.
Palavras-chave: Doença de Chagas
Triatomíneos
Feromônios
Glândulas
Morfologia
Triatoma brasiliensis
Chagas disease
Triatominae
Pheromones
Glands
Morphology
Triatoma brasiliensis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::ENTOMOLOGIA E MALACOLOGIA DE PARASITOS E VETORES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: VITTA, Ana Cristina Renna de. Morphologic characterization of the glands of brindley and metasternais, chemical identification of its secretions and sexual behavior in Triatoma brasiliensis (Reduviidae, Triatominae). 2005. 131 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3947
Data do documento: 25-Fev-2005
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.