Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4642
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento das bananeiras Prata Anã e FHIA 01 sob efeito do paclobutrazol aplicado no solo e nas folhas
Título(s) alternativo(s): Development of Prata Anã and FHIA 01 banana plants under the effect of paclobutrazol applied on the soil and leaves
Autor(es): Souza, Emanuel Fernando Maia de
Primeiro Orientador: Siqueira, Dalmo Lopes de
Primeiro coorientador: Salomão, Luiz Carlos Chamhum
Segundo coorientador: Ventrella, Marília Contin
Primeiro avaliador: Silva, Fabyano Fonseca e
Segundo avaliador: Motoike, Sérgio Yoshimitsu
Abstract: Com o objetivo de avaliar a ação do paclobutrazol (PBZ) sobre o crescimento de bananeiras, foram instalados dois experimentos em Viçosa MG, sendo um a campo e o outro em ambiente protegido. Ambos seguiram o arranjo fatorial 2 x 5, com os cultivares Prata Anã e FHIA 01 combinados com as doses de PBZ: 0 (controle); 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 g de i.a de PBZ planta-1. No experimento a campo aplicou-se o PBZ via solo, e no experimento instalado em ambiente protegido à aplicação ocorreu por via foliar. Não houve efeito significativo da interação dose x cultivares para nenhuma das variáveis avaliadas. Os cultivares estudados comportaram-se de forma diferenciada, de acordo com o ambiente e a modo de aplicação, para as características circunferência do pseudocaule, área foliar das folhas emitidas após a aplicação do PBZ, número de folhas, número de perfilhos e altura do pseudocaule. O PBZ, em ambos os experimentos, não influenciou o número de dias do plantio ao florescimento e a área foliar total das bananeiras FHIA 01 e Prata Anã . Acréscimos nas doses de paclobutrazol, aplicado via solo, proporcionaram aumento no número de perfilhos até a dose de 1,5 g de i.a planta-1, com forte queda na emissão de perfilhos na dose de 2,0 g de i.a planta-1. No entanto, na aplicação via foliar, o número de perfilhos decresceu continuamente com acréscimos nas dose do paclobutrazol. Quando a aplicação foi realizada via foliar, houve diferenças no número de folhas ativas e na circunferência do pseudocaule entre as doses de PBZ e o controle. Acréscimos nas doses de paclobutrazol, independente do modo de aplicação, proporcionaram menor crescimento do pseudocaule, em média uma redução da altura de 25%. Considerando a produção de perfilhos, a faixa recomendada situa-se entre 0,5 e 1,5 g de i.a planta-1 com menores valores a serem utilizados em ambiente protegido. A magnitude do efeito do paclobutrazol, em ambos os modos de aplicação, foi dependente da altura das plantas no momento da aplicação, sendo esta mais evidente quando as plantas apresentavam menor altura.
Two experiments, one in the field and the other in a greenhouse, were carried out to evaluate the effect of paclobutrazol (PBZ) application on the growth of banana plants in Viçosa-MG. Both experiments were arranged in a 2 x 5 factorial scheme, with the cultivars Prata Anã and FHIA 01 combined with the following PBZ doses : 0 (control); 0.5; 1.0; 1.5 and 2.0 g of a.i. of PBZ plant-1. Soil application of PBZ was performed in the field experiment and compared to foliar application in the greenhouse experiment. No significant dose x cultivar interaction effect was observed for any of the variables evaluated. The cultivars studied showed a differentiated behavior according to the environment and mode of application for the characteristics pseudostem circumference, foliar area of the new leaves emitted after PBZ application, number of leaves, number of new leaves and pseudostem height. In both experiments, PBZ did not influence the number of days from planting to flowering and the total foliar area of both cultivars. Increased soil application doses increased the number of new leaves up to 1.5 g of a.i. plant-1, with a strong drop in new leaf production at 2.0 g of a.i. plant-1. However, in foliar application, the number of new leaves decreased continually with increasing PBZ doses. Foliar application of PBZ showed differences in the number of active leaves and pseudostem circumference between PBZ doses and the control. Regardless of mode of application, increased PBZ doses led to shorter pseudostem growth, on average, a height reduction of 25%. Considering sucker production, the recommended range is between 0.5 and 1.5 g of a.i. plant1 with lower values to be used under greenhouse conditions. The magnitude of PBZ effect under both modes of application was dependent on the height of the plants at the time of application, being more evident when the plants presented shorter height.
Palavras-chave: Banana
Regulador de crescimento
Giberelinas
Musa spp.
Paclobutrazol
Banana
Growth regulador
Giberelins
Musa spp.
Paclobutrazol
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SOUZA, Emanuel Fernando Maia de. Development of Prata Anã and FHIA 01 banana plants under the effect of paclobutrazol applied on the soil and leaves. 2007. 64 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4642
Data do documento: 23-Fev-2007
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf738,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.