Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4893
Tipo: Dissertação
Título: Autoestudo sobre as emoções de uma professora de inglês em uma escola pública
Título(s) alternativo(s): A self- study about the emotions of an english teacher at a public school
Autor(es): Rezende, Thalita Cunha
Primeiro Orientador: Barcelos, Ana Maria Ferreira
Primeiro avaliador: Aragão, Rodrigo Camargo
Segundo avaliador: Coelho, Hilda Simone Henriques
Abstract: Pesquisas sobre a prática de professores e o processo de ensino/aprendizagem têm explorado questões de cunho emocional há pelo menos trinta anos (ZEMBYLAS, 2003). De acordo com Hargreaves (2000), a dimensão emocional é um dos aspectos mais fundamentais do ensino. Zembylas (2003) argumenta que emoções de professores estão relacionadas a fatores como sua identidade, suas crenças e valores, à política do contexto de trabalho, ao relacionamento com alunos e colegas de trabalho e à prática do professor. Embora estudos sobre esse tema sejam bem desenvolvidos no contexto internacional, investigações sobre emoções de professores na área da Linguística Aplicada no Brasil são ainda escassos, como apontam Coelho (2011) e Candido Ribeiro (2012). Baseando-me, nos pressupostos teóricos de Hargreaves (1998, 2000), Zembylas (2003, 2004), O Connor (2008) e Coelho (2011) e, sobretudo, nas reflexões do biólogo chileno Humberto Maturana (1996, 2001, 2002, 2009) sobre emoções, neste trabalho, investigo minhas emoções enquanto professora de inglês em uma escola pública. Para tanto, utilizo o tipo de pesquisa do autoestudo (SAMARAS, 2011) e busco responder às seguintes perguntas de pesquisa: (1) Quais são as minhas emoções e como elas são construídas? (2) Qual é a relação entre minhas emoções e ações no contexto da escola? (3) De que forma minhas emoções informam minha prática? Para responder a essas perguntas, utilizei como instrumentos de coleta de dados diário de emoções (ZEMBYLAS, 2004) e memorando da amiga crítica (SAMARAS, 2011). Os resultados apontaram para emoções de tristeza, frustração e indignação em relação à minha prática, à relação com alunos e colegas de trabalho, à política educacional e à cultura do contexto que me levaram a ações contraditórias em um primeiro momento e emoções de felicidade, entusiasmo e esperança em um segundo momento. Os resultados também revelaram para a importância da reflexão para transformações nos domínios de ação.
Research studies on teaching practice and about the teaching/learning process have been exploring emotions for at least 30 years (ZEMBYLAS, 2003). According to Hargreaves (2000), the emotional dimension is one of the most important aspects of teaching. Zembylas (2003) argues that teacher emotions are related to their identities, beliefs and values, politics, relationship with students and co-workers and to teachers practice. Although studies about teachers emotions are well developed in the international context, research on this topic is still scant in Applied Linguistics in Brazil, as pointed out by Coelho (2011) and Candido Ribeiro (2012). The theoretical framework is based on studies about emotions (HARGREAVES 1998, 2000; ZEMBYLAS, 2003, 2004; O CONNOR, 2008; COELHO, 2011), mainly on the reflections of the Chilean biologist Humberto Maturana. In this self-study research (SAMARAS, 2011), I investigate my own emotions as an English teacher at a public school and try to answer the following research questions: (1) What are my emotions? How are they constructed? (2) What is the relationship between my emotions and actions in the school context? (3) How do my emotions inform my practice? Data were obtained through an emotion diary (ZEMBYLAS, 2004) and a critical friend memo (SAMARAS, 2011). The results have shown that my emotions of sadness, frustration and indignation were related to my practice, to the relationship with students and colleagues and to the school politics and culture, which led me to contradictory actions, in the first moment; and emotions of happiness, enthusiasm and hope, in a second moment. Moreover, results have also indicated the importance of reflection to transformations in the domains of action.
Palavras-chave: Estudo e ensino
Educação afetiva
Linguagem e línguas
Formação de professores
Study and teaching
Affective education
Language and languages
Teacher training
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Estudos Linguisticos e Estudos Literários
Programa: Mestrado em Letras
Citação: REZENDE, Thalita Cunha. A self- study about the emotions of an english teacher at a public school. 2014. 141 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguisticos e Estudos Literários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4893
Data do documento: 21-Mar-2014
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf888,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.