Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4970
Tipo: Dissertação
Título: Bovinos submetidos a estresse vacinal com imunógenos sintéticos e desafiados com Rhipicephalus (Boophilus) microplus e Babesia bovis: expressão imunoistoquímica de proteínas de choque térmico (HSP70 e HSP90) e bioquímica sangüínea
Título(s) alternativo(s): Cattle submited with vaccine stress with synthetic immunogenis challenged with Rhipicephalus (Boophilus) microplus and Babesia bovis: immunoistochemistry expression of heat shock proteins and blood biochemical
Autor(es): Ferreira, Anna Paula Baptista Ribeiro
Primeiro Orientador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Primeiro coorientador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Segundo coorientador: Salcedo, Joaquín Hernán Patarroyo
Primeiro avaliador: Serakides, Rogéria
Segundo avaliador: Ribeiro Filho, José Dantas
Abstract: A expressão de HSP70 e HSP90 foi avaliada por meio de estudos imunoistoquímicos, em bovinos inoculados com peptídeos sintéticos SBbo23290 e SBm7462, aplicados simultaneamente, em associação ou em apresentação individual. Os animais receberam 3 aplicações em intervalos de 30 dias entre si e posteriormente desafiados com cepa de Babesia bovis (UFV1- 9ª passagem). Os estudos histopatológicos mostraram reatividade do órgão linfóide sete dias após a primeira imunização, com centros germinativos aumentados. Após a segunda imunização, ficou evidente a hiperplasia da região paracortical e medular, com subseqüente diminuição da reatividade dos centros germinativos após este período, sugerindo formação de uma resposta de memória aos imunógenos. As proteínas de choque térmico apresentaram expressão basal. A HSP70 expressou, preferencialmente, na região paracortical, enquanto que a HSP90 mostrou imunomarcação mais visível nas regiões paracortical e medular. Estudos imunoistoquímicos mostraram uma coincidência na expressão de HSP90 com os peptídeos SBbo23290 e SBm7462, quando se consideraram os mesmos períodos de imunização, sugerindo a formação de um complexo HSP-peptídeo. Os níveis de glicose, lactato, haptoglobina e proteína C-reativa mantiveram-se dentro dos valores considerados fisiológicos para a espécie bovina. A imunomarcação celular basal de HSP70 e HSP90, bem como a manutenção dos níveis normais das variáveis bioquímicas durante todo o período do experimento, sugerem que o estresse provocado pelos peptídeos sintéticos foi insuficiente para causar dano ao organismo. Em contrapartida, a manutenção do estado de saúde dos animais influenciou a reposta imunológica, e os níveis basais das proteínas de choque térmico podem ter sido suficientes para promover citoproteção após o desafio.
The expression of HSP70 and HSP90 was evaluated through immunoistochemistry studies in bovine inoculated with synthetic peptides SBbo23290 and SBm7462 applied simultaneously, in association or in individual presentation. The animals received three applications with 30 days of interval among them and after challenged with the Babesia bovis strain UFV1 - 9th passage. The histopathological studies showed reactivity of the lymphoid organ seven days after the first immunization with germinative centers increased. After the second immunization, it was evident the hyperplasia of the paracortical and medular areas, with subsequent decrease of the reactivity of the germinative centers after this period, suggesting formation of a memory response to the immunogens. The heat shock proteins presented basal expression. HSP70 expressed preferentially in the paracortical area, while HSP90 showed more visible immunomarker in the paracortical and medular areas. Immunoistochemical studies showed a coincidence in the expression of HSP90 and of the peptides SBbo23290 and SBm7462, when were considered the same periods of immunization, suggesting the formation of a complex HSP- peptide. The glucose, lactate, haptoglobin and C-reactive protein levels stayed inside of the values considered physiologic for the bovine species. The basal cellular immunoreaction of HSP70 and HSP90, as well as the maintenance of the normal levels of the biochemical parameters during the whole period of the experiment, suggest that the stress provoked by the synthetic peptides was insufficient to cause damage to the organism. In other hand, the maintainance of the health condition of the animals influenced the immunological response, and the basal levels of the heat shock proteins might have been enough to promote cytoprotection after the challenge.
Palavras-chave: Estresse
Proteínas de choque térmico
Vacinação
Stress
Heat shock proteins
Vaccination
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::PATOLOGIA ANIMAL::PATOLOGIA CLINICA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: FERREIRA, Anna Paula Baptista Ribeiro. Cattle submited with vaccine stress with synthetic immunogenis challenged with Rhipicephalus (Boophilus) microplus and Babesia bovis: immunoistochemistry expression of heat shock proteins and blood biochemical. 2007. 96 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4970
Data do documento: 20-Mar-2007
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.