Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4972
Tipo: Dissertação
Título: Histomorfometria e expressão imunoistoquímica de RANKL em fêmur e vértebra de ratos com osteoporose secundária
Título(s) alternativo(s): Histomorphometry and immunohistochemical expression of RANKL in femur and vertebra of rats with secondary osteoporosis
Autor(es): Valente, Fabrício Luciani
Primeiro Orientador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Primeiro coorientador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Segundo coorientador: Carlo, Ricardo Junqueira Del
Primeiro avaliador: Serakides, Rogéria
Segundo avaliador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Abstract: A osteoporose é uma doença comum em humanos, acometendo tanto mulheres quanto homens. A doença pode ter origem primária, relacionada à deficiência de hormônios sexuais ou a senilidade, ou secundária, cujo exemplo mais comum é o uso crônico de glicocorticóides. Independente da causa, a conseqüência da osteoporose é a diminuição da massa óssea, aumentando o risco de fraturas. Apesar de ser considerada uma doença sistêmica, a redução de massa óssea na osteoporose não é uniforme no esqueleto. RANKL é uma citocina capaz de ativar a função osteoclástica e sua expressão é indutível em osteoblastos e linfócitos T. A função desta citocina tem sido considerada um possível alvo terapêutico no tratamento da osteoporose. Para avaliar a relação da perda óssea trabecular e a expressão de RANKL, foram realizados testes imunoistoquímicos e histomorfométricos em fêmur e vértebras de ratos castrados e/ou tratados com glicocorticóides, 56 dias após a indução. A expressão imunoistoquímica de RANKL pôde ser verificada nos animais castrados, tanto machos quanto fêmeas, mas não no grupo castrado que também recebeu glicocorticóide. Entretanto, a diminuição da massa óssea em ambos os grupos foi similar na avaliação histomorfométrica. Isso pode ocorrer por causa do efeito inibitório que os glicocorticóides têm sobre o metabolismo. As análises histomorfométricas revelaram ainda, que a massa óssea trabecular avaliada por este método é similar em machos e fêmeas, e que a perda óssea não é uniforme entre o colo femoral, o côndilo femoral e o corpo vertebral. Aos 56 dias de indução, o quadro de perda óssea instalado tanto em machos quanto em fêmeas, para todos os fragmentos ósseos analisados, é compatível com o quadro de osteoporose.
Osteoporosis is a common human disease affecting both men and women, and it can classified as (1) primary, related to sexual hormones deficiency or senility, or (2) secondary, for what the most common example is the chronic therapies with glucocorticoids. Whatever is its cause, the osteoporosis outcomes are bone loss and increased fracture risk. Although osteoporosis is considered a systemic condition, bone loss seen in osteoporosis is not homogeneous throughout the skeleton. RANKL is a cytokine able to activate the osteoclasts function and its expression is inducible in osteoblasts and T cells by a range of stimuli. Function of RANKL has been considered a possible therapeutic target for the treatment of osteoporosis. To evaluate the trabecular bone loss related to the RANKL expression, immunochemistry and histomorphometric assays were used in femur and vertebra of castrated and/or glucocorticoid-treated male and female rats, at the day 56 after induction. RANKL expression was evident only in the castrated group, both male and female, but not in the group of castrated rats that also received glucocorticoid therapy. But histomorphometric data showed that bone loss was similar in both groups. That could happen because glucocorticoid can inhibit osteoblast metabolism. Histomorphometry also reveals that trabecular bone mass in male is similar to female, and bone loss is not homogenous between distal and proximal femur and vertebra body. At the day 56 after induction, bone loss, in femur and vertebra, both male and female, was compatible to osteoporosis.
Palavras-chave: Osteoporose
RANKL
Rato
Osteoporosis
RANKL
Rats
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::PATOLOGIA ANIMAL::PATOLOGIA CLINICA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: VALENTE, Fabrício Luciani. Histomorphometry and immunohistochemical expression of RANKL in femur and vertebra of rats with secondary osteoporosis. 2007. 64 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4972
Data do documento: 20-Mar-2007
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.