Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5014
Tipo: Dissertação
Título: Fluidoterapia por via nasogástrica em caprinos
Título(s) alternativo(s): Fluid therapy through nasogastric tube in goats
Autor(es): Atoji, Kátia
Primeiro Orientador: Lopes, Marco Aurelio Ferreira
Primeiro avaliador: Ribeiro Filho, José Dantas
Segundo avaliador: Leão, Maria Ignez
Terceiro avaliador: Conceição, Lissandro Gonçalves
Quarto avaliador: Silva, Carlos Henrique Osório
Abstract: Os efeitos sistêmicos e gastrintestinais causados pela fluidoterapia enteral por via nasogástrica foram avaliados em cabras. Por ser uma via alternativa para administração de soro, a tolerância dos animais à sonda nasogástrica também foi observada. Quatro cabras da raça Parda Alpina foram utilizadas num delineamento experimental crossover em dois períodos com dois tratamentos. Em um tratamento duas cabras foram escolhidas aleatoriamente para receber apenas fluidoterapia enquanto outras duas foram submetidas a um modelo de desidratação antes da fluidoterapia. Após duas semanas os mesmos procedimentos foram repetidos, porém as cabras que receberam apenas fluidoterapia foram submetidas ao modelo de desidratação e vice-versa. A fluidoterapia consistiu em fornecer 10mL/kg/h de uma solução eletrolítica com concentrações calculadas de sódio, potássio e cloreto semelhantes ao plasma de caprinos (140 mEq/L de Na+, 4,5 mEq/L de K+ e 110 mEq/L de Cl-). A fluidoterapia enteral foi bem tolerada pelos animais que não apresentaram sinais de desconforto ou estresse. O modelo de desidratação empregado foi suficiente para causar uma desidratação discreta, pois ocorreu uma diminuição do teor de água das fezes, da porcentagem do peso inicial, da circunferência abdominal e um aumento da concentração de sólidos totais. Após a fluidoterapia ocorreram diminuição do hematócrito e dos sólidos totais no plasma e um aumento da porcentagem do peso inicial e da circunferência abdominal. Não foram observadas alterações significativas nos eletrólitos séricos (Na+, Cl-, K+). A fluidoterapia administrada neste experimento foi eficiente para corrigir a desidratação evitando a hipernatremia e a hipercloremia que podem ocorrer com o uso de grandes quantidades de solução NaCl 0,9%.
Systemic and gastrointestinal effects caused by enteral fluid therapy were assessed in goats. Goat s tolerance to a nasogastric tube were also observed because it is an alternative path for fluid administration. Four Alpine Chamoisee goats were used in a 'crossover' experimental design with two periods and two treatments. In one treatment two goats were randomly assigned to receive fluid therapy only while other two were submitted to a dehydration model before the fluid therapy. Two weeks later the same procedures were repeated, but the goats that received fluid therapy only were submitted to the dehydration model and vice-versa. Fluid therapy consisted on supplying 10mL/kg/h of an electrolyte solution with calculated concentrations of sodium, potassium and chloride similar to caprines plasma (140 mmol/L of Na+, 4,5 mmol/L of K+ and 110 mmol/L of Cl -). Enteral fluid therapy was well tolerated by the animals which did not show signs of discomfort or stress. The dehydration model employed caused a mild dehydration indicated by water content of feces, percentage loss of body weight and abdominal circumference decrease and plasma total solids concentration increase. After fluid therapy, hematocrit and plasma total solids decreased, while percentage loss of body weight and abdominal circumference increased. No alterations were observed in serum electrolytes (Na+, Cl -, K+). The fluid therapy administered in this work was efficient to treat dehydration without altering the levels of serum electrolytes, avoiding hipernatremia and hipercloremia that may occur when using large amounts of NaCl 0,9% solution.
Palavras-chave: Fluidoterapia
Sistema gastrointestinal
Caprino
Fluid therapy
Gastrointestinal system
Goats
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: ATOJI, Kátia. Fluid therapy through nasogastric tube in goats. 2005. 108 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5014
Data do documento: 24-Ago-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf421,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.