Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5047
Tipo: Dissertação
Título: Parâmetros fisiológicos e seminais de garanhões da raça Mangalarga Marchador na região da Zona da Mata Mineira no decorrer das estações climáticas
Título(s) alternativo(s): Physiologycal and seminal characteristics of Mangalarga Marchador stallions in the Zona da Mata Mineira region during climatic seasons
Autor(es): Freitas, Bruna Waddington de
Primeiro Orientador: Guimarães, José Domingos
Primeiro coorientador: Carvalho, Giovanni Ribeiro de
Segundo coorientador: Amorim, Lincoln da Silva
Primeiro avaliador: Torres, Ciro Alexandre Alves
Segundo avaliador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Terceiro avaliador: Costa, Eduardo Paulino da
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar os parâmetros reprodutivos e fisiológicos de garanhões da raça Mangalarga Marchador, nas diferentes estações climáticas criados no município de Viçosa &#8211; MG e mantidos em regime semi-estabulado. O estudo foi conduzido por um período de dez meses (abril de 2009 a março de 2010) utilizando três garanhões com idades entre 7 e 15 anos que foram submetidos a coletas de sêmen, em intervalos de 14 dias, para avaliação de parâmetros físicos e morfológicos, testes complementares e resfriabilidade do mesmo e quantificação de proteínas solúveis totais presentes no plasma seminal. Os parâmetros fisiológicos avaliados foram a freqüência cardíaca, respiratória e temperatura retal em intervalos semanais pela manhã e à tarde. Foram mensuradas as biometrias e ecotexturas testiculares antes das coletas de sêmen e, para determinação da testosterona sérica, foi realizada uma sessão de coleta de sangue a cada estação climática, com coletas em intervalos de 20 minutos por um período de 24 horas. Quanto às características seminais, observou-se um aumento progressivo do volume com e sem gel entre o outono e verão (p < 0,05), enquanto a concentração do ejaculado e motilidade espermática foram menores no período primavera/verão (p < 0,05). A porcentagem de espermatozóides com membrana celular lesada, avaliada pela fluorescência, indicou menores valores no outono e inverno, tanto para o sêmen fresco quanto para 24 horas pós-resfriamento (p < 0,05). A concentração de proteínas solúveis totais presentes no plasma seminal não variou (p > 0,05) entre as estações climáticas e apresentou uma média de 14,3 mg/mL. A secreção de testosterona não apresentou um padrão circadiano, porém as maiores concentrações ocorreram de 10:00 às 14:00, sendo que as maiores concentrações foram observadas no inverno e verão (p < 0,05). O volume testicular não foi influenciado pela sazonalidade (p > 0,05) e a ecotextura testicular foi maior no verão (p < 0,05). Concluiu-se que a estação do ano exerce efeito sobre algumas características seminais, principalmente quanto aos aspectos físicos do sêmen e resistência ao processo de resfriamento do mesmo, além da ecotextura testicular e da secreção média de testosterona, de forma que a influência sobre estas últimas não apresentou correlações importantes com as demais características estudadas.
The aim of this study was to evaluate the reproductive and physiological parameters of Mangalarga Marchador stallions raised in Viçosa, Minas Gerais, Brazil during the four seasons and maintained semi-stabled. Thus, the study was conducted in a period of ten months (April 2009 to March 2010), using three stallions between 7 and 15 years of age and submitted to semen collections at intervals of 14 days for evaluation of physical and morphological semen parameters, complementary tests and cooling, and quantification of total soluble proteins present in seminal plasma. The physiological parameters measured were: respiratory and cardiac frequencies and rectal temperature at weekly intervals in the morning and afternoon. Testicular biometics and echotexture were measured before semen collection and, to determine the serum testosterone, the blood was collected every season at 20 minute intervals during a period of 24 hours. In relation to the seminal characteristics, a progressive increase in the volume with and without gel between autumn and summer was observed (p<0.05), while the concentration of the ejaculate and sperm motility were lower during spring/summer (p<0.05). The percentage of sperm with injured cellular membrane evaluated by fluorescence presented lower values in the autumn and winter, both for the fresh semen and for 24 hours post-cooling (p<0.05). The concentration of total soluble proteins present in seminal plasma did not change (p>0.05) between seasons and showed an average of 14.3 mg/mL. Testosterone secretions did not show a circadian pattern, but the highest concentration occurred between 10 and 14 hours, so that the largest average concentrations were observed in winter and summer (p<0.05). Testicular volume was not influenced by seasonality (p>0.05) and testicular echotexture was higher during summer (p<0.05). It was concluded that the season has an effect on some semen characteristics, mainly on the physical aspects of semen and resistance to the cooling process, apart from testicular echotexture and average secretion of testosterone, so that the influence on these latests showed no significant correlations with other traits.
Palavras-chave: Período de transição
Transferência de embriões
Progesterona
Transition period
Embryo transfer
Progesterone
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: FREITAS, Bruna Waddington de. Parâmetros fisiológicos e seminais de garanhões da raça Mangalarga Marchador na região da Zona da Mata Mineira no decorrer das estações climáticass. 2010. 92 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5047
Data do documento: 18-Jun-2010
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf564,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.