Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5076
Tipo: Dissertação
Título: Toxicidade aguda e efeito subletal do Roundup Transorb® nos testículos de mato grosso Hyphessobrycon eques (Steindachner, 1882) (Teleostei: Characidae)
Título(s) alternativo(s): Acute toxicity and sublethal effect of Roundup Transorb® in testes of mato grosso Hyphessobrycon eques (Steindachner, 1882) (Teleostei: Characidae)
Autor(es): Nunes, Leandro Rodrigues
Primeiro Orientador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Primeiro coorientador: Mounteer, Ann Honor
Primeiro avaliador: Santos, Jorge Abdala Dergam dos
Segundo avaliador: Costa, Eduardo Paulino da
Terceiro avaliador: Helmer, José Luiz
Abstract: A toxicidade de diversos poluentes ambientais tem sido investigada tanto em seres humanos como em outras espécies. Substâncias contidas em produtos agroquímicos, como herbicidas, podem afetar o sistema reprodutivo de machos e fêmeas. O presente estudo teve como objetivo determinar a CL50-96h do Roundup Transorb® e o efeito subletal na morfologia testicular de machos maduros de Hyphessobrycon eques. Os testes de toxicidade seguiram as normas técnicas de teste em sistema estático da ABNT. Foram selecionados machos adultos de H. eques com comprimento padrão aproximado de 30mm, previamente aclimatados por um período de 10 dias. O teste de determinação da CL50 foi conduzido nas temperaturas de 22 e 24ºC com diferentes concentrações do princípio ativo do Roundup Transorb® (0,5; 1,0; 2,0; 4,0; 8,0; 16,0 e 32,0mg.L-1). O cálculo da CL50 utilizou o programa Probit 1.5. O estudo do efeito subletal do Roundup Transorb® teve duração de 96 horas, testando-se três concentrações definidas de 1/2, 1/4 e 1/8 do limite inferior do valor da CL50-96h encontrado. Ao final da exposição, 10 animais de cada tratamento foram anestesiados, eutanasiados, medidos, pesados e retirados os testículos. As amostras de tecido foram processadas rotineiramente para estudos histológicos. Foram analisados dados morfométricos e histopatológicos em 10 campos por animal. A CL50 do Roundup Transorb® a uma temperatura média de 22,0 ºC foi de 2,64mg.L-1, com o limite inferior de 2,09mg.L-1 e superior de 3,33mg.L-1. A CL50 do Roundup Transorb® a com a temperatura medida de 24,0ºC foi de 2,18mg.L-1, com o limite inferior de 1,75mg.L-1 e superior de 2,72mg.L-1. A toxicidade do Roundup Transorb® é maior cerca de quatro a 400 vezes maior que outros herbicidas de mesmo principio ativo, já testado para essa mesma espécie de peixe. Observou-se com os dados morfométricos e histopatológicos, redução dos cistos de espermátides e diâmetro tubular, redução do número de células da linhagem espermatogênica (espermatogônia A e B e espermatócito I), cisto de espermatócitos I, aumento de cistos rompidos. Foram diagnosticadas alterações ligadas ao processo de necrose como picnose nuclear e vacuolização citoplasmática. Houve aumento dos índices de cistos rompidos (ICR) e vacuolização citoplasmática (IVC) da menor para a maior concentração. O Roundup Transorb® mostrou-se moderadamente tóxico para Hyphessobrycon eques e provocou alterações morfológicas prejudiciais a espermatogênese em concentrações subletais encontradas no ambiente ou até mesmo permitidas pela legislação brasileira.
The toxicity of several environmental pollutants has been investigated in humans and other species. Substances contained in agrochemicals, such as herbicides, can affect the reproductive systems of male and female animals. This study aimed to determine the LC50 and sublethal effects of Roundup Transorb® on the testicular morphology of mature male Hyphessobrycon eques. Acute toxicity of Roundup Transorb® was determined in the static system according to the Brazilian standard (NBR 15088, ABNT, 2005). Adult male Hyphessobrycon eques of approximately 30mm length were selected for the experiments, conducted after a ten day acclimation period. Seven concentrations (0.5, 1.0, 2.0, 4.0, 8.0, 16.0 and 32.0mg.L-1), based on glyphosate, the active ingredient in Roundup Transorb® were tested and the LC50 estimated using the Probit 1.5 program. The sublethal effects of Roundup Transorb® were evaluated after 96 hours of exposure at three concentrations defined as approximately 1/2, 1/4 and 1/8 of the LC50. After exposure, 10 animals from each treatment were anesthetized, euthanized, weighed, measured and their testes removed. Tissue samples were fixed, embedded in historesin, sectioned with a rotating microtome and stained with toluidine blue and hematoxylineosin. Ten fields per animal were observed to collect histological and morphometric data. The LC50 calculated at an average temperature 22.0 ± 0.71°C was 2.64 mg.L-1, with a 95% confidence interval of 2.09 to 3.33 mg.L-1. At an average temperature of 24.0 ± 0.20°C the LC50 was 2.18 mg L-1 with a 95% confidence interval of 1.75 to 2.72 mg.L-1. Morphometric and histopathological changes observed at sublethal exposure concentrations included reduced tubule diameters, reduced numbers of spermatogenic cells lines (A and B spermatogonia, primary and secondary spermatocytes), spermatocyte and spermatid cysts, increased numbers of ruptured cysts and alterations related to necrosis (cytoplasmic vacuolization and nuclear pyknosis). Indices of ruptured cysts cytoplasmic vacuolization increased with increasing exposure concentration. Roundup Transorb® was found to be moderately toxic to Hiphessobrycon eques and promoted morphological alterations harmful to spermatogenesis in this species at glyphosphate exposure concentrations reported to exist in the environment and permitted by Brazilian law.
Palavras-chave: Hyphessobrycon eques
Roundup Transorb® HC liquid
Hyphessobrycon eques
Roundup Transorb® HC liquid
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: NUNES, Leandro Rodrigues. Acute toxicity and sublethal effect of Roundup Transorb® in testes of mato grosso Hyphessobrycon eques (Steindachner, 1882) (Teleostei: Characidae). 2011. 50 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5076
Data do documento: 16-Set-2011
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf850,9 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.