Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5142
Tipo: Dissertação
Título: Expressão gênica em ovócitos suínos de diferentes classificações morfológicas
Título(s) alternativo(s): Gene expression in porcine oocytes of different morphological classifications
Autor(es): Oliveira, Flávia Aline Silveira Alvim Mendes de
Primeiro Orientador: Guimarães, José Domingos
Primeiro coorientador: Costa, Eduardo Paulino da
Primeiro avaliador: Guimarães, Simone Eliza Facioni
Abstract: A produção in vitro de embriões suínos ainda tem tidos resultados insatisfatórios devido a baixa de produção de blastocisto, a porcentagem de embriões produzidos de ovócitos maturados in vitro é inferior àqueles maturados in vivo. Diversos fatores interferem no sucesso da maturação, entretanto, a competência ovocitária é um dos fatores mais importantes. Somente ovócitos competentes são capazes de sofrer a fecundação e ter desenvolvimento embrionário normal. A competência ovocitária pode ser avaliada a partir de vários parâmetros, tais como morfologia do ovócito, tamanho do folículo, coloração com brilliant cresyl blue (BCB), momento da clivagem e idade da doadora. Nos últimos anos esses parâmetros têm sido utilizados para os estudos da expressão dos genes associados com a competência. Este trabalho teve por objetivo avaliar diferenças na expressão dos genes BMP15, RYBP, MATER, ZAR1 e como controle endógeno o gene constitutivo GAPDH em ovócitos imaturos de diferentes classes morfológicas sendo elas: 1, 2, 3 e 4. Como finalidade elucidar os mecanismos necessários para que o ovócito adquira competência e proporcionar importantes marcadores moleculares relacionados com a capacidade de desenvolvimento. O RNA total ovócitos foi extraído e utilizado como molde para a síntese da primeira fita de cDNA. Os resultados da expressão gênica foram analisados utilizando um modelo misto, considerando os dados de expressão gênica variável dependente e as classes ovocitárias variáveis independentes. Os genes BMP15, ZAR1 e RYBP apresentaram expressão semelhante nas classes ovocitárias 1, 2 e 3, somente a categoria 4 diferiu na expressão desses genes (P<0,05). O gene MATER foi expresso de forma semelhante em todas as classes ovocitárias estudadas (P>0,05). A técnica de qPCR, no presente trabalho, foi eficiente para detecção destes transcritos em ovócitos de diferentes classes. No entanto, para melhor entendimento do envolvimento desses transcritos na aquisição da competência ovocitária são necessários mais estudos avaliando ovócitos de diferentes classes morfológicas, em diferentes fases de desenvolvimento e implicação de outros genes envolvidos com a competência ovocitária.
In vitro production of pig embryos has yet taken unsatisfactory results due to low production blastocyst, the percentage of embryos produced from oocytes matured in vitro is lower than those matured in vivo. Several factors affect the success of maturation, however, the oocyte competence is one of the most important factors. Only competent oocytes are able to undergo fertilization and have normal embryonic development. The oocyte competence can be evaluated from various parameters such as morphology of the oocyte, follicle size, stained with cresyl brilliant blue (BCB), the time of cleavage and age of the donor. In recent years these parameters have been used for studies of gene expression associated with the task. This study aimed to evaluate differences in gene expression BMP15, RYBP, MATER, ZAR1 and using the constitutive gene GAPDH as endogenous control in immature oocytes of different morphological classes which are: 1, 2, 3 and 4 to elucidate the mechanisms required for oocyte acquires competence and provide important molecular markers linked to the development capability. Oocytes total RNA was extracted and used as a template for synthesis of cDNA first tape. The results of gene expression were analyzed using a mixed model, considering the gene expression data dependent and independent variables oocyte classes. Genes BMP15, RYBP ZAR1 and showed similar expression oocyte in categories 1, 2 and 3, only 4 categories differ in their expression (P <0.05). The MATER gene was expressed similarly in all categories oocyte studied (P> 0.05). The qPCR technique, in this work, was efficient to detect these transcripts in oocytes of different categories. However, to better understand the involvement of these transcripts in the acquisition of oocyte competence are needed most studies evaluating different morphological classes of oocytes at different stages of development and implication of other genes involved in oocyte competence.
Palavras-chave: Expressão gênica
Complexo cumulus
Ciclo estral
Gene expression
Cumulus complex
Estrous cycle
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: OLIVEIRA, Flávia Aline Silveira Alvim Mendes de. Gene expression in porcine oocytes of different morphological classifications. 2012. 47 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5142
Data do documento: 20-Dez-2012
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf907,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.