Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5254
Tipo: Dissertação
Título: Otimização do uso da água na produção de mudas clonais de Eucalyptus
Título(s) alternativo(s): Optimization of water use in the production of clonal seedlings of Eucalyptus
Autor(es): Oliveira, Aline Santana de
Primeiro Orientador: Ribeiro, Aristides
Primeiro coorientador: Zolnier, Sérgio
Primeiro avaliador: Leite, Fernando Palha
Segundo avaliador: Xavier, Aloisio
Abstract: O Brasil detém 11,6% de toda a água doce existente no planeta, sendo que 67% da água disponível é utilizada na agricultura. Verifica-se que o uso indiscriminado desse recurso tem gerado discussões quanto ao alcance de um desenvolvimento sustentável para o país. O eucalipto é uma espécie de uso múltiplo que apresenta rápido crescimento e alta produtividade, por ser adaptado às condições climáticas do Brasil. Para elevar a produtividade da cultura no campo, o processo de produção das mudas deve ser realizado propiciando condições hídricas, nutricionais, microclimáticas e sanitárias adequadas. A presente pesquisa teve como objetivos realizar a modelagem do crescimento das mudas de eucalipto em função do tempo térmico, desenvolver e calibrar um minilisímetro de pesagem para utilização em ambiente protegido e determinar a evapotranspiração de mudas de eucalipto em todas as fases de produção (enraizamento, aclimatação, crescimento e rustificação). O experimento foi conduzido no Viveiro de Pesquisas do Departamento de Engenharia Florestal, pertencente à Universidade Federal de Viçosa. Foram realizados dois ciclos de produção de mudas de eucalipto (Eucalyptus grandis x E. urophylla), sendo que no primeiro o manejo da irrigação foi realizado de acordo com o convencionalmente utilizado pelo viveiro. No segundo ciclo de produção a irrigação foi acionada em função da demanda hídrica na cultura. Além da determinação da biomassa fresca e seca das mudas, com periodicidade de 3 dias, foram realizadas medidas biométricas das mudas de eucalipto, nas quais foram mensuradas a área foliar, altura da parte aérea, diâmetro do colo e comprimento do sistema radicular. Posteriormente, foi determinada a qualidade das mudas por meio do Índice de Qualidade de Dickson (IQD). A determinação da evapotranspiração foi realizada com o auxílio do minilisímetro de pesagem, desenvolvido e calibrado para utilização em ambiente protegido. A quantificação da entrada e saída de água no minilisímetro foi baseada no acúmulo de biomassa fresca das mudas em função dos graus-dia acumulados, na interceptação de água pelas folhas e pela bandeja, e na quantidade de água retida nos microporos do substrato. Em média, foram necessários 1045 graus-dia acumulados para a produção das mudas de eucalipto, do enraizamento à rustificação, em ambos os ciclos de produção. Em média, a evapotranspiração das mudas de eucalipto na fase de enraizamento foi igual a 2,40 mm; na aclimatação igual a 2,00 mm; no crescimento de 4,82 mm e na rustificação igual a 3,84 mm. Com relação à lâmina aplicada, comparando a aplicação de água pelo manejo convencional e otimizado, verificou-se uma economia hídrica pelo manejo otimizado de 11,9 % na fase de enraizamento; 60,3 % na fase de aclimatação; 25,6 % na fase de crescimento e 30,6 % na fase de rustificação. As novas lâminas de irrigação propostas não afetaram a qualidade das mudas. A evapotranspiração das mudas no interior do ambiente protegido se mostrou altamente correlacionada com as variáveis meteorológicas externas, podendo ser recomendada para estimativa da evapotranspiração em ambiente protegido.
Brazil has 11.6% of all fresh water in the planet, with 67% of available water is used for agriculture. It appears that the indiscriminate use of this feature has generated discussions on the scope of sustainable development for the country. Eucalyptus is a multipurpose species exhibiting rapid growth and high productivity, to be adapted to the climatic conditions of Brazil. To raise the productivity of the crop in the field, seedling production process must be conducted providing water conditions, proper nutrition, microclimate and sanitary. This research had the objective of modeling the growth of eucalyptus seedlings as a function of thermal time, develop and calibrate a weighing microlysimeter for use in a protected environment and determine the evapotranspiration of eucalyptus seedlings at all stages of production (rooting, acclimatization, growth and hardening). The experiment was conducted in the Nurseries Research from the Department of Forestry, belonging to the Federal University of Viçosa. There were two production cycles of eucalyptus (Eucalyptus grandis x E. urophylla), and the first irrigation was carried out according to the traditionally used by the seedlings. In the second production cycle was thrown into the irrigation water demand function in culture. In addition to determining fresh and dry biomass of seedlings at intervals of 3 days were accomplished biometric measurements of eucalyptus seedlings, which were measured in leaf area, shoot height, stem diameter and length of the root system. It was later determined the quality of seedlings through the Dickson Quality Index (DQI). The determination of the evaporation was performed with the aid of the weighing microlysimeter, designed and calibrated for use in a greenhouse. Quantification of input and output of water in microlysimeter was based on fresh biomass accumulation of seedlings as a function of degree-days, in the interception of water by the leaves and the tray, and the amount of water retained in the micropores of the substrate. On average, it took 1045 degree-days for the production of eucalyptus seedlings, rooting for hardening in both production cycles. On average, the evapotranspiration of eucalyptus plants for rooting was equal to 2.40 mm; acclimatization equal to 2.00 mm, 4.82 mm of growth and hardening equal to 3.84 mm. With respect to the water depth applied, comparing the application of water by traditional management and optimized, there was a water economy optimized for the management of 11.9% for rooting, 60.3% at the acclimatization, the 25.6% growth phase and 30.6% during hardening. The proposed new irrigation levels did not affect the quality of the seedlings. The evapotranspiration of the plants inside the greenhouse was highly correlated with the variable weather outside, being recommended for the estimation of evapotranspiration in greenhouse.
Palavras-chave: Agrometeorologia
Modelagem
Água
Viveiros florestais
Agrometeorology
Modeling
Water
Forest Nurseries
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::AGROMETEOROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia
Programa: Mestrado em Meteorologia Agrícola
Citação: OLIVEIRA, Aline Santana de. Optimization of water use in the production of clonal seedlings of Eucalyptus. 2012. 98 f. Dissertação (Mestrado em Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5254
Data do documento: 17-Fev-2012
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.