Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5283
Tipo: Dissertação
Título: Modelagem da evapotranspiração em plantios de eucalipto em fase inicial de desenvolvimento com cobertura parcial do solo
Título(s) alternativo(s): Modeling of evapotranspiration in eucalyptus plants in initial stage of development with partial coverage of the soil.
Autor(es): Souza, Wesley Gonçalves de
Primeiro Orientador: Ribeiro, Aristides
Primeiro coorientador: Leal, Brauliro Gonçalves
Primeiro avaliador: Souza, Maria José Hatem de
Segundo avaliador: Lima, Francisca Zenaide de
Terceiro avaliador: Silva, Mariano Pereira
Abstract: Espécies do gênero Eucalyptus, cujas características como crescimento rápido e capacidade de resistir ao estresse hídrico, são utilizadas em larga escala no estabelecimento de florestas industriais em vários países, entre os quais, destaca-se o Brasil com mais de 3 milhões de hectares plantados. O clima tropical e subtropical na maioria do território brasileiro permite um crescimento ininterrupto e, consequentemente, um rápido acúmulo de biomassa. Sabe-se que o crescimento e o desenvolvimento dos vegetais é conseqüência de vários processos fisiológicos, os quais são controlados pelas condições ambientais e características genéticas de cada espécie vegetal. Portanto, para melhor compreender o crescimento, o desenvolvimento e o impacto hidrológico de uma plantação de eucalipto, faz-se necessário conhecer os fatores que controlam o uso da água. Vários fatores ambientais influenciam a abertura e o fechamento estomático, determinando maior ou menor transferência de vapor de água para a atmosfera. Dentre estes, destacam-se os níveis de umidade do solo, o teor de umidade do ar, radiação solar, temperatura do ar e déficit de pressão de vapor. Especificamente, plantios com idade inicial de desenvolvimento apresentam descontinuidade na cobertura do solo, ficando estas plantas isoladas sujeitas a maior interação com a atmosfera, tendendo a apresentar maior exposição do dossel ao vento e a radiação solar, por isso, o tratamento aerodinâmico dado a esses plantios deve ser diferente em relação a plantios em idade adulta, com cobertura total do solo. Normalmente, os modelos de crescimento consideram na estimativa da condutância de superfície do vapor de água o dossel como uma folha grande, única e contínua (teoria da Big Leaf ). Esta aproximação não é adequada na etapa inicial de desenvolvimento de florestas. Esta idade em relação às outras tem uma grande importância, uma vez que nesse período as plantas apresentam maior taxa de crescimento, uma vez que o ganho de biomassa está diretamente relacionado aos processos de evapotranspiração (perda de vapor d água) e fotossíntese (ganho de CO2). Neste contexto, o objetivo deste estudo foi modelar a evapotranspiração para plantios de eucalipto em fase inicial de desenvolvimento. O sítio experimental está localizado numa área pertencente à Aracruz Celulose no município de Aracruz ES. Os dados meteorológicos, radiação solar, temperatura do ar, umidade relativa, velocidade do vento e precipitação foram coletados em uma torre de 38 m de altura localizada entre quatro árvores. A metodologia utilizada na modelagem da evapotranspiração baseou-se no trabalho de Angelocci (1996), quando o mesmo em seu estudo fez estimativas para a evapotranspiração de macieiras em pomares. Para a comparação dos resultados, estimou-se a evapotranspiração pelo método da Razão de Bowen por ser este um método que descreve bem a relação solo-planta-atmosfera. Após a análise dos resultados para todo o período estudado, verificou-se que para os estádios iniciais de desenvolvimento do eucalipto, o modelo desenvolvido se mostrou eficiente na estimativa da evapotranspiração.
Species of the gender Eucalyptus, whose characteristics as fast growth and capacity of resisting to the water stress, they are used in wide climbs in the establishment of industrial forests in several countries, among which ones, highlights Brazil with more than 3 million planted hectares. The tropical and subtropical climate in most of the Brazilian territory allows an uninterrupted growth and, consequently, a fast biomass accumulation. It is known that the growth and the development of the vegetables is consequence of several physiologic processes, which are controlled by the environmental conditions and characteristic genetics of each vegetable species. Therefore, for best to understand the growth, the development and the impact hydrology of an eucalyptus plantation, it is done necessary to know the factors that control the use of the water. Several environmental factors influence the opening and the closing stomatic, determining larger or smaller transfer of water vapour for the atmosphere. Among these, they highlight the levels of humidity of the soil, the tenor of humidity of the air, solar radiation, temperature of the air and vapour pressure deficit. Specifically, plants with initial age of development present discontinuity in the covering of the soil, being these subject isolated plants the largest interaction with the atmosphere, tending to present larger exhibition of the canopy to the wind and the solar radiation, for that, the given aerodynamic treatment the those plants should be different in relation to plants in adult age, with total covering of the soil. Usually, the growth models consider in the estimate of the conductance of surface of the water vapour the canopy as a leaf big, only and continuous (theory of "Big Leaf"). This approach is not adapted in the initial stage of development of forests. This age in relation to the another have a great importance, once in that period the plants present larger growth rate, once the biomass earnings is directly related to the evapotranspiration processes (loss of water vapour) and photosynthesis (earnings of CO2). In this context, the objective of this study was to model the evapotranspiration for eucalyptus plants in initial phase of development. The experimental site is located in an area belonging to Aracruz Celulose in city of Aracruz, state of Espírito Santo. The meteorological data, solar radiation, temperature of the air, relative humidity, speed of the wind and precipitation were collected in a tower of 38 m of located height among four trees. The methodology used in the modelling of the evapotranspiration was based in the work of Angelocci (1996), when the same in his study made estimates for the evapotranspiration of apple trees in orchards. For the comparison of the results, he esteemed the evapotranspiration by the method of the Bowen Ration for being this a method that describes the relationship soil-plant- atmosphere well. After the analysis of the results for the whole studied period, it verified that to the initial stage of development of the eucalyptus, the developed model showed efficient in the estimate of the evapotranspiration.
Palavras-chave: Evapotranspiração
Razão de Bowen
Cobertura parcial do solo
Evapotranspiration
Bowen Ration
Partial coverage of the soil
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::AGROMETEOROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia
Programa: Mestrado em Meteorologia Agrícola
Citação: SOUZA, Wesley Gonçalves de. Modeling of evapotranspiration in eucalyptus plants in initial stage of development with partial coverage of the soil.. 2006. 56 f. Dissertação (Mestrado em Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5283
Data do documento: 21-Set-2006
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf466,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.