Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5356
Tipo: Dissertação
Título: Estado viável não cultivável em Salmonella enterica sorovar Enteritidis deficiente na síntese de (p)ppGpp
Título(s) alternativo(s): Viable nonculturable state in Salmonella enterica sorovar Enteritidis deficient in (p)ppGpp synthesis
Autor(es): Rodrigues, Ramila Cristiane
Primeiro Orientador: Santos, Miriam Teresinha dos
Primeiro coorientador: Vanetti, Maria Cristina Dantas
Segundo coorientador: Pinto, Uelinton Manoel
Primeiro avaliador: Queiroz, Marisa Vieira de
Segundo avaliador: Mantovani, Hilário Cuquetto
Terceiro avaliador: Mendes, Renata Aparecida
Abstract: Salmonella enterica é um patógeno de origem alimentar capaz de entrar no estado viável não cultivável em resposta a condições ambientais adversas. S. enterica é capaz de produzir (p)ppGpp, um nucleotídeo responsável pelo controle da expressão gênica no nível da transcrição e da tradução, em condições de estresse nutricional. Em razão da expressão gênica determinada pelo acúmulo de (p)ppGpp, S. enterica suporta condições ambientais variadas. Este trabalho teve como objetivos: quantificar por PCR em tempo real a expressão dos genes mreB, relacionado ao citoesqueleto e, rpoS, que codifica genes de resposta ao estresse, de estirpes mutantes simples e duplo da Salmonella Enteritidis PT4 578 deficientes na síntese de (p)ppGpp, em razão de mutação no gene relA, que codifica uma GTP pirofosfoquinase, e,ou spoT, que codifica guanosina-3',5'-difosfato 3'-pirofosfohidrolase submetidas aos estresses nutricional e choque frio; induzir essas estirpes ao estado VNC em solução fosfato de Butterfield (BPS) acrescida ou não de cloreto de sódio a 4 ºC e avaliar a morfologia dessas estirpes em fase logarítmica de crescimento e no estado VNC. A expressão do gene mreB foi reduzida para ambas as estirpes mutantes (simples e duplo) após 25 dias em condição de estresse. No entanto, o mutante duplo apresentou um aumento na expressão do gene rpoS após 25 dias nesta mesma condição de estresse. As estirpes de Salmonella Enteritidis PT4 578 selvagem e mutantes entraram no estado VNC após incubação em BPS acrescido ou não de cloreto de sódio a 4 °C em diferentes tempos. Estirpes de Salmonella Enteritidis PT4 578 mutantes simples e duplo em fase logarítmica de crescimento apresentaram células filamentosas. Em vez disso, células VNC de mutantes simples e duplo mostraram redução no diâmetro, volume e comprimento e também transição da forma bacilar para a forma cocoide. Concluiu-se que a expressão dos genes mreB e rpoS das estirpes de Salmonella Enteritidis PT4 578 mutantes simples e duplo difere da estirpe selvagem. Houve também mudança da morfologia entre as células da fase log e células VNC das estirpes mutantes de Salmonella Enteritidis PT4 578. No entanto, a molécula de (p)ppGpp não é importante para indução e permanência no estado VNC desta bactéria.
Salmonella enterica is a foodborne pathogen able to enter in viable but nonculturable state (VNC) in response to adverse environmental conditions. S. enterica is capable to produce (p)ppGpp, a nucleotide responsible for controlling gene expression at the level of transcription and translation in nutritional stress conditions. Due to gene expression determined by the accumulation of (p)ppGpp, S. enterica supports various environmental conditions. The aims of this work were to quantify by real time PCR the expression of the genes mreB, related to the cytoskeleton, and rpoS, which codifies stress response genes, in single and double mutants of Salmonella Enteritidis PT4 578 deficient in the synthesis of (p)ppGpp, due to the mutation on gene relA, which codifies a GTP pyrophosphokinase, and, or spoT, which codifies guanosine-3',5'-diphosphate 3'-pyrophosphohydrolase, submitted to nutritional stress and cold shock; to induce these strains to VNC state in Butterfield phosphate solution (BPS), in the absence or presence of sodium chloride at 4 ºC and to evaluate the morphology of these strains in logarithmic growth phase and in VNC state. The expression of gene mreB was reduced in both mutant strains (single and double) after 25 days in stress condition. However, the double mutant presented an increase in rpoS gene expression after 25 days in the same stress condition. Wild and mutant strains of Salmonella Enteritidis PT4 578 entered in VNC state after incubation in BPS in the absence or presence of sodium chloride at 4 °C, in different periods of time. Single and double mutant strains of Salmonella Enteritidis PT4 578 in logarithmic growth phase presented filamentous cells. On the other hand, VNC cells of single and double mutants showed a reduction in diameter, volume and length and also transition from bacillary to coccoid form. In conclusion, the expression of mreB and rpoS genes in single and double mutant strains of Salmonella Enteritidis PT4 578 was different when compared to the wild strain. There was also alteration in the morphology of cells in log phase when compared to the VNC cells of mutant strains of Salmonella Enteritidis PT4 578. However, the (p)ppGpp molecule is not essential for induction and permanence of this bacterium in VNC state.
Palavras-chave: Salmonella enterica
Estado viável não cultivável
(p)ppGpp
Salmonella enterica
Viable state uncultivable, (p)ppGpp
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::MICROBIOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Associações micorrízicas; Bactérias láticas e probióticos; Biologia molecular de fungos de interesse
Programa: Mestrado em Microbiologia Agrícola
Citação: RODRIGUES, Ramila Cristiane. Viable nonculturable state in Salmonella enterica sorovar Enteritidis deficient in (p)ppGpp synthesis. 2012. 84 f. Dissertação (Mestrado em Associações micorrízicas; Bactérias láticas e probióticos; Biologia molecular de fungos de interesse) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5356
Data do documento: 8-Ago-2012
Aparece nas coleções:Microbiologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.